Mi pecado

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Mí Pecado)
Ir para: navegação, pesquisa
Mi pecado
Meu Pecado (BR)
Novo logotipo da telenovela em sua exibição inédita criado pelo SBT.
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama e Romance
Duração 45 minutos
Criador(es) Cuauhtémoc Blanco
María del Carmen Peña
Víctor Manuel Medina
País de origem  México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Jorge Fons
Produtor(es) Juan Osorio
Elenco Maite Perroni
Eugenio Siller
Daniela Castro
Sergio Goyri
Francisco Gattorno
Sabine Moussier
Jessica Coch
Altair Jarabo
Roberto Blandón
Armando Araiza
Salvador Sánchez
Lucía Méndez
ver mais
Tema de abertura México "Mi pecado" - Reik e Maite Perroni
México "Cual es mi pecado", por Fato e Elsa Ríos
Brasil "Como se Explica o Amor?" - Maite Perroni
Tema de
encerramento
México "El amor no soportó", por Greys Robles
Brasil "Como se Explica o Amor?" - Maite Perroni
Exibição
Emissora de
televisão original
México Canal de las Estrellas
Brasil SBT
Formato de exibição México SDTV Brasil SDTV
Formato de áudio México CC Brasil SAP
Transmissão original México 15 de junho de 2009 - 13 de novembro de 2009
Brasil 2 de junho de 2014 - 31 de outubro de 2014
N.º de episódios México Brasil 110
Cronologia
Último
Último
En Nombre del Amor
Mar de Amor
Próximo
Próximo

Mi pecado (no Brasil, Meu Pecado) é uma telenovela mexicana produzida por Juan Osorio para a Televisa e exibida no Canal de las Estrellas entre 15 de junho e 13 de novembro de 2009, totalizando 110 capítulos.

Estreou às 18:00 substituindo En Nombre del Amor, mas passou a partir de 27 de julho passou a ser exibida às 19:00 e teve Mar de Amor como sua substituta no novo horário.

Maite Perroni e Eugenio Siller interpretaram os personagens principais Lucrécia e Juliano, respectivamente, numa trama que narra o cotidiano de quatro amigos que se conhecem ainda na infância, mas adultos, as suas prioridades mudaram, e um pecado ameaça destruir a sua relação de amizade. Daniela Castro, Roberto Blandón, Francisco Gattorno e Salvador Sánchez desempenharam os demais papeis principais da história, Armando Araiza, Sergio Goyri, Sabine Moussier, Jessica Coch e Altair Jarabo interpretaram os papéis dos antagonistas na trama.[1] [2]

No Brasil, foi exibida pelo SBT ás 16:15, entre 2 de junho e 31 de outubro de 2014, totalizando 110 capítulos, sucedendo a também inédita Por ela... sou Eva e antecedendo a também inédita Sortilégio.

Na exibição original, a música tema de abertura da telenovela foi "Mi Pecado", interpretada por Maite Perroni e com feat. de Reik. Na exibição no SBT, a música tema de abertura da telenovela foi interpretada por Maite Perroni, com o título de "Como se Explica o Amor?", versão em português da música "Eclipse de Luna", que está no álbum Eclipse de Luna lançado em 2013.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Paulino Córdoba (Roberto Blandón), Ramiro Sousa (Sergio Goyri), Rodolfo Horta (Francisco Gattorno) e Matias Quiroga (Salvador Sánchez), foram amigos desde a infância, mas adultos, as suas prioridades mudaram, e um pecado ameaça destruir a sua relação de amizade.

Paulino é o proprietário da Fazenda Milagre, e marido de Rosário (Daniela Castro), eles tem dois filhos, César (Diego Velásquez) e Lucrécia (Daniela Aedo). Rosário tem mostrado sempre uma predileção para o sexo masculino, e uma filha contra a sua rejeição aberta. Lucrécia e Manuel (Alejandro Cervantes) se consideram irmãos de leite, porque Delfina (Magda Karina), empregada da casa os amamentaram. Lucrécia é a melhor amiga do Juliano Huerta. Ambos partilharam os mesmos gostos e uma simpatia que, ao longo dos anos, tornou-se um grande amor.

Ramiro é um homem astuto e ambicioso que mata sua mulher Inês (Lucía Méndez), para se apoderar da sua fortuna. Ramiro manipula seus amigos e seu filhos, Carmelo (Alejandro Speitzer) e Teresinha (Gabriela Carrillo). É o dono das maiores terras de cultivo, e paga a Paulino, para fazer a distribuição e comercialização das maçãs.

Rodolfo é o professor do povoado de São Pedro, é um homem íntegro e trabalhador. Está casado com Justina (Sabine Moussier), uma mulher sensual e que está sempre insatisfeita com o pouco que seu marido lhe dá. Sãos os pais de Juliano (Adriano Zendejas) e Josué (Robin Vega).

Justina, a mulher de Rodolfo, é quem inicia graves conflitos que ameaçam a relação de amizade entre Rodolfo, Paulino e Ramiro. Matias Quiroga, sacerdote do povoado, vê com angústia como seus amigos agora são inimigos.

A inimizade entre esses homens e suas famílias torna-se o principal obstáculo para o amor de Lucrécia (Maite Perroni) e Juliano (Eugenio Siller). Infelizmente, para ambos, o acaso os envolve em um acidente que custou a vida de César. Eles são inocentes, mas Rosário, mãe de Lucrécia, pensa que são os responsáveis.

A depressão se apodera de Rosário, que passa a não suportar a presença de sua filha. O ressentimento de Rosário obriga Paulino a expulsar sua filha da fazenda Milagre e a levá-la para longe da família de Rodolfo Horta. A partir de então, a má fama de Juliano corre pelo povoado e daí surge o apelido de "diabo", que terá que carregar pelo resto da sua vida. Com o passar dos anos, Lucrécia e Juliano se reencontram e seu amor renasce, mas seus pais se opõem. Eles estão dispostos a lutar por seu amor. E contam com o apoio de Delfina, Modesto, seu esposo, e a solidariedade de Manuel, que apesar de amar Lucrécia, os ajuda a serem felizes.

Modesto, capataz da fazenda, é um homem do campo, que tem uma roça de milho e que junto com Delfina e Manuel, formam uma família íntegra e amorosa. Lucrécia não volta sozinha, vem acompanhada de sua prima Renata, que após matar a diretora do internato em que ela e Lucrécia estudavam, foge para São Pedro com a desculpa de que vai passar as férias com a prima. Uma garota muito invejosa, disposta a se apoderar de tudo que é de Lucrécia. Paulino sofre uma crise econômica e Ramiro exige casar com sua filha Lucrécia. Mas Carmelo se impõe e o mata a tiros. Juliano é acusado injustamente por este crime e com isso Lucrécia se vê obrigada a casar-se com Carmelo para evitar a ruína de seu pai e que Juliano fosse acusado injustamente. Juliano vai embora do povoado, convencido de que Lucrécia o traiu. Lucrécia vive triste como esposa de Carmelo, depois de ter perdido a Fazenda Milagre.

O povoado fala da chegada de um estranho que comprou a fazenda. Lucrécia descobre que este estranho é Juliano Horta. Carmelo fica sabendo que Juliano voltou e se inicia a guerra entre os dois pelo amor de Lucrécia.

A vida de Lucrécia ao lado de Carmelo se torna um verdadeiro inferno. Por várias vezes ele a maltratava, e até a agride fisicamente. Um certo dia, cansado do fato de seu casamento não ter sido consumado, ele estupra Lucrécia. Abalada com o ocorrido, Lucrécia retorna à casa dos pais e se esforça para que ninguém descubra que ela foi estuprada.

Juliano se sente comprometido com Lorena, pois ela mente dizendo que está grávida dele. Mas na verdade o filho é de Miguel. Em um de seus momento de loucura, ela finge uma briga com Lucrécia, e se joga da escada, apenas para culpar sua rival. A queda faz com que ela perca o bebê.

Lucrécia finalmente se divorcia de Carmelo. Cheio de ódio e para se vingar de Lucrécia, ele põe fogo no armazém de maçãs que Paulino possui. No exato momento, Paulino estava no depósito e morre por inalação de fumaça. Em seu funeral, Lucrécia desmaia e descobre que está grávida, mas não sabe quem é o pai.

Lorena, inconformada ao ver Juliano e Lucrécia juntos, tenta matá-los. Ela avança com o carro na direção deles, mas eles se desviam a tempo. O carro dela se choca com outro carro, o que a faz sofrer um terrível acidente, que lhe deixa com a metade do rosto desfigurado.

Rosário descobre que Lucrécia foi estuprada e pela primeira vez a apoia, no entanto, quando descobre que sua filha está grávida, pede para que Lucrécia faça um aborto. Carmelo, em fuga da polícia, sequestra Lucrécia, mas Juliano a salva. Enquanto isso, Renata é baleada por acidente e morre no caminho para o hospital. Carmelo é capturado pela polícia e vai para a prisão, onde enlouquece.

Depois de voltar para casa, Lucrécia confronta sua mãe sobre o ódio que sempre demonstrou ter em relação a ela, e ela finalmente admite seu segredo: Lucrécia não é apenas sua filha , mas também é sua irmã, pelo fato de Rosário ter sido estuprada pelo seu próprio pai e ficou grávida de Lucrécia como resultado.

Lucrécia e Juliano se casam. O tempo passa, e Lucrécia dá à luz um filho, a quem ela nomeia de César, homenagem à seu irmão.

Um certo dia, Lucrécia deixa César com Rosário, para que eles possam passar algum tempo para conhecer um ao outro. Depois Lucrécia retorna ao quarto, vê sua mãe, mas não vê o seu filho. No entanto, a mãe deixou o bebê na cama no quarto do irmão de Lucrécia, e vai para o rio onde seu filho morreu e comete suicídio.

Três anos depois, Lucrécia fica à beira do rio e joga duas rosas brancas: uma para seu irmão e outra para a mãe. Apesar de triste com a perda de sua família, ela se une em frente ao rio com seu marido e filho, cujos olhos azuis forte revelam que ele seja filho de Juliano, e os três vivem felizes para sempre.

Produção[editar | editar código-fonte]

Os locais desta história está na cidade colonial de San Cristóbal de las Casas, em Chiapas tendo como pano de fundo algumas belezas naturais da região como El Cañón del Sumidero e a Las Lagunas Monte Bello, atrações turísticas deste estado. Durante as gravações da trama, a atriz Daniela Castro, que viveu a vilã Rosário, sofreu um pequeno acidente e machucou um dos pés. Ela precisou ficar afastada das filmagens por algumas semanas.

A vilã Lorena inicialmente seria interpretada por Ingrid Martz, mais acabou ficando para Vannya Valencia que gravou somente 2 capítulos. Foi substituída por Altair Jarabo.

Personagens[editar | editar código-fonte]

Lucrécia Córdoba Pedrosa É de natureza extrovertida, mais a pressão de sua mãe a deixou retraída. Desde pequena, vive com culpa. Deseja ser livre e independente, mais é insegura e submissa a sua mãe, que a manipula acusando-a pelo morte de seu irmão. Só o amor de Juliano que poderá liberta-la de seus sentimentos de culpa e a necessidade de justificar sua existência para sua mãe.

Juliano Horta Aldama Desde pequeno, sua personalidade é forte. É atraente, ama a vida e sua vocação é o cultivo de terra. Tem uma boa relação com seu pai, mais sente mágoas por ter um caráter tão difícil. Sua mãe é chantagista e frustrada. A tragédia e a desgraça o perseguem e é culpado de tudo, pois o apontam como "o diabo". Para ele, o amor de Lucrécia é a única salvação em um mundo onde somente recebeu injustiça.

Rosário Pedrosa de Córdoba Sempre viveu rodeada de comodidades, por um pai dominador que sempre a fez sentir-se inferior, e agora ela trata igual à sua filha. Rosário acredita firmemente que os homens são os que merecem ser privilegiados e sua frustração é constante. Vive com um ressentimento por sua condição de mulher conservadora e a necessidade de impedir que Lucrécia possa provar que é possível ser uma mulher conservadora com valor autêntico.

Paulino Córdoba É o dono da Fazenda Milagre, herança de seus avós paternos. É trabalhador, honorável e próspero. Se casou muito apaixonado por Rosário, sem saber de sua obsessão por ter filhos homens. Seu desprezo por Lucrécia, a quem Paulino adora, faz com que seu casamento se acabe pouco a pouco até que já não haja mais nada a fazer. Tem uma aventura adultera que o faz sentir culpado e quase destrui-lo. Seu machismo o faz desconfiar de Lucrécia como administradora de seus bens e se arrepende tarde demais.

Rodolfo Horta É um homem de caráter tranquilo e conservador. É o professor da escola do povoado. Nunca foi ambicioso, gosta do trabalho duro. É generoso e solidário, seu caráter é doce, porém também difícil. Se apaixonou por Justina e nunca imaginou que uma mulher tão sensual e atrativa pudesse se interessar por ele. Seus dois filhos são sua felicidade e seu maior orgulho.

Justina Aldama de Horta É exigente, chantagista, ressentida e frustrada. Nunca amou seu marido, mais sabe que ele e seus filhos são as únicas coisas decentes em sua vida, cheia de aventuras amorosas e pecados. Quando começa a perder seu encanto e atração com o gênero masculino, Justina sofre uma mudança drástica e trata de limpar os pecados e as culpas que a cercam, mais não é sincera e sua frustração é ainda maior.

Ramiro Souza Beltrão É um homem disposto a conseguir tudo o que quer. É astuto e hipócrita, sabe enganar aos demais e necessita sentir-se superior aos amigos que o viram crescer, especialmente aqueles que são íntegros. Não é capaz de amar verdadeiramente e sustenta suas relações em paixão, rancor e vingança. Sua principal meta é o poder, sempre o poder.

Carmelo Souza É filho de um pai sínico e sem ética, que cria um monstro pior que ele. Cresce rodeado de todos os privilégios, sentindo que merece tudo sem necessidade de fazer algo para ganha-lo, salvo por suportar as constantes humilhações do pai, a quem detesta e termina matando-o. Carmelo não possui escrúpulos e não é capaz de amar a ninguém. Sempre teve muita inveja de Juliano e por um simples capricho acaba forçando Lucrécia a casar-se com ele.

Renata Valencia É invejosa e ambiciosa por natureza, sua beleza serve para ter o que quer sem ao menos ser capaz de conseguir com seus próprios méritos. Sua prima Lucrécia, é vítima de sua inveja e fará tudo o possível para arrancá-la o que considera valioso. Se apaixona por Carmelo.

Josué Horta Aldama Filho de Rodolfo e Justina. Irmão de Juliano. Tem uma visão equivocada dele mesmo, o que o faz supor que merece tudo sem nenhum esforço. Sente inveja de seu irmão, principalmente pela relação que tem com seu pai, e depois, o amor de Lucrécia, o que o faz optar por uma falsa vocação depois de um acidente que o deixará marcado para sempre. No sacerdócio Josué encontra a “autoridade” moral e pública que em outras circunstâncias nunca chegará a ter.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator Personagem
Maite Perroni Lucrécia Córdoba Pedrosa
Eugenio Siller Juliano Horta Aldama
Daniela Castro Rosário Pedrosa de Córdoba
Armando Araiza Carmelo Souza
Lucía Méndez Inês Valdivia de Souza
Sergio Goyri Ramiro Souza Beltrão
Sabine Moussier Justina Aldama de Horta
Francisco Gattorno Rodolfo Horta
Roberto Blandón Paulino Córdoba
Salvador Sánchez Matias Quiroga
Altair Jarabo Lorena Mendizabal Molina
Vannya Valencia
Jessica Coch Renata Valencia
Tina Romero Assunção Torres
Magda Karina Delfina Solís (Naná)
Ricardo Franco Miguel Mendizabal Molina
Úrsula Prats Matilde Molina viúva de Mendizabal
Gilberto de Anda Fidel Cruz
Antonio Medellín Modesto Flores
Sergio Reynoso Ernesto Mendizabal
Dacia Arcaráz Irene Valenzuela
Rafael Goyri Simón Méndez
Jackie Garcia Branca Quiroga (Branquinha)
Gabriela Carrillo Teresa Souza Valdivia (Teresinha)
María Prado Rita López
Amparo Garrido Maria do Socorro (Socorro)
Diego Amozurrutia Josué Horta Aldama
Aldo Gallardo Manuel Solís
Ana Linares Antonia (Toninha)
Claudio Báez Luciano Ordorica
Laura Carmine Lola
Daniela Aedo Lucrécia Córdoba Pedrosa (1ª Fase)
Adriano Zendejas Juliano Horta Aldama (1ª Fase)
Alejandro Speitzer Carmelo Souza (1ª Fase)
Robin Vega Josué Horta Aldama (1ª Fase)
Alejandro Cervantes Manuel Solís (1ª Fase)
Diego Velázquez César Cordoba Pedrosa (1ª Fase)

Estúdio de Dublagem : Rio Sound Estúdios

Audiência[editar | editar código-fonte]

No Brasil a trama foi lançada com o objetivo de recuperar a audiência perdida após o fim de Cuidado com o Anjo (também protagonizada por Maite Perroni). A novela estreou com 6 pontos de média na grande São Paulo .[3]

A menor audiência da trama é de 2 pontos, alcançada em 4 de julho de 2014. A razão de tão baixa audiência foi a exibição de um dos jogos da seleção brasileira na Copa do Mundo, nesse mesmo dia e horário.

Entre julho e agosto, a audiência da trama ficou oscilando entre 3 e 5 pontos.

No dia 12 de setembro, a trama repete recorde de 6 pontos, e a partir daí, a audiência começou a oscilar entre 5 e 7 pontos.

No dia 28 de outubro, a trama marcou 8 pontos, a maior audiênci durante toda exibição.

Seu último capítulo exibido em 31 de outubro marcou 7 pontos.

A trama teve média de 4.66 pontos na Grande São Paulo.

A trama não superou a audiência de Cuidado com o anjo, que teve média de 6.1 pontos. Mas conseguiu superar a audiência da antecessora Por Ela...Sou Eva, que teve média de 4 pontos. [4]

Censura e corte de cenas[editar | editar código-fonte]

No Brasil, o Ministério da Justiça, órgão responsável pela Classificação Indicativa imposta a todos os programas de TV, advertiu ao SBT de que cenas do folhetim estavam incompatíveis com o selo de “não recomendável para menores de 10 anos” e que a trama poderia ser reclassificada e, consequentemente, obrigada a mudar de horário.

Como resultado, o SBT promoveu diversos cortes e satisfez o órgão, que manteve a classificação e elogiou o fato de Meu Pecado ter eliminado cenas de consumo de drogas lícitas e de conteúdo violento, fatores que não podem ir ao ar no horário em que a novela é veiculada.

Foram excluídas partes da novela como: a cena de amor entre Lucrécia e Juliano (casal protagonista); o abuso de Lucrécia; a forte cena de Rodolfo expulsando sua esposa Justina de casa e ao longo da trama foram cortadas várias cenas de bofetadas entre as personagens.[5]

Apesar dos cortes, a trama conseguiu terminar com o mesmo número de capítulos da sua exibição original.

Trilha Sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha Sonora de Mi Pecado
Álbum de estúdio de Vários Artistas
Gravação 2009 e 2014
Gênero(s) Pop, Pop Latino
Idioma(s) Espanhol, Português
Formato(s) CD
Gravadora(s) EMI Televisa Music
Produção Juan Osorio
Lista de faixas
N.º Título Música Duração
1. "Como se Explica o Amor?" "(tema de abertura no Brasil Brasil)"      
2. "Mi Pecado" "(tema de abertura no México México)"      
3. "Sabes"      
4. "Te Necesito"      
5. "El Amor nos Encontró"   Greys Robles  
6. "El Amor no Soportó"      
7. "Un Nuevo Amanecer"      
8. "No Puedo Dejarte de Amar"      
9. "Inolvidable"      
10. "Cual es mi Pecado"      

Prêmios[editar | editar código-fonte]

Prêmios TVyNovelas de 2010[editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado(a) Resultado
Melhor telenovela Juan Osorio Indicado
Melhor atriz principal Daniela Castro Indicado
Melhor ator principal Sergio Goyri Indicado
Melhor atriz juvenil Maite Perroni Indicado
Melhor revelação feminina Gabriela Carrillo Indicado
Melhor revelação masculina Diego Amozurrutia Indicado
Melhor história ou adaptação Cuauhtémoc Blanco
Mª del Carmen Peña
Venceu
Melhor direção de cena Aurelio Avila
Jorge Fons
Indicado

Prêmios People en Español 2010[editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado(a) Resultado
Melhor telenovela Indicado
Melhor actriz Maite Perroni Indicado
Melhor ator Eugenio Siller Indicado
Melhor vilã Daniela Castro Venceu
Melhor ator/atriz juvenil Eugenio Siller Venceu
Maite Perroni Indicado
Melhor casal Maite Perroni & Eugenio Siller Indicado

Prêmios Bravo 2010[editar | editar código-fonte]

Categoria Pessoa Resultado
Melhor atriz antagonista Daniela Castro Venceu
Melhor ator antagonista Armando Araiza Venceu

Prêmios ACE 2011[editar | editar código-fonte]

Categoria Pessoa Resultado
Melhor co-atuação feminina Daniela Castro Venceu
Melhor co-actuação masculina Armando Araiza Venceu

Reina de las telenovelas 2010[editar | editar código-fonte]

  • Melhor atriz, Maite Perroni

Exibição internacional[editar | editar código-fonte]

Brasil SBT
Equador GamaTV
Panamá Telemetro Panamá
El Salvador TCS
Estados Unidos Univisión[6] [7] e Telefutura
Venezuela Venevisión[8]
Peru América Televisión
Colômbia Canal RCN
República Dominicana Telemicro
Chile Mega/La Red
Sérvia RTV Pink
Montenegro Pink M
Bósnia e Herzegovina Pink BH
Croácia HRT
Espanha Antena.Nova
Guatemala Canal 7
Polónia TV4
Paraguai Telefuturo
Argentina Canal 9
Lituânia LNK.[9]
Bulgária bTV Lady
Geórgia GMG Serial
Quénia Citizen TV
Eslováquia TV Doma
Estónia Kanal 2

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]