Adult Swim

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Adult Swim
Adult Swim Brasil
AdultSwim.svg
Usado desde 2003 nos EUA. Brasil desde 2005.
Tipo canal de TV por assinatura.
País  Estados Unidos
 Brasil
Fundação Estados Unidos 2 de setembro de 2001
Brasil 7 de outubro de 2005
por Williams Street
Pertence a Turner Broadcasting System
Proprietário Time Warner
Sede Atlanta, Geórgia
São Paulo, Brasil
Londres, Reino Unido
Formato de vídeo 480i (SDTV)
Canais irmãos Cartoon Network
Boomerang
Cobertura  Estados Unidos
 Brasil
 Reino Unido
Página oficial Site oficial

Adult Swim (ou, em tradução livre, "a hora de os adultos nadarem"), muitas vezes estilizado como [adult swim], é um canal de TV a cabo orientado a jovens e adultos. O canal na verdade compartilha seu horário com o Cartoon Network das 22h às 6h nos EUA, com práticas semelhantes em outros países.[1]

A programação é composta de animações seriadas e curtas-metragens americanos, incluindo originais, que se destacam pela liberdade criativa e falta de censura. Além deles, também são apresentadas séries japonesas (anime), OVAs e longas-metragens nesta mesma linha. Os desenhos do canal, apesar de não possuírem conteúdo extremamente erótico e/ou violento, em sua maioria possuem linguagem e temáticas adultas. Os programas são voltados para o público maior de 16 anos, em contraste com a programação pré-adolescente que o Cartoon Network apresenta durante o dia. Os intervalos comerciais são pontuados por vinhetas, piadas e comentários curtos, apresentados simplesmente como letras brancas em fundo preto, que promovem uma interação do canal com as manifestações do seu público por via online ou carta, muitas vezes usando formatação própria da internet e conteúdo bem humorado.

História[editar | editar código-fonte]

O nome Adult Swim vem de um anúncio usado em piscinas públicas para designar horários em que o uso deve ser feito somente por adultos, e as crianças são impedidas de nadar.

O Adult Swim apareceu como bloco de programação do canal Cartoon Network, tendo estreado em 2 de setembro de 2001 com a exibição do episódio Director's Cut, da série animada Filmes Caseiros, em uma noite de domingo. Em 28 de março de 2005, a sede da Turner Broadcasting System, em Atlanta, decide desvincular o Adult Swim do Cartoon Network e passa a tratá-lo como um canal separado para fins de classificação. O Adult Swim começa então a operar de forma similar ao Nick at Nite, canal que compartilha seu espaço com o Nickelodeon.

A rede é programada pela Williams Street, uma divisão da Turner Broadcast Network, que criou o Toonami e Miguzi.

Dentre os primeiros programas exibidos pelo novo canal, estavam Filmes Caseiros, Aqua Teen Hunger Force, Sealab 2021, Mission Hill, Undergrads, Harvey Birdman e Clone High. O primeiro anime transmitido pelo Adult Swim foi Cowboy Bebop, em 2 de setembro de 2001.

Países onde o Adult Swim está presente[editar | editar código-fonte]

 Reino Unido[editar | editar código-fonte]

A rede de TV britânica Bravo exibe o Adult Swin em horário incerto, sempre por volta da meia-noite. A retransmissão é de propriedade da Virgin Media Television, embora o original seja ligado ao Cartoon Network.

 Espanha[editar | editar código-fonte]

Na Espanha, o bloco vai ao ar no canal TNT, nas madrugadas de sextas, sábados e domingos, da 1h até as 4h da manhã.

 Alemanha[editar | editar código-fonte]

Na Alemanha, o bloco é exibido todas as quartas-feiras das 20h15 até as 9h45 pelo canal I-Sat.

 Rússia[editar | editar código-fonte]

Na Rússia, todo dia o bloco é exibido às 23h pelo novo canal 2×2. O mesmo canal inclui animações locais, feitas em Moscou ou São Petesburgo.

 Canadá[editar | editar código-fonte]

O canal Teletoon dá espaço a animações locais produzidas pelo famoso estúdio de mesmo nome.

 Brasil[editar | editar código-fonte]

O bloco estreou no Brasil no dia 7 de outubro de 2005 às 23h, inicialmente com os desenhos Harvey, o Advogado, Aquateen: O Esquadrão Força Total e Projeto Clonagem. Em pouco tempo, conquistou grande popularidade. A programação original era exibida das 23h à 1h da manhã, com subsequentes reprises à 1h e às 3h da manhã.

A versão brasileira do Adult Swim deu continuidade a um projeto iniciado em 2004 na programação normal do Cartoon Network, que consistia em exibir animações curtas durante a programação feitas por cartunistas nacionais consagrados, como Caco Galhardo (Pequeno Pônei), Adão Iturrusgarai (Aline), Laerte Coutinho (Overman) e Glauco (Geraldão).

Sem qualquer aviso aos telespectadores, a partir de 24 de fevereiro de 2007, o bloco passou a ser exibido a partir de 1h da manhã, com apenas uma reprise às 3h. Especula-se que a mudança foi devida a reclamações de que chamadas do bloco eram exibidas em desenhos de classificação livre depois das 22h, o que seria inadequado aos menores de 18 anos. Em 1º de junho de 2007, o canal ainda aboliu a reprise durante a madrugada.

Em 2008, o bloco foi transferido para o canal I-Sat, onde foi apresentado até novembro de 2010 quando foi encerrado devido à baixa audiência no horário apresentado e à baixa disponibilidade do canal no Brasil e pelo seu conteúdo impróprio.

Em 2014, o bloco não está em exibição em nenhum canal brasileiro.

Críticas[editar | editar código-fonte]

Diferente do Adult Swim americano, o bloco brasileiro não exibia animes, o que provocou a fúria da comunidade Otaku, que boicotou o bloco e criou várias comunidades internet afora com maior concentração no Orkut. Por meio de suas vinhetas, o Adult Swim procurou rebater os pedidos de animes em sua programação, usando a justificava de que já existia um bloco voltado à animação japonesa, o Toonami.

Serviços[editar | editar código-fonte]

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]