Makro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde outubro de 2014). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
Makro
Tipo Comércio
Slogan Faz mais pelo seu negócio. Faz mais por você. (no Brasil)
Indústria Cash and Carry profissionais
Fundação 1968
Sede Amsterdã, Holanda
Holding SHV Holdings N.V.
Website oficial www.makro.com.br
www.makro.pt

Makro é uma rede atacadista holandesa pertencente a SHV Holdings N.V e fundada em 1968 com sede em Amsterdã. Desde 1998 as lojas europeias pertencem a alemã METRO, atuando em vários países da Europa, Ásia e América do Sul.

No Brasil, está presente em 24 estados do Brasil e no Distrito Federal, com um total de 78 lojas. É a sétima maior empresa varejista do país (considerando que também vende ao consumidor final), segundo ranking do Ibevar em 2012.

Propriedade da empresa[editar | editar código-fonte]

As lojas europeias foram adquiridas em 1998 pela empresa alemã METRO, fundada em 1964. Fora da Europa (a exceção dos Países Baixos), a propriedade das lojas continua com a SHV Holdings N.V.

Makro Brasil[editar | editar código-fonte]

Loja em Amsterdam, na Holanda.
Loja em Cracóvia, na Polônia.

O Makro chegou ao Brasil em 1972 e a primeira loja foi instalada na cidade de São Paulo, a loja localizada na Vila Maria. Atualmente, o Makro possui 78 lojas espalhadas por quase todos os estados do Brasil, sendo 28 lojas no estado de São Paulo, a mais nova no estado e o Makro da cidade de São Carlos, inaugurado no dia 19 de novembro de 2013[1][2], a rede tem planos de abrir mais lojas posteriormente.

Lojas no Brasil[editar | editar código-fonte]

São Paulo[editar | editar código-fonte]

Rio de Janeiro[editar | editar código-fonte]

Mato Grosso do Sul[editar | editar código-fonte]

Mato Grosso[editar | editar código-fonte]

Bahia[editar | editar código-fonte]

Distrito Federal[editar | editar código-fonte]

Minas Gerais[editar | editar código-fonte]

Paraná[editar | editar código-fonte]

Pernambuco[editar | editar código-fonte]

Recife

Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

Ceará[editar | editar código-fonte]

Pará[editar | editar código-fonte]

Piauí[editar | editar código-fonte]

Maranhão[editar | editar código-fonte]

Sergipe[editar | editar código-fonte]

  • Aracaju (No dia 10 de janeiro de 2017, a unidade foi completamente destruída num incêndio que não deixou vítimas fatais)[4]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]