Helton Yomura

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa

Helton Yomura (Rio de Janeiro, 17 de novembro de 1984) é um advogado brasileiro ligado ao PTB e ex ministro do Trabalho do Brasil.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Formado em Direito pela Universidade Veiga de Almeida e com pós-graduado em Direito da Administração Pública pela Universidade Federal Fluminense de 2016 a 2017 foi superintendente regional do Ministério do Trabalho no Rio de Janeiro; em outubro de 2017 é empossado secretário-executivo do Ministério do Trabalho e em janeiro de 2018, com a nomeação impugnada de Cristiane Brasil, ficou como ministro interino e foi oficializado no cargo de Ministro do Trabalho em 10 de abril de 2018[1].

Operação Registro Espúrio[editar | editar código-fonte]

Em 5 de julho de 2018, o ministro do STF, Edson Fachin, autorizou o afastamento do mandatário do Ministério em nova fase da Operação Registro Espúrio, da Polícia Federal.[2]. Ainda no mesmo dia o Diário Oficial da União publica a exoneração de Yomura do Ministério do Trabalho[3].


Referências

  1. HELTON YOMURA - MINISTRO DO TRABALHO. PTB
  2. Andreolla, Ana Paula; Bomfim, Camila; Carvalho, Letícia (5 de julho de 2018). «Ministro do Trabalho é afastado do cargo pelo Supremo em nova fase de operação da PF sobre fraudes em registros sindicais». G1. Consultado em 5 de julho de 2018 
  3. BRASIL. Presidência da República. DOU. Ano LVIV nº 128-A, Brasília - DF, quinta-feira, 5 de julho de 2018. Imprensa nacional. Acesso realizado em 6 de julho de 2015.