Glênio Sá

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Glênio Fernandes de Sá (Caraúbas, 30 de abril de 1950Paraíba, 26 de julho de 1990) foi um guerrilheiro marxista brasileiro, integrante da Guerrilha do Araguaia.

Glênio, começou a sua trajetória política em 1966, no movimento estudantil secundarista em Mossoró (RN). No PCdoB veio a se filiar em 1968, em Fortaleza (CE). Cursou até o 4º ano de Geologia na UFRN.

Suas atividades guerrilheiras na região do Araguaia começaram em 1970, sendo preso em dezembro de 1972, na segunda campanha do Exército, permanecendo nessa condição até 1975.

Faleceu prematuramente em um acidente automobilístico, quando se encontrava em plena campanha para o Senado Federal pelo estado do Rio Grande do Norte.[1]

Escreveu Araguaia - relato de um guerrilheiro, publicado pela Editora Anita Garibaldi em 1990.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Filha de Glênio Sá homenageia pai aos 19 anos de sua morte». PC do B. Consultado em 24 de abril de 2011 
Wiki letter w.svg Este artigo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o. Editor: considere marcar com um esboço mais específico.