Padre Bernardo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Padre Bernardo
""Pbn"(Pebeene)
" Alegre por natureza, uma das características por ser cidade goiana."
PADRE BERNARDO, É BOM VIVER AQUI..png

Bandeira de Padre Bernardo
Brasão de Padre Bernardo
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 9 de maio de 1964 (52 anos)
Gentílico bernardense
Prefeito(a) Francisco de Moura Teixeira Filho (Reeleito) (PSDB)
Localização
Localização de Padre Bernardo
Localização de Padre Bernardo em Goiás
Padre Bernardo está localizado em: Brasil
Padre Bernardo
Localização de Padre Bernardo no Brasil
15° 09' 36" S 48° 17' 02" O15° 09' 36" S 48° 17' 02" O
Unidade federativa  Goiás
Mesorregião Leste Goiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Entorno do Distrito Federal IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Mimoso de Goiás (N), Vila Propício (NO), Planaltina (L), Cocalzinho de Goiás (SO), Água Fria de Goiás (NE), Águas Lindas de Goiás (SO) e Brazlândia (DF) (S)
Distância até a capital 246 km
Características geográficas
Área 3 139,177 km² [2]
População 30 059 hab. (GO: 37º) –  IBGE/2013[3]
Densidade 9,58 hab./km²
Clima Tropical Aw
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,651 médio PNUD/2010 [4]
PIB R$ 147 805,611 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 5 388,66 IBGE/2008[5]
Página oficial

Padre Bernardo é um município brasileiro do estado de Goiás. Localizado na Microrregião do Entorno do Distrito Federal e na Mesorregião do Leste Goiano. O município possui segundo o censo de 2013 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística uma população de 30 059 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Vista Aérea de Padre Bernardo[6]

A ocupação do território municipal de Padre Bernardo teve início no século passado com o estabelecimento das primeiras fazendas de criação de gado às margens do Rio Maranhão e seus tributários mais importantes, onde se localizam pastagens de boa qualidade.

Com o decorrer dos anos surgiram outros fatores responsáveis pelo crescimento do povoado econômico demográfico da região. Ao aumento natural dos rebanhos associava-se, de modo paralelo e consequente, a ocorrência de picadas, que levaram ao surgimento das pousadas dos vaqueiros, a caminho de Niquelândia e das famílias que desciam do Nordeste para a região Centro-Sul.

A função religiosa foi, sem dúvida, a mais importante na instalação e no crescimento do povoado, pois a partir de 1933, romeiros provenientes da região do Vão dos Angicos, no Município de Luziânia, se dirigiam todos os anos, durante o mês de julho para rezarem na capela do Divino, erguida por fazendeiros locais, com o surgimento de algumas casas em volta da capela, os fazendeiros começaram a lotear partes do vale, com o objetivo uma cidade.

Em 1951, foi fundado o Arraial com o nome de Barro Alto do vão dos Angicos e, para a formação do Patrimônio, os Senhores Januário de Amorim e Valentim José Cabral, doaram doze alqueires de terra ao Santo Padroeiro. Ainda na condição de povoado, a localidade passou a denominar-se Padre Bernardo, em homenagem ao vigário que percorria as fazendas locais, celebrando batizados e casamentos, enfatizando cada vez mais a função da cura.

Monumento em Homenagem ao Fundador de Padre Bernardo, Sr. Jose Monteiro Lima, na Praça Central.

A partir de 1957 a expansão do núcleo urbano se deve ao Senhor José Monteiro Lima, que dividiu sua fazenda em sítios e lotes, doando às famílias sem recursos e vendendo aos que desejassem se fixar na região.

Graças à fertilidade de suas terras, o distrito foi tomando grande impulso. Em 1963, o Projeto de autoria do Deputado Olinto Meireles foi aprovado, e através da Lei Estadual nº 4797, no entanto só em 1964 Padre Bernardo foi elevado à categoria de município, constituindo-se termo judiciário da Comarca de Luziânia.

Mais recentemente, através de um plebiscito realizado em março de 1980 e homologado pelo Diário oficial do Estado em maio do mesmo ano, foi incorporado à configuração geográfica local o Distrito de Mimoso, que anteriormente pertencia à Niquelândia.

Um maior dinamismo ocorrido no município deu-se ao avanço das fronteiras agrícolas para o Centro-Oeste e mais precisamente à construção de Brasília, dado ao seu favorável posicionamento geográfico em relação do Distrito Federal.

No período atual, em decorrência da expansão verificada agravaram-se os problemas relacionados com a prestação do serviços, notadamente educação e saúde, e com a infra-estrutura de apoio aos setores produtivos, estabelecendo uma relação muito forte de dependência podendo-se mesmo classificar Padre Bernardo como mais uma "Cidadesatélite", só que fora do território do Distrito Federal, e consequentemente de sua jurisdição administrativa. Por gentílico temos padre-bernardense.

Pela Lei Municipal nº 132, de 06/03/1958, é criado o Distrito com a denominação de Padre Bernardo, subordinado ao município de Luziânia. Através da Lei nº 4.797 de 07/12/1963, é elevado à categoria de município com a mesma denominação, desmembrando-se de Luziânia. Pela Lei Estadual nº 8.004, de 26/11/1975 e, ratificado pela Lei Estadual nº 8.111, de 1405-1976, Padre Bernardo adquiriu do município de Niquelândia o distrito de Mimoso. Em divisão territorial datada de 01/01/1979, o município é constituído de 2 distritos: Padre Bernardo e Mimoso. Pela Lei Estadual nº 10.405, de 30/12/1987, o distrito de Mimoso é desmembrado do município de Padre Bernardo e é elevado à categoria de município com a denominação de Mimoso de Goiás.

Economia[editar | editar código-fonte]

A pecuária movimenta a economia de Padre Bernardo, participando da arrecadação com 32,31%. Na agricultura, o forte são o cultivo de soja e milho.

O comércio local, como restaurantes, bares, lojas de roupas e calçados, bancos, supermercados, entre outros, é pequeno e atende às necessidades básicas da população. As indústrias que merecem destaque na região são as de cerâmica, os laticínios e as confecções.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Hidrografia

Eventos e Festas[editar | editar código-fonte]

Janeiro
  • Folia de Reis - 6
  • Folia São Sebastião - 20
Fevereiro
  • Carnaval de rua
Maio
  • Festa do divino - 9 a 19
  • Aniversário da Cidade - 9
Junho
  • Exposição Agropecuária
Julho
  • Festa de Nossa Senhora do Carmo, padroeira de Padre Bernardo
Agosto

Aroeira - Largada Rumo ao Muquém

Outubro
  • Dia do Evangelho - 31

Cultura[editar | editar código-fonte]

A tradição da festa de que deu origem à cidade consegue reunir ainda hoje milhares de pessoas em louvor ao Divino Espírito Santo. A capela, construída em devoção à figura religiosa, em terreno doado por Rosa Fernandes Cabral, é palco da movimentação de fiéis que participam de missas, folias e atividades culturais. As festividades duram nove dias, com encerramento na comemoração de pentecostes. Padre Bernardo possui peculiaridades e características determinantes da origem de seu povo,isto é, há miscigenação cultural entre mineiros, nordestinos, remanescentes de outras partes do país e do próprio estado de Goiás.

Subdivisões[editar | editar código-fonte]

Pertencem ao município, os distritos:

  • Entre Rios
  • Mariápolis
  • Monte Alto
  • Taboquinha
  • Trajanópolis
  • Vendinha
  • Ouro Verde
  • Boa Vista

Bairros[editar | editar código-fonte]

  • Jardim das Acácias
  • Setor Bela Vista
  • Setor Central
  • Setor Divinópolis
  • Setor Leste
  • Setor Oeste
  • Setor Sul
  • Vila Canaã
  • Vila Maria
  • Vila 9 de maio
  • Vila Novos Rumos
  • Entre outros.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010 
  3. «Estimativa Populacional 2013» (PDF). Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2013. Consultado em 23 de outubro de 2013 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil» (PDF). Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 31 de julho de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  6. Tecnologia, Dottis. «Prefeitura de Padre Bernardo - GO». www.padrebernardo.go.gov.br. Consultado em 20 de janeiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Goiás é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.