How Great Thou Art (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde setembro de 2011). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Disambig grey.svg Nota: Para a canção, veja How Great Thou Art (canção).
How Great Thou Art
Álbum de estúdio de Elvis Presley
Lançamento Fevereiro de 1967
Gravação 25 - 28 de maio de 1966, RCA Estúdio B, Nashville, Tennessee; Crying In The Chapel gravada em 30 de outubro de 1960, RCA Estúdio B, Nashville, Tennessee;
Gênero(s) gospel
Duração 34:38
Gravadora(s) RCA
Produção Felton Jarvis e Elvis Presley
Opiniões da crítica

O parâmetro das opiniões da crítica não é mais utilizado. Por favor, mova todas as avaliações para uma secção própria no artigo. Veja como corrigir opiniões da crítica na caixa de informação.

Cronologia de Elvis Presley
Último
Spinout
(1966)
Easy Come, Easy Go
(1967)
Próximo

How Great Thou Art é um álbum de Elvis Presley. Foi o terceiro álbum gospel de Elvis sendo o segundo em formato de LP.

A canção "Where no One Stands Alone" fez parte da trilha sonora do polêmico filme de Mel Gibson, A Paixão de Cristo. "How Great Thou Art" é o nome em inglês de um hino clássico sueco cujo nome original é "O Store Gud", em português "Quão Grande és Tu", cuja letra foi escrita em 1886 por Carl Gustav Boberg. Já no ano de 1907 o reverendo "Stuart K. Hine" criou a primeira versão em inglês; entretanto, esta versão foi baseada na versão em alemão, que foi denominada "Wie Gross Bist Du".

A primeira gravação de "How Great Thou Art" ocorreu no ano de 1955 com George Beverly Shea, logo em seguida, no ano de 1957, houve a versão dos Blackwood Brothers. Essa música foi gravada pela primeira vez no Brasil no ano de 1958 pelo cantor e evangelista Luiz de Carvalho. Atualmente[quando?] esse cântico esta incluso nos hinários evangélicos.

"In the Garden" fez parte da trilha sonora do filme Wild River, ou Rio Selvagem de 1960. Grandes nomes da música fizeram suas versões, entre eles Mahalia Jackson e Jim Reeves. A versão de Elvis para "Where Could I Go But To The Lord" se baseou na versão de James B. Coats de 1940. Elvis também a usou em um "medley gospel" em 1968 no especial da NBC.

Faixas[editar | editar código-fonte]

  1. "How Great Thou Art" - 3:04
  2. "In the Garden" - 3:13
  3. "Somebody Bigger Than You and I" - 2:30
  4. "Farther Along" - 4:07
  5. "Stand By Me" - 2:29
  6. "Without Him" - 2:32
  7. "Where Could I Go But to the Lord" - 3:39
  8. "By and By" - 1:53
  9. "If the Lord Wasn't Walking By My Side" - 1:40
  10. "Run On" - 2:24
  11. "Where No One Stands Alone" - 2:44
  12. "So High" - 1:59
Bônus
  1. "Crying in the Chapel" - 2:24

Paradas musicais[editar | editar código-fonte]

Músicos[editar | editar código-fonte]

  • Elvis Presley: Voz, Violão e Piano
  • Scotty Moore: Guitarra
  • Chip Young: Guitarra
  • Harold Bradley: Guitarra
  • Bob Moore: Baixo
  • D.J. Fontana: Bateria
  • Buddy Harman: Bateria
  • Floyd Cramer: Piano
  • Henry Slaugter: Piano e Órgão
  • David Briggs: Órgão
  • Charlie McCoy: Guitarra, Baixo e Harmônica
  • Pete Drake: Steel Guitar
  • Boots Randolph: Saxofone
  • Rufus Long: Saxofone
  • Ray Stevens: Trompete
  • The Jordanaires, The Imperials, Millie Kirkham: Vocais

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Elvis Presley é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.