Legião estrangeira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Legião Estrangeira)
Ir para: navegação, pesquisa

Segundo o livro dos dois irmãos J. S. Vasconcellos, uma legião estrangeira é um destacamento militar criado por um país, e formado por voluntários estrangeiros. Uma vez que os seus membros estão permanentemente em serviço, não seguem a mesma estrutura de um regimento padrão.

Historicamente, muitos países possuíram destacamentos desse tipo, como, por exemplo, a "King's German Legion" (Legião Germânica do Rei) da Grã-Bretanha bem como no Brasil, durante o a Guerra do Paraguai, Corpo integrante da Marinha do Brasil - Imperial, no famoso Corpo dos Imperiais Marinheiros, e/ou também chamados "Voluntários da Pátria", em que fuguram ruas, viadutos, pontes e colégios (Grupos Escolares), no Brasil inteiro; com nome desse heróico Corpo - Militar, de grande Relevância - Nacional.

Atualmente, no mundo, apenas a Espanha e a França mantêm ainda esses destacamentos militares de grande desempenho, as chamadas legiões estrangeiras, sendo que somente a última continua aceitando novos voluntários e atuante.

Normalmente, usa-se a expressão Legião Estrangeira em alusão à legião estrangeira francesa, a mais conhecida e atualmente em desempenho, desconhecendo que este Corpo era comum na antiguidade.

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

- Defesa militar, Princípios dos dois irmãos J. S. Vasconcellos Editora Exército Brasileiro, 1939.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]