Alto Paraíso de Goiás

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outras cidades contendo este nome, veja Alto Paraíso.
Município de Alto Paraíso de Goiás
Nuvens 2.jpg

Bandeira de Alto Paraíso de Goiás
Brasão de Alto Paraíso de Goiás
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 12 de dezembro de 1953 (63 anos)
Gentílico alto-paraisense
Prefeito(a) Martinho Mendes da Silva (PR)
(2017–2020)
Localização
Localização de Alto Paraíso de Goiás
Localização de Alto Paraíso de Goiás em Goiás
Alto Paraíso de Goiás está localizado em: Brasil
Alto Paraíso de Goiás
Localização de Alto Paraíso de Goiás no Brasil
14° 07' 58" S 47° 30' 36" O14° 07' 58" S 47° 30' 36" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Norte Goiano IBGE/2008[1]
Microrregião Chapada dos Veadeiros IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Teresina de Goiás, Cavalcante, Colinas do Sul, Niquelândia, São João d'Aliança e Nova Roma
Distância até a capital 412 km
Características geográficas
Área 2 593,885 km² [2]
População 7 328 hab. IBGE/2014[3]
Densidade 2,83 hab./km²
Altitude 1.232,60 m
Clima Tropical de altitude Cwa
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,713 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 43 773,790 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 6 332,10 IBGE/2008[5]
Página oficial

Alto Paraíso de Goiás é um município brasileiro localizado no nordeste do estado de Goiás. A cidade está situada na Chapada dos Veadeiros e, desde 2001, na Área de Proteção Ambiental - APA de Pouso Alto. Localiza-se a 230 km de Brasília/DF e a 412 km de Goiânia/GO. Localizada no Planalto Central do Brasil, em região caracterizada pelo bioma do cerrado, oferece diversas atrações naturais relacionadas ao ecoturismo.

Acesso ao município[editar | editar código-fonte]

O acesso à cidade ocorre por intermédio da rodovia GO-118/BR-010. Se o ponto de origem for Brasília, Distrito Federal, que é capital brasileira mais próxima de Alto Paraíso e cidade de onde parte o maior fluxo de turistas para a Chapada dos Veadeiros, o condutor deverá optar pela saída norte do DF e, posteriormente, atravessar o povoado de São Gabriel e o município de São João d'Aliança, ambos no estado de Goiás.

Existem, também, linhas regulares e diárias de ônibus interestaduais que saem do Distrito Federal rumo a Alto Paraíso de Goiás, a partir da Rodoviária Interestadual de Brasília.

A cidade de Alto Paraíso possui um pequeno aeroporto, mas não é servida por grandes linhas comerciais de aviação. Aparentemente, a pista é utilizada apenas para jatos menores ou fretados.

De forma crescente, há ciclistas que percorrem a GO-118 e a GO-239, nos trechos que correspondem, respectivamente, a Brasília-Alto Paraíso e a Alto Paraíso-São Jorge. É importante observar, contudo, que apenas o segundo trajeto dispõe de ciclofaixa em toda a sua extensão.

O caminho para o povoado de São Jorge ocorre em uma bifurcação da GO-118/BR-010, que dá acesso à GO-239, sentido oeste; tal entrada encontra-se ao lado da cidade de Alto Paraíso. O trecho entre Alto Paraíso e São Jorge tem cerca de 35km: antes uma estrada de terra, foi completamente asfaltado e, conforme ressaltado, tem pista paralela específica para ciclistas.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Cidade de Alto Paraíso[editar | editar código-fonte]

A cidade de Alto Paraíso situa-se a poucas dezenas de quilômetros do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. A cidade de Alto Paraíso conta com infraestrutura urbana mais desenvolvida que a do povoado de São Jorge, pois dispõe de uma quantidade maior de pousadas, bares, restaurantes, lojas de artigos específicos, pequenas praças, bancos e caixas eletrônicos, mercados, farmácias, padarias etc.

Além disso, a cidade de Alto Paraíso representa um ponto estratégico dentro da Chapada dos Veadeiros, por ser próxima e mais equidistante de numerosas cachoeiras, matas e trilhas - ao passo que o povoado de São Jorge, embora constitua uma atração interessante, é mais isolado de vários outros pontos turísticos da Chapada.

No que concerne às atrações ecoturísticas nas proximidades da cidade de Alto Paraíso, podem ser destacados, entre outros:

A cidade de Alto Paraíso também dispõe de algumas atrações turísticas urbanas, tais como:

  • a Avenida Ary Valadão Filho, principal via urbana que concentra diversas lojas, bares, restaurantes e atividades culturais;
  • a Praça do Skate;
  • a Praça do Bambu;
  • a Praça da Rodoviária;
  • o cerrado em volta da Pista do Aeroporto de Alto Paraíso, situado a poucos quilômetros da cidade;
  • o ginásio de esportes da cidade, situado ao lado da Prefeitura;
  • o povoado quilombola do Moinho, comunidade localizada a poucos quilômetros de Alto Paraíso e conhecida por seus saberes tradicionais e pelo pequeno comércio de produtos artesanais típicos da região;
  • passeios de balão (balonismo), prestados por empresas privadas;
  • festivais gastronômicos, culturais e de música, que ocorrem ao longo do ano e que têm programação variada; e
  • incontáveis atividades e terapias alternativas ou esotéricas, disponíveis em vários pontos da cidade.

Para mais informações sobre outras atrações em andamento, acesse a aba "Turismo" na página da Prefeitura de Alto Paraíso de Goiás.

Povoado de São Jorge e Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros[editar | editar código-fonte]

Pôr-do-sol em Alto Paraíso de Goiás

Ainda dentro do município de Alto Paraíso, mas longe da cidade, está estabelecido o povoado de São Jorge, ao lado da entrada do Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros. O vilarejo de São Jorge tem estrutura mais rústica e ruas de terra, abrangendo poucas casas e alguns campings, pousadas, restaurantes e bares. É um destino especialmente recomendado para pessoas que desejam um ambiente natural isolado dos grandes centros urbanos. No entanto, deve-se alertar que o povoado também costuma receber um grande fluxo de jovens e de estudantes universitários, especialmente em feriados ou temporadas de férias, tornando o local um ponto frequente, nesses períodos, de pequenas festas e de carros de som.

O Parque Nacional oferece belíssimas paisagens e atrações naturais, bem como diferentes opções de cachoeiras e de trilhas com distâncias variáveis. Porém, os visitantes devem atentar para o fato de que alguns percursos podem estender-se por vários quilômetros em terreno bastante irregular, com subidas e descidas, motivo pelo qual é recomendável que os turistas disponham de algum condicionamento físico antes de selecionar itinerários mais longos. De qualquer forma, trilhas e cachoeiras acessíveis também estão disponíveis em praticamente todas as localidades da Chapada dos Veadeiros; informações sobre elas podem ser obtidas nas pousadas e com os guias turísticos da região.

Veredas

Temporadas e precauções[editar | editar código-fonte]

A melhor temporada para turismo na região da Chapada dos Veadeiros é o período da seca no cerrado de Goiás, entre os meses maio e setembro de cada ano. No período de chuvas, especialmente entre outubro e março, é recomendável que os turistas consultem equipes de hotel, pousadeiros e guias a respeito da existência de chuva na cabeceira de algumas cachoeiras, notadamente no Vale da Lua.

Excepcionalmente, certas trilhas mais extensas, difíceis ou distantes da cidade podem envolver um nível moderado de risco, motivo pelo qual pode ser obrigatório o acompanhamento por um guia turístico, por questões de segurança no passeio. Em caso de dúvida, o Centro de Atendimento ao Turista de Alto Paraíso de Goiás pode ser consultado[6].

Catarata dos Couros

Geografia e clima[editar | editar código-fonte]

Dados gerais[editar | editar código-fonte]

Dentro dos limites do município de Alto Paraíso de Goiás, fica localizado o Morro do Pouso Alto, ponto mais alto de toda a Região Centro-Oeste do Brasil e do Planalto Central, com 1.691 metros de altura. O morro fica localizado em área próxima à GO-118/BR-010, no sentido norte (Teresina de Goiás).

A altitude média da sede do município de Alto Paraíso de Goiás é de 1.232,60m, sendo também a cidade mais alta da Região Centro-Oeste do Brasil e do Planalto Central, embora haja algumas localidades ainda mais altas no Distrito Federal e em Goiás.[7]

A população de Alto Paraíso, de acordo com estimativas do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), era de 7 328 habitantes em 2014.

Clima e registros climatológicos[editar | editar código-fonte]

Cachoeira São Bento

Analogamente ao que ocorre no período da seca no Distrito Federal, a umidade relativa do ar durante o dia no inverno e parte da primavera pode cair para menos de 15%, alcançando níveis críticos.

Com relação ao clima, Alto Paraíso é considerada como uma das cidades mais altas e frias do estado de Goiás - juntamente com Cristalina, que possui 1.189 metros de altitude. Possui um clima tropical de altitude tipo Cwa, sendo seco e frio no inverno e ameno e úmido no verão. O inverno de Alto Paraíso de Goiás consiste em madrugadas frias e dias amenos (entre 5 °C e 26 °C). Contudo, deve-se notar que o clima da cidade não difere muito daquele observado em Brasília: frequentemente, dias quentes, chuvosos, nublados ou ensolarados são compartilhados por ambas as cidades, tendo em vista que se situam no mesmo bioma (cerrado) e não são distantes entre si.

Poço Tranquilita, cachoeira Loquinhas

No inverno, as mínimas podem alcançar os 5 °C e as máximas podem não passar dos 20 °C. É frequente que o inverno apresente grandes amplitudes térmicas, com mínima de 7 °C e máxima de 24 °C. Há casos excepcionais e raríssimos em que as mínimas podem ser inferiores a 4 °C. No outono, já foram registradas temperaturas mínimas de 9 °C e máximas de 23 °C. No verão, as mínimas ficam um pouco mais altas, em torno dos 16 °C e as máximas, amenas (em torno dos 23 °C). Porém, é na primavera que são registradas as maiores temperaturas do ano, pois as mínimas podem ficar próximas dos 16 °C e as máximas, alcançar os 34 °C. Logo, há grande amplitude térmica ao longo do dia, o que torna o clima propício para acampamentos para aqueles que gostam de dias quentes e madrugadas frias. Ademais, os ventos são constantes na região e interferem na sensação térmica, podendo variar de 7 km/h a 30 km/h.

A menor temperatura no município de Alto Paraíso, que não necessariamente coincide com o perímetro urbano, possivelmente teria ocorrido em 1975, mas não há registros que confirmem o fato. De acordo com registros de temperatura de outras cidades próximas, as mínimas em Alto Paraíso de Goiás, nessa época, provavelmente ficaram entre -2 °C e 2 °C, com probabilidade de geadas fracas.

Pôr-do-sol em São Jorge

A explicação para esses extremos de temperaturas máximas e mínimas relaciona-se à presença do ar seco, que diminui os valores de umidades relativa do ar, principalmente entre as 12h e as 18 h. Sem nuvens no céu, ao anoitecer, a radiação emitida pelo sol durante o dia escapa de forma muito rápida, fazendo com que a temperatura despenque até 6 °C por hora e com que a umidade melhore, subindo para até 60% ou 90%.

Ao longo dos últimos anos, entretanto, as temperaturas mínima e máxima têm oscilado mais e a sensação térmica tem sido de maior calor. Também é importante diferenciar regiões onde há somente vegetação, tipicamente mais frias, das regiões com aglomerações urbanas, mais quentes.

Gráfico climático para Alto Paraíso de Goiás, Goiás
J F M A M J J A S O N D
 
 
244
 
27
17
 
 
212
 
27
17
 
 
209
 
27
18
 
 
111
 
27
17
 
 
20
 
26
15
 
 
5.3
 
25
13
 
 
4.7
 
25
13
 
 
6.9
 
27
15
 
 
29
 
28
16
 
 
134
 
28
17
 
 
233
 
27
18
 
 
289
 
26
18
Temperaturas em °CPrecipitações em mm
Fonte: Somar Meteorologia

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Estimativa populacional 2014 IBGE». Estimativa populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 29 de agosto de 2014 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. Studio, Atabak Multimedia. «Página Oficial da Prefeitura de Alto Paraíso de Goiás (GO)». www.altoparaiso.go.gov.br. Consultado em 27 de dezembro de 2016 
  7. SIG IBGE - Localidades e Densidades 2010

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]