Cromínia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Cromínia
Bandeira de Cromínia
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Fundação 12 de novembro de 1953
Gentílico crominiense
Prefeito(a) Gilvander Alves Pereira (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Cromínia
Localização de Cromínia em Goiás
Cromínia está localizado em: Brasil
Cromínia
Localização de Cromínia no Brasil
17° 17' 16" S 49° 22' 51" O17° 17' 16" S 49° 22' 51" O
Unidade federativa Goiás
Mesorregião Sul Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Meia Ponte IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Mairipotaba, Professor Jamil e Hidrolândia
Distância até a capital 85 km
Características geográficas
Área 369,917 km² [2]
População 3 605 hab. IBGE/2017[3]
Densidade 9,75 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,706 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 32 224,342 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 650,83 IBGE/2008[5]

Cromínia é um município brasileiro do interior do estado de Goiás. Sua população, estimada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 3 605 habitantes em 2017.[3]

Economia[editar | editar código-fonte]

A agropecuária constitui-se na maior fonte de renda da cidade, tendo predominantemente o gado leiteiro como destaque. A ausência de agências bancárias, tendo apenas um posto do banco Bradesco, o Banco Postal (Banco do Brasil), e uma Agencia Loterica, e uma Agencia do Banco Sicoob, Recentemente inaugurada, eo comércio consistente dificultam ainda mais a geração de renda no município, que provem principalmente da Prefeitura que é a maior empregadora da cidade, Outra fonte importante de renda provém das aposentadorias, uma vez que a quantidade de idosos no município é significativa.

Política[editar | editar código-fonte]

A cidade de Cromínia teve o seu começo em 1938, quando alguns moradores das redondezas, fazendeiros e agregados em sua maioria, escolheram um local, que ficou conhecido por Planura Verde, para a construção de um campo de futebol. Naquela época, existia no local uma casa de barro socado, onde residia Francisco da Cruz.

Com o movimento de pessoas que, aos domingos, iam assistir às partidas de futebol e, ao mesmo tempo, rezar o terço ao pé de uma cruz, foram aparecendo as primeiras casas e logo, em seguida, a capela. Em julho de 1940, construiu-se a primeira casa de tijolos, quando já era considerável o movimento de pessoas no povoado de Planura Verde. Antônio Alves de Siqueira é considerado seu fundador, bem assim, membros da família Cruz, ali radicados, foram os idealizadores e deram início à construção do campo de futebol, ponto de origem do povoado. Tem-se também como primeiros moradores, membros da família Siqueira, que ali se estabeleceram por volta de 1940, dando notável impulso ao progresso do povoado, sendo a razão de serem por muitos considerados fundadores da cidade, e também Antônio Barbosa de Souza, Agenor José Firmino, Olímpio José Bráz e João Barbosa de Souza, os doadores do terreno ao patrimônio.Em 1943, recebeu o nome de Cromínia, em virtude da exploração do minério de cromita, na serra Paraíso, próxima à cidade.

O primeiro Prefeito nomeado foi Bonifácio Gonçalves Ribeiro de 1953 - 1954, e depois Antônio Parreira de 1955 - 1958.

Saúde[editar | editar código-fonte]

O município conta hoje com um hospital municipal (Hospital Municipal Joel Silvério Lima) e 2 unidades da Estratégia de Saúde da Família. O ESF 302 atende ainda Ronelândia, também conhecido Caxambú (11Km do centro de Cromínia), e ainda a fazenda Flores (4 km do centro de Cromínia).

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Pousadas[editar | editar código-fonte]

Há apenas uma pousada no município (Pousada Anjo da Guarda, localizada na Avenida Principal), que recebe principalmente viajantes em trânsito de São Paulo e da Região Sul.

Hotéis e motéis[editar | editar código-fonte]

Atualmente a cidade na o conta com nenhum hotel no município e nenhum motel.

Telefonia[editar | editar código-fonte]

Há apenas uma operadora de celular disponível na região (operadora CLARO). Porém a telefonia fixa possui também a disponibilidade da empresa OI.

Transportes[editar | editar código-fonte]

A Rodoviária Municipal de Cromínia permite o transporte de ida e vinda da capital Goiânia, todos os dias da semana mas apenas uma ida e uma vinda por dia.

TV[editar | editar código-fonte]

Por não haver antena de TV no município, é necessário adquirir pacotes de TV fechada via satélite ou antenas parabólicas para se ter acesso a outros canais. O único canal da TV aberta disponível (sem uso de antenas parabólicas) é a Globo.

Esporte[editar | editar código-fonte]

A cidade conta ainda com um ginásio de esportes, um campo de futebol, uma academia aberta para toda a população crominiense.

O Cromínia Esporte Clube se tornou campeão amador do interior de Goiás no ano de 1990. Onde contava com os seguintes atletas: Marcelo, Junior, João Bosco. Agrosal, Cury, Cabrito, Paulinho, João Eterno. Gandola, Da Silva, Veinho, Morróia, Morcego, Rui, Ernandes, Serjão, equipe comandada pelo Técnico Emival Lopes, tendo como Presidente: João Cardoso, Diretores: Darcy Basilio, Marcio. Alvacir, Jonas Alves da Silva. A partida Final foi contra o Itapuranga Futebol Clube, onde venceu elo placar de 1 x 0, com gol de Gandola no segundo tempo.

No ano de 1998 o Cromínia Esporte Clube disputou os jogos da UNICEF na cidade de Itumbiara/GO, onde estavam grandes equipes do Brasil: Flamengo. Santos. Atlético Mineiro, Vitória, Botafogo, e outras sul americanas, da Argentina, Paraguai, Chile e Uruguai.

Educação[editar | editar código-fonte]

Creche Municipal: um lugar onde as mães podem deixar seus filhos enquanto trabalham, as crianças se enteragem entre si exercendo atividades pedagógicas com as professoras, também lancham, tomam banho e tem o momento da soneca.

Escola Municipal Primeiros Passos: é dedicada as crianças que vão fazer o jardim e o pré-escolar. A escola funciona em dois períodos, matutino e vespertino.

Escola Estadual Professora Emerenciana: é uma escola de tempo integral onde estudam as crianças do primeiro ano ao quinto ano do ensino fundamental. A escola se destaca por ter uma infra-estrutura de ótima qualidade para o desenvolvimento pedagógico das crianças. A Escola Emerenciana oferece 3 refeições para as crianças, café da manhã, almoço e lanche da tarde.

Colégio Estadual Professor Antônio Mestre: o colégio funciona nos três períodos, matutino, vespertino e noturno. O colégio oferece o Ensino Fundamental completo, do Primeiro Ano ao Nono Ano; e o Ensino Médio completo, Primeira Série à Terceira Série.

Na cidade não tem uma instituição de Ensino Superior, mas a prefeitura oferece transporte gratuito para a comunidade estudar na capital Goiânia e nos interiores Morrinhos e Goiatuba.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Estimativa populacional 2017» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 30 de agosto de 2017. Consultado em 2 de setembro de 2017 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.