Arquitetura do neoclassicismo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Wiki letter w.svg
Por favor, melhore este artigo ou secção, expandindo-o(a). Mais informações podem ser encontradas na página de discussão. Considere também a possibilidade de traduzir o texto das interwikis.
WashingtonDC.jpg
O Jefferson Memorial em Washington, DC, Estados Unidos, de declarados traços classicistas.
Série de artigos sobre
História da arquitetura

Arquitetura da Pré-História

Neolítica | Rupestre

Arquitetura antiga

Egípcia | Clássica | Grega | Romana

Arquitetura da Idade Média

Bizantina | Carolíngia | Otoniana | Românica | Gótica

Arquitetura do Renascimento
Maneirismo
Arquitetura barroca

Rococó | Neoclássica

Arquitetura do século XIX

Neogótico | Arts & crafts | Revivalista | Protomoderna | Eclética

Arquitetura moderna

Bauhaus | International style | Orgânica | Brutalista | Construtivista

Arquitetura pós-moderna

High-tech | Desconstrutivista | Regionalista crítica | Neomoderna


Por geografia

Europa | Islão | Oriental | Américas | África | Oceania

Por tipologia

Civil | Militar | Religiosa

A arquitetura neoclássica (AO 1945: arquitectura neoclássica) é o estilo arquitetônico surgido durante o neoclassicismo, movimento cultural do fim do século XVIII, identificada com a retomada da cultura clássica por parte da Europa Ocidental.[1] Nessa época, a relação entre a espécie humana e a natureza havia se transformado. Havia aumentado a capacidade humana de exercer controle sobre a natureza por meio da técnica. Também houve uma mudança nas relações culturais e sociais. A sexualidade influiu neste estilo originando a existência de inúmeras obras com representação de mulheres nuas.[2]

Histórico[editar | editar código-fonte]

O movimento em questão vai contra os estilos da época (barroco e rococó). Porém, diferentemente do classicismo, o neoclassicismo propõe a discussão dos valores clássicos. O classicismo renascentista apenas replicava os princípios antigos sem críticas aprofundadas.[1] A concepção de um ideal de beleza eterno e imutável não se sustenta mais. Para os neoclassicistas, os princípios da era clássica deveriam ser adaptados à realidade moderna.[1]

Em 1760, o barroco nos salões franceses era considerado como uma falta de gosto. A arte clássica, adotada pelos racionalistas, surge com maior clareza no Renascimento e durante o período aproximado de 1770 a 1830, chamado de classicismo.[2] As primeiras tentativas sérias de reavaliação do período clássico da Grécia e de Roma datam os fins do século XVII. O neoclássico emprega a normas clássica com a tecnologia de construção desenvolvida no pós-renascimento. Se utilizava de elementos clássicos na composição de novos edifícios sendo que no seu interior não havia mudança na planta.[2]

Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.

Referências

  1. a b c A arquitetura neoclássica. http://thaa2.wordpress.com/+(2009).+Página visitada em 9 de maio de 2013.
  2. a b c Magda Godinho (2000). NEOCLASSICISMO ARTE E ARQUITETURA NEOCLÁSSICA (PDF). Página visitada em 9 de maio de 2013.