Campeonato Paulista de Futebol de 1978 - Divisão Intermediária

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Paulista de Futebol de 1978
Divisão Intermediária
Dados
Participantes 20[1]
Período 1978 – 28 de abril de 1979
Gol(o)s Não disponível
Campeão Internacional
Vice-campeão Velo Clube
◄◄ São Paulo 1977 Soccerball.svg 1979 São Paulo ►►

O Campeonato Paulista de Futebol de 1978 - Divisão Intermediária foi a 32ª edição do torneio promovida pela Federação Paulista de Futebol, e equivaleu ao segundo nível do futebol no estado de São Paulo. A Internacional de Limeira conquistou o título[2] e o acesso para o Campeonato Paulista de Futebol de 1979.

Pela primeira vez na divisão de acesso, duas equipes foram promovidas à divisão principal. Previsto no regulamento, o Velo Clube, vice campeão, derrotou o Paulista de Jundiaí, penúltimo colocado da Divisão Especial, em melhor de 4 pontos.

Forma de disputa[editar | editar código-fonte]

Primeira fase: Dois grupos com disputa por pontos corridos em dois turnos. Classificam-se para o "Grupo dos vencedores" os 5 melhores colocados de cada grupo, o restante vai para a repescagem.
Segunda fase: As 10 melhores equipes formam dois grupos de 5, com os times restantes formando dois grupos de repescagem. Classificam-se para a fase final os 2 primeiros colocados dos grupos "G" e "I", e o melhor colocado dos grupos "H" e "J".
Fase final: Os 6 times finalistas disputam o título por pontos corridos em turno e returno. O campeão está automaticamente promovido, e o vice campeão disputa o acesso com o penúltimo colocado da Divisão Especial.
Rebaixamento: Os últimos colocados dos grupos da repescagem disputam a permanência na Divisão Intermediária.

Primeira fase[editar | editar código-fonte]

Segunda fase[editar | editar código-fonte]

Grupo J: São José levou vantagem sobre o Nacional no número de vitórias
Na disputa contra o rebaixamento, a Esportiva venceu o Rio Preto, em melhor de 3 partidas, com os seguintes resultados:
Esportiva 3x2 Rio Preto | Rio Preto 3x1 Esportiva | Esportiva 2x1 Rio Preto

Fase final[editar | editar código-fonte]

A fase final foi marcada por decisões judiciais e até tentativa de suborno. Logo na segunda rodada entre Pinhalense e Inter de Limeira, a torcida do time da casa acuou os torcedores da Inter contra o alambrado, que acabou cedendo. O juiz Ulisses Tavares da Silva interrompeu a partida no intervalo, quando o Pinhalense vencia por 2 a 0[3]. Também por questões de segurança o Velo Clube abandonou o jogo quando perdia para o Catanduvense por 1 a 0. Ambas as partidas foram para o TJD, que julgou os casos apenas no ano seguinte, impedindo, desta forma, de ser conhecido o campeão na rodada final, realizada em 17/12.

Neste dia, a Internacional poderia assegurar o título, independente dos jogos em julgamento, se vencesse o Corinthians, mas acabou empatando em 0 a 0. Na véspera da partida, um torcedor da Inter, intermediou uma tentativa de suborno com dirigentes do Corinthians para que o time entregasse o jogo. A notícia chegou a capa do jornal Folha de S. Paulo[4].

As partidas interrompidas foram julgadas somente em abril de 1979. No caso de Velo Clube e Catanduvense, o resultado foi mantido. O jogo entre Pinhalense e Internacional foi anulado, e remarcado para o dia 28 de abril. A Inter jogava por um empate para ser campeã, enquanto que uma vitória do Pinhalense dava o título para o Velo Clube. O jogo terminou com vitória da Internacional por 2 a 0, mas novos incidentes fizeram com que o Velo Clube entrasse com um novo recurso. A disputa nos bastidores prosseguiu até 29 de maio, quando a FPF declarou a Internacional de Limeira campeã da Intermediária[5].

Hexagonal Final
Time Pts V E D GP GC SG
1 Inter de Limeira 15 7 1 2 12 7 +5
2 Velo Clube 13 6 1 3 15 10 +5
3 São José 13 5 3 2 8 3 +5
4 GE Catanduvense 10 3 1 6 9 10 -1
5 Ginásio Pinhalense 05 2 1 7 8 17 -9
6 Corinthians 04 0 4 6 3 10 -7

Jogo decisivo[editar | editar código-fonte]

28 de abril de 1979 Ginásio Pinhalense Bandeira Espirito Santo do Pinhal.jpg 0 - 2 Bandeira limeira.jpg Inter de Limeira Espírito Santo do Pinhal

Caldeira
Tião Marino
Árbitro: Oscar Scolfaro

Disputa do acesso e descenso[editar | editar código-fonte]

Na disputa pelo acesso, o Velo Clube, vice campeão da Intermediária, derrotou o Paulista, penúltimo da Divisão Especial, em melhor de 4 pontos[6]. Todas as partidas foram realizadas em Campinas, com os seguintes resultados:
03 de junho de 1979: Velo Clube 3-1 Paulista
06 de junho de 1979: Velo Clube 0-0 Paulista
10 de junho de 1979: Velo Clube 2-1 Paulista

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Paulista de 1978 - Divisão Intermediária
Bandeira Limeira SaoPaulo Brasil.svg
Internacional
Campeão
(1º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. RSSSF Brasil. «São Paulo State - List of Second Division Participants 1916-2001». Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  2. RSSSF Brasil. «São Paulo State - List of Second Division Champions». Consultado em 9 de janeiro de 2013 
  3. Folha de S. Paulo. «Um tumulto na Intermediária». Consultado em 13 de julho de 2017 
  4. Folha de S. Paulo. «Suborno no futebol do Interior». Consultado em 14 de julho de 2017 
  5. Folha de S. Paulo. «Inter de Limeira é o campeão da Intermediária». Consultado em 14 de julho de 2017 
  6. «Decisão do acesso e descenso em 1978». Consultado em 14 de julho de 2017 
Ícone de esboço Este artigo sobre futebol brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.