Márcio Bittar

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Márcio Bittar
Márcio Bittar
Deputado estadual  Acre
Período 1995-1999
Deputado federal  Acre
Período 1999-2003
2011-2015
Dados pessoais
Nascimento 28 de junho de 1963 (55 anos)
Franca, SP
Partido PMDB
Profissão pecuarista

Márcio Miguel Bittar (Franca, 28 de junho de 1963) é um ex-pecuarista e político brasileiro com atuação no Acre.[1], Casado com Márcia Bittar, é pai de 4 filhos e reside em Rio Branco, no Acre.

Dados biográficos[editar | editar código-fonte]

Filho de Mamede Bittar e Manife Miguel Bittar. Após viver a infância entre as cidades mato-grossenses de Cuiabá e Jauru[2] mudou-se para Campo Grande entrando no movimento estudantil como militante do clandestino PCB e em 1981 tornou-se secretário-geral da Juventude do PMDB e no mesmo ano assumiu a presidência da União Campograndense dos Estudantes (UCE) exercendo-a por dois anos e em 1984 fundou a União Sul-Mato-Grossense dos Estudantes (USMES).

Após mudar-se para o Acre manteve-se filiado ao PMDB elegendo-se deputado estadual em 1994 e deputado federal em 1998[3] filiando-se ao PPS no início da legislatura. Pela nova legenda perdeu a disputa para senador em 2002[4] e foi vencido por Raimundo Angelim (PT) em 2004 ao disputar a prefeitura de Rio Branco[3] disputou cargo majoritário em 2006, porém Binho Marques conquistou o governo do Acre em primeiro turno.[5] Filiado ao PSDB conquistou seu segundo mandato de deputado federal em 2010, na ocasição obteve a maior votação da história do Acre, sendo a segunda maior votação proporcional do Brasil neste pleito.[5] Atualmente ocupa o cargo de Primeiro Secretário da Câmara Federal. Tem lembrado sempre que acredita na liberdade de mercado, formou discurso anti-comunista e anti-petista, forte opositor do Governo do PT no Acre e no plano nacional. Sempre prezando pelos valores da família, liberdade de imprensa, necessidade de fortalecimento do mercado e defendendo que a máquina estatal deva ser modesta e eficiente, opondo-se ao aparelhamento do Governo e seu agigantamento.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um político é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.