Universidade Estadual da Zona Oeste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde março de 2010).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Fundação Centro Universitário Estadual da Zona Oeste
http://www.uezo.rj.gov.br/eventos/Logo_vertical_letra_azul.jpg
UEZO
Fundação 2005
Tipo de instituição Pública, Estadual
Localização Brasão da cidade do Rio de Janeiro.svg Rio de JaneiroRio de Janeiro, RJ
Reitor(a) Alex Sirqueira
Vice-reitor(a) João Bosco de Salles
Total de Estudantes 1.600
Página oficial uezo.rj.gov.br

Centro Universitário Estadual da Zona Oeste (acrônimo UEZO) é uma instituição pública de ensino superior brasileira, legislativamente criado e licitado em 2002 ao final do governo de Anthony Garotinho. A instituição foi criada com o objetivo de atender a demanda de estudantes da Zona Oeste do Rio de Janeiro e de municípios como Itaguaí e Nova Iguaçu e ampliar o desenvolvimento tecnológico e econômico desta região do estado. Foi inaugurado em 2005 no governo de Rosinha Garotinho, e definitivamente emancipada a partir de 2009 em fundação de direito público vinculada à Secretaria Estadual de Ciência e Tecnologia do Rio de Janeiro no governo de Sergio Cabral Filho. Localiza-se em Campo Grande, maior bairro do Rio de Janeiro.


Estrutura acadêmica[editar | editar código-fonte]

A UEZO surgiu em 2005 com os cursos superiores de análise e desenvolvimento de sistemas, biotecnologia, gestão da construção naval, polímeros e processos metalúrgicos a fim de trazer desenvolvimento a região visando principalmente ao porto de Itaguaí. Em 2008, foram abertos mais quatro cursos que passaram a somar reforços para a região. Os cursos plenos criados foram de farmácia, engenharia de produção, ciências biológicas e ciência da computação.

Até janeiro de 2009 a UEZO era ligada a Faculdade de Tecnologia do Estado do Rio de Janeiro (FAETERJ), não gozando de autonomia administrativa e financeira, operando na prática como mais uma das unidades da rede FAETEC. A partir dessa emancipação seu vestibular passa a ser pelo mesmo departamento de seleção acadêmica da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), aprimorando o grau de formação média dos seus novos estudantes, e finalmente adotando o sistema de cotas na porcentagem de 30% das vagas..

Desde que foi inaugurada, em 2005, funcionara de maneira improvisada na Escola Estadual Sarah Kubitschek, em Campo Grande.

Desenvolvimento[editar | editar código-fonte]

Ministra atualmente o ensino de graduação superior educação tecnológica, e pós-graduação.

Cursos de Graduação[editar | editar código-fonte]

Mestrados[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre instituição de ensino superior é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.