Porquinho-da-índia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Como ler uma caixa taxonómicaPorquinho-da-índia
Two adult Guinea Pigs (Cavia porcellus).jpg

Estado de conservação
Não avaliada: Domesticado
Classificação científica
Reino: Animalia
Filo: Chordata
Classe: Mammalia
Ordem: Rodentia
Infraordem: Caviomorpha
Superfamília: Cavioidea
Família: Caviidae
Género: Cavia
Espécie: C. porcellus
Nome binomial
Cavia porcellus
Linnaeus, 1758

O porquinho-da-índia ou preá-da-índia ("Cavia porcellus") é um roedor sul-americano da família Caviidae, existindo atualmente apenas como animal doméstico.

História[editar | editar código-fonte]

Apesar do seu nome comum, o porquinho-da-Índia não é suíno, nem tampouco indiano. O nome deve-se ao fato de originalmente provirem das chamadas "Índias Ocidentais" (atual continente americano), onde alguns povos andinos, no período da colonização, os criavam para deles se alimentarem. Atualmente, em alguns países - como no Peru - ainda existe essa tradição, sendo um prato típico e apreciado na rica culinária local.

Os europeus tomaram contato com o animal desde o século XVI, ao atingirem os domínios do Império Inca. O animal era denominado pelos incas como "Cuy", por causa dos gritos curtos que emite. Eram criados para o consumo, sendo parte da alimentação desse povo.

Ao chegarem à Espanha, os porquinhos-da-índia tornaram-se moda, vindo a espalhar-se por toda a Europa como animais de estimação.

Com relação ao seu nome em língua inglesa, "guinea pig", existem duas hipóteses:

  • a de que as embarcações inglesas por fazerem escala na costa da Guiné, deram às pessoas a ideia de que os animais eram originários daquela região (e não da costa pacífica sul-americana); e
  • ao preço cobrado pelos marinheiros ingleses pelos animais, um guinéu, moeda de ouro utilizada à época.

Desde o século XIX estes roedores vem sendo utilizados em estudos experimentais de laboratório, por isso são também conhecidos pelo nome de cobaias, termo que, por vezes, também é utilizado para designar os hamsters.

Características[editar | editar código-fonte]

Os porquinhos-da-Índia vivem de quatro a oito anos e podem reproduzir-se ao longo de todo o ano, gerando dois a seis filhotes por ninhada. Para o primeiro acasalamento, recomenda-se que o macho tenha de três a quatro meses e as fêmeas de três a sete meses (jamais depois de sete meses). O período de gestação é de 59 a 72 dias, sendo a média de 62 dias. O tamanho dos filhotes, ao nascer, é de 7,62 cm. A idade ideal para o desmame é de 3 semanas.

Quando adultos, os machos medem cerca de 25 cm e pesam de 900 a 1200 gramas, enquanto as fêmeas costumam ser menores e mais leves, tendo em média 20 cm e pesando de 700 a 900 gramas.

São vivazes e dóceis, raramente mordendo, a menos que se sintam ameaçados ou pertubados. Adaptam-se bem ao cativeiro e são alimentados com ração de coelho peletizada, ou própria para o animal, feno ou capim, legumes (alface em pouca quantidade e não frequente, pois pode lhe causar diarreia e até levar à morte) e frutas frescas. Retirar as frutas/legumes diariamente quando não ingeridas. Recomenda-se a introdução do brócolis e da couve-flor na sua alimentação, por causa da quantidade de vitamina C que oferecem. Alimentos novos para o animal devem ser-lhe apresentados aos poucos, uma de cada vez, observando-se a reação. Detalhe: a ração não deve ser a base da alimentação do animal.

Alojamento[editar | editar código-fonte]

Muito rústico, este animal adapta-se facilmente a qualquer ambiente, exigindo apenas um local bem seco. Não requer quaisquer instalações especiais ou técnicas difíceis de manutenção. Basta um espaço onde possa organizar a sua rotina diária composta de passeios e brincadeiras além da higiene própria. Alguns criadores recomendam, para um casal, um espaço de cerca de 320 cm² sem teto e com uma vedação baixa.

Lembrando que não podem ser criados em gaiolas ou soltos na casa, devem ser criados em cercados.

Raças[editar | editar código-fonte]

Os porquinhos-da-índia apresentam uma grande variedade de cores e padrões, a saber:

  • Abissínio
  • Pelo curto
  • Coroado
  • US-Teddy e Rex
  • CH-Teddy
  • Peruano e Angorá
  • Shelties e Coronet
  • Texel e Merino
  • Alpaca e Mohair
  • Frisado
  • Do mato
  • Goiano

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Porquinho-da-índia
Wikispecies
O Wikispecies tem informações sobre: Porquinho-da-índia
Ícone de esboço Este artigo sobre sobre roedores, integrado ao WikiProjeto Mamíferos é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.