Mossâmedes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para a localidade homônima de Angola, veja Namibe.
Município de Mossâmedes
Bandeira de Mossâmedes
Brasão indisponível
Bandeira Brasão indisponível
Hino
Aniversário 14 de novembro
Fundação 14 de novembro de 1953 (64 anos)
Gentílico mossamedino
Lema CACIO MOREIRA ADORNO
Prefeito(a) {{{prefeito}}} (PDT)
Localização
Localização de Mossâmedes
Localização de Mossâmedes em Goiás
Mossâmedes está localizado em: Brasil
Mossâmedes
Localização de Mossâmedes no Brasil
16° 07' 37" S 50° 12' 54" O16° 07' 37" S 50° 12' 54" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Centro Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Anicuns IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Cidade de Goiás, Itaberaí, Americano do Brasil, Anicuns, Adelândia, Sanclerlândia e Buriti de Goiás
Distância até a capital 147 km
Características geográficas
Área 684,451 km² [2]
População 4 878 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 7,13 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,75 elevado PNUD/2000 [4]
PIB R$ 40 538,048 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 8 127,11 IBGE/2008[5]
Página oficial

Mossâmedes é um município brasileiro do interior do estado de Goiás, Região Centro-Oeste do país. Sua população estimada em 2014 era de 4 878 habitantes, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Origem de Mossâmedes[editar | editar código-fonte]

A comunidade teve início em 1755, com a denominação de Aldeia de São José, fundada para servir de habitação dos índios Acroás e Naundós.

Isso porque em 1774 foi reerguida com edificações pelo então Governador da Capitania de Goiás e Capitão-General, D. José de Almeida Vasconcelos Several de Carvalho, Barão de Mossâmedes para sua residência e local de escravização dos índios Caiapós. Com isto, passou a denominar-se Aldeia de São José de Mossâmedes.

Os Índios trabalhavam e eram catequizados por Damiana da Cunha, que sendo índia, conseguia atraí-los para a aldeia. Ali, eles eram submetidos a uma vida estranha a sua natureza de habitantes das matas. Eram obrigados a realizar o trabalho dos brancos e a se adaptar ao meio deles numa convivência que não os agradava.

Evolução Histórica[editar | editar código-fonte]

Em 1º de setembro de 1780, o Bispo do Rio de Janeiro, D. José Joaquim Justiniano Mascarenha Castelo Branco, sob cuja jurisdição estava a Capitania de Goiás, criou a FREGUESIA DE SÃO JOSÉ DE MOSSÂMEDES, desligando-a da vizinha Cidade de Goiás.

Em 31 de julho de 1845, pela Lei Provincial nº6, foi criado o DISTRITO DE SÃO JOSÉ DE MOSSÂMEDES, passando a pertencer ao Município de Goiás.

Pelo Decreto-Lei nº1.233 de 31 de Outubro de 1938, passou a denominar-se, somente MOSSÂMEDES.

Emancipação Política[editar | editar código-fonte]

Mossâmedes foi elevado à categoria de MUNICÍPIO em 14 de Novembro de 1953, quando entrou em vigor a Lei Estadual nº772 de 14 de novembro de 1953, que criou o Município de MOSSÂMEDES.

Relação dos Administradores Municipais[editar | editar código-fonte]

A partir do ano de 1953, após a emancipação político-administrativa, Mossâmedes passou a ser administrada pelos seguintes prefeitos municipais:

# Prefeitos Ano
1 Ovídio de Macedo e Silva 1953-1954
2 Luiz Brandão 1954-1955
3 João da Silva 1955-1958
4 Benedito Antonio Borges 1958-1959
5 Ovídio de Macedo e Silva 1959-1961
6 Jair Gomes Pereira 1961-1966
7 Lincoln Ferreira da Cunha 1966-1970
8 Domingos de Souza e Silva 1970-1973
9 Lincoln Ferreira da Cunha 1973-1977
10 José de Assis Lôbo 1977-1983
11 Domingos Luiz de Carvalho 1983-1989
12 Dioran Borges 1989-1993
13 Natalino Caetano de Almeida 1993-1996
14 Hélios José da Cunha Júnior 1996-2000
15 Hélios José da Cunha Júnior 2000-2004
16 Mara Alice Aparecida da Silva Borges 2004-2008
17 Divina Lúcia de Almeida Dias 2008-2012
18 Divina Lúcia de Almeida Dias 2012-2016
19 Cacio Moreira Adorno 2016-2020

Reservas Minerais[editar | editar código-fonte]

O município possui reservas minerais inesgotáveis: ouro, diamante e uma grande variedade de outras pedras preciosas. A Serra Dourada detém uma imensa quantidade de minerais, de valor inestimável, porém, face à preservação ecológica, não podem ser explorados pela população que é um povo pobre a caminhar com os pés descalços sobre um subsolo rico, muito rico.

Recursos Hidrícos[editar | editar código-fonte]

O município está abastecido com uma grande quantidade de rios, córregos e pequenas fontes de água. Pode-se dizer que os recursos hídricos constituem a principal riqueza do município. Esta riqueza ainda é pouco aproveitada pela população. Dentro de um planejamento estratégico, os recursos hídricos do município poderão ser aproveitados para a implantação de tanques destinados à piscicultura, entre outras atividades, tais como a formação de lagos que poderão ser utilizados até mesmo como atração turística.

Os principais rios que banham Mossâmedes são: Rio Fartura, Rio Pissarrão, Rio João Alves, Rio Turvo, Rio São Manoel, Rio Água Fria e Rio Uru.

Posição Geografica[editar | editar código-fonte]

O município de Mossâmedes está localizado na mesorregião Centro Goiano, microrregião geográfica de Anicuns, entre os Municípios de Goiás, Itaberaí, Americano do Brasil, Anicuns, Adelândia, Sanclerlândia e Buriti de Goiás. Limita-se, ao norte, com o Município de Goiás; ao sul, com os Municípios de Americano do Brasil, Anicuns e Adelândia, a oeste, com os Municípios de Sanclerlândia e Buriti de Goiás.

A sede municipal acha-se nas coordenadas geográficas de 16º06’de latitude sul e 50º12’de longitude W. Gr., aproximadamente. Os centros urbanos de maior influência sobre Mossâmedes, são:

GOIÂNIA – localizada a 145 km. O acesso se faz tanto pela GO-070, como pela GO-326, como se verifica no mapa abaixo. É em Goiânia que a população do Município efetua a maioria das compras, seja de bens de consumo ou de produção. É para a capital do Estado que vão boa parte dos jovens de Mossâmedes, em busca de melhores condições de vida, engrossando as fileiras desta doença social crônica que é o êxodo rural.

GOIÁS – Está situada a 37 km. Cidade com a qual é mantido um relacionamento secular, pois é em Goiás que a população procura satisfazer as suas principais necessidades, no que tange à compra de diversos produtos, assistência médica, atendimento bancário. A Cidade de Goiás exerce uma grande influência cultural na comunidade mossamedina.

SANCLERLÂNDIA – Distante 15 km da sede municipal. É nesta cidade que a população do Município efetua suas principais compras e vende seus produtos, principalmente os da zona rural do município, face a grande proximidade de Sanclerlândia com os limites do Município de Mossâmedes.

ITABERAÍ – Dista 55 km. Além das compras, a população do Município de Mossâmedes utiliza-se dos seus serviços de armazéns de produtos agrícolas e de reparação de automóveis, sendo que grande parte da sua produção leiteira é comercializada em Itaberaí.

Serras e Morros[editar | editar código-fonte]

A Serra Dourada, que divide o Município de Mossâmedes com a Cidade de Goiás, numa extensão de 40 km, constitui fonte de infinita riqueza do município, inclusive como atração turística da modalidade turismo ecológico.

O município possui também, como destaque, a Serra dos Parrodes e os Morros Redondo, Marmelada, Borá e Boa Fé.

Estrutura Educacional[editar | editar código-fonte]

Estabelecimentos de Ensino: O município conta com três (3) Escolas Estaduais, com um total de 1.224 alunos e 16 (dezesseis) escolas municipais, com 705 alunos, perfazendo um total aproximado de 1.929 alunos, distribuídos nas zonas rural e urbana.

Ressalta-se que 204 alunos da 2ª Fase do Ensino Fundamental e do 2º Grau matriculados na rede estadual e municipal de ensino, são beneficiários do Programa Municipal de Transporte Escolar que conta com 17 (dezessete) veículos conduzindo estudantes da zona rural para as escolas situadas na sede do município.

Estrutura de Saúde[editar | editar código-fonte]

Hospitais[editar | editar código-fonte]

O município conta com um hospital da rede pública, Hospital Municipal Dona Sinhá.Único existente no Município; pertence à rede pública, cujo prédio é de propriedade da prefeitura. Atualmente funciona satisfatoriamente, atendendo através do SUS e IPASGO.

Ressalta-se que boa parte dos problemas de saúde são resolvidos na localidade. Os demais são encaminhados para as cidades de Goiás e/ou Goiânia, através das três ambulâncias da prefeitura municipal.

Postos de Saúde[editar | editar código-fonte]

O município conta com dois postos de saúde, sendo um localizado na sua sede e outro no bairro de Mirandópolis, um centro odontológico Municipal.

As doenças que apresentam maior incidência no Município de Mossâmedes são pneumopatias (doenças respiratórias), desnutrição, doenças gastro-intestinais, hipertensão arterial e hanseníase (cujos casos, segundo pesquisa, encontram-se sob controle).

Salienta-se também que o Município de Mossâmedes proporciona à população atendimento odontológico, contando com profissionais competentes atendendo satisfatoriamente, criação do núcleo de vigilância epidemiológica para controle de endemias. Criação das equipes de saúde familiar e odontológica (PSF).

Saneamento Básico[editar | editar código-fonte]

O sistema de abastecimento de água de Mossâmedes é estritamente municipal, constituindo atualmente numa conquista e em orgulho dos mossamedinos, apesar de algumas deficiências.

A captação é feita através do Córrego Cafundó, próximo à nascente, na Serra Dourada, com uma barragem de acumulação, com margens próximas bem protegidas, inclusive com vegetação ciliar. Apresenta sinais de erosão provocados por garimpo.

A barragem encontra-se em bom estado de conservação, necessitando apenas de pequenos reparos preventivos. A água acumulada apresenta, visualmente, um aspecto de baixa turbidez e grande quantidade de algas. Não há elevatória; a água chega ao reservatório na cidade pela lei da gravidade.

A rede adutora de água bruta segue por gravidade em duas tubulações paralelas de 200mm cada, numa extensão de 4.000 mt apresentando atualmente aspecto normal de operação.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Igreja Matriz de São José[editar | editar código-fonte]

Único monumento histórico existente no Estado de Goiás, genuinamente construído pelo Governador José de Almeida Vasconcelos Soveral e Carvalho. A Igreja Matriz de São José foi construída em 1774, quando Mossâmedes pertência à província de Goiás.

Pela Lei Estadual nº 9.843/85, a Igreja Matriz de São José de Mossâmedes foi homologada como Patrimônio Histórico do Estado de Goiás, em face de seu valor histórico cultural.

Serra Dourada[editar | editar código-fonte]

A Serra Dourada constitui um dos principais potenciais turísticos de Mossâmedes. A sede municipal está localizada aos seus pés.

Na Serra Dourada, a natureza construiu obras maravilhosas. parque do areal Imensos “prédios” de pedra, com arquitetura e engenharia calculados pela própria natureza, em perfeição harmoniosa, como a Pedra Canhão, a Pedra Pato, e muitas outras. São diversas as grutas. São mais variadas espécies biológicas que são objetos de estudo dos biólogos da Universidade Federal de Goiás, que mantém uma reserva biológica no alto da serra. A Serra Dourada é um manancial artístico natural gigantesco aberto à visão de quem desejar admirá-lo.

Fonte[editar | editar código-fonte]

Todos os textos e informações aqui presente na página, foi retirado do livro "RETROSPECTIVA HISTÓRICO-SOCIAL DE MOSSÂMEDES", com total permissão e exclusividade, de seu autor, o ex-prefeito DR. LINCOLN FERREIRA DA CUNHA, um grande ícone para a história do município, com suas mais de 20 obras criadas, incluindo o Sistema de Abastecimento de Água, Energia Elétrica, Hospital, Avenida Principal, o Campo de Futebol, Escolas, a Nomeação Oficial do povoado de Mirandópolis, o Calçamento da Sede do Município entre vários outros.

Ao citado, nossos singelos agradecimentos.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa populacional 2014 IBGE». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.