Ouro Verde de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades contendo este nome, veja Ouro Verde.
Ouro Verde de Goiás
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Ouro Verde de Goiás
Bandeira
Hino
Lema Paz, Justiça e Progresso
Gentílico ouroverdense
Localização
Localização de Ouro Verde de Goiás em Goiás
Localização de Ouro Verde de Goiás em Goiás
Mapa de Ouro Verde de Goiás
Coordenadas 16° 13' 12" S 49° 11' 34" O
País Brasil
Unidade federativa Goiás
Municípios limítrofes Anápolis, Campo Limpo de Goiás, Nova Veneza, Nerópolis, Damolândia e Petrolina de Goiás
Distância até a capital 51 km
História
Fundação 1 de janeiro de 1964 (56 anos)
Administração
Prefeito(a) Jaime Ricardo Ferreira (DEM, 2017 – 2020)
Características geográficas
Área total [1] 209,679 km²
População total (Censo IBGE/2010[2]) 4 040 hab.
Densidade 19,3 hab./km²
Clima Tropical de Altitude
Altitude 1040 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010 [3]) 0,719 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 30 905,566 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 6 747,94
Sítio ouroverdegoias.go.gov.br (Prefeitura)

Ouro Verde de Goiás é um município brasileiro do estado de Goiás. Tem, segundo o Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística para 2010, 4.040 habitantes.

Fundada por Honorato dos Santos Cordeiro (1928-1947), nascido na Fazenda Mata Azul, filho de João dos Santos Cordeiro e Laudina Gomes Boaventura, casado com Ana Rosa Santos Cordeiro.

Honorato e Ana Rosa tiveram 7 (sete) filhos: João dos Santos Cordeiro, Agostinho Adriano dos Santos Cordeiro, Benedita Carmo dos Santos, Maria Gomes dos Santos, Benedito Carmo dos Santos e Antônio Cirilo dos Santos Cordeiro.

Ouro Verde de Goiás teve também mais dois fundadores, a saber, Miguel Gomes e Marciano França.

Histórico[editar | editar código-fonte]

Ouro Verde de Goiás recebeu status de município pela lei estadual nº 4592 de 1 de outubro de 1963, com território desmembrado de Anápolis.[5]

Economia[editar | editar código-fonte]

O município será cortado transversalmente pela Ferrovia Norte-Sul, cujos trabalhos de construção já iniciaram. A sede do município está a 1.040m acima do nível do mar e o ponto mais alto do município é na Serra do Mizael com 1.155 metros de altitude. O município hoje, é um grande produtor de beterraba e outros produtos horti-fruti-granjeiros, tais como vargem, cenoura, repolho e tomate. Na agricultura tornou-se produtor de arroz e milho, principalmente. Dedica-se também à pecuária de leite e de corte. Possui indústrias de cerâmica, laticínios e confecções.

Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  2. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  3. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. «Ouro Verde de Goiás Goiás - GO Histórico» (PDF). IBGE. 28 de março de 2008. Consultado em 11 de abril de 2013 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.