Empresa Maranhense de Administração Portuária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Empresa Maranhense de Administração Portuária
Tipo Empresa pública
Gênero Administração portuária
Fundação 31 de agosto de 1998
Fundador(es) Governo do Estado do Maranhão
Sede São Luís, Maranhão
Presidente Eduardo de Carvalho Lago Filho
Lucro Aumento R$ 21.0 milhões (1º trimestre de 2015)[1]
Website oficial emap.ma.gov.br

A Empresa Maranhense de Administração Portuária ou Emap é uma corporação pública, de caráter jurídico de direito privado criada em 1998 pelo governo do estado do Maranhão, e sediada no porto do Itaqui, na Baía de São Marcos, em São Luís, capital do estado. A Emap tem por objetivo realizar a administração e exploração comercial de portos assim como a logística e exercícios de soberania portuária no Itaqui.[2]

O capital social de abertura da Emap foi de cem milhões de reais, divido em cem milhões de ações nominativas de valor unitário de um real. A Emap é administrada pelo conjunto de três órgãos: conselho de administração, conselho fiscal e diretoria executiva.[2]

História[editar | editar código-fonte]

Do início dos anos 70 até o ano de 2001, o porto do Itaqui era administrado e explorado pelo Companhia Docas do Maranhão, controlada pelo governo federal brasileiro. A partir de 1 de fevereiro de 2001, o porto do Itaqui passou a ser gerenciado pela Emap.

Referências

  1. «Emap divulga números do porto do Itaqui com lucro superior a 20 milhões de reais». portos.com.br. Consultado em 29 de dezembro de 2015  Parâmetro desconhecido |publicadoem= ignorado (ajuda)
  2. a b «Lei de criação da Empresa Maranhense de Administração Portuária» (PDF). emap.gov.br. Consultado em 29 de dezembro de 2015 

Links externos[editar | editar código-fonte]