Espelho Cristalino (álbum)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Espelho Cristalino
Álbum de estúdio de Alceu Valença
Lançamento 1977
Gravação Maio a Outubro de 1977
Estúdio(s) Sigla (Rio de Janeiro)
Gênero(s) MPB, Rock, forró
Duração 29:45
Formato(s) LP, K7 CD e Download digital
Gravadora(s) Som Livre
Produção Guto Graça Mello
Cronologia de Alceu Valença
Vivo!
(1976)
Saudades de Pernambuco
(1979)

Espelho Cristalino é o quarto álbum do cantor e compositor pernambucano Alceu Valença lançado em 1977 pela gravadora Som Livre. O disco apresenta canções como "A Dança das Borboletas" feita com Zé Ramalho, "Agalopado" e também a faixa-título. Este disco seria o último na gravadora Som Livre até retornar em 1997 com "Sol e Chuva". O disco foi relançado juntamente de Molhado de Suor e de Vivo! em vinil pela Polysom em 2016 em um box especial com toda a fase do cantor nos anos 70 pela gravadora mais o inédito Saudades de Pernambuco gravado no seu auto-exílio em Paris no ano de 1979.

O cantor disse sobre o disco em seu site:

"A faixa-título é inspirada no folclore alagoano. Tem “A dança das borboletas”, em parceria com Zé Ramalho. Zé havia saído da banda para fazer seu próprio trabalho e entramos no estúdio, com Guto Graça Mello. Tudo ia bem até que ele resolveu utilizar um efeito em voz de que não gostei. Sempre tive um cuidado muito grande com minha sonoridade e protestei. Discutimos, ele abandonou a produção e mais uma vez eu conduzi a mixagem até o final. Fiz diversos shows no Rio e saí em turnê no fim daquele ano por várias cidades brasileiras."[1]

Faixas[editar | editar código-fonte]

Todas as faixas são de autoria de Alceu Valença, exceto onde está indicado.

  1. "Agalopado"
  2. "Maria dos Santos" (Alceu Valença e Don Tronxo)
  3. "Anjo de Fogo"
  4. "Veneno" (Alceu Valença e Rodolfo Aureliano)
  5. "Espelho Cristalino" (refrão do folclore alagoano, adaptado por Alceu Valença)
  6. "Eu Sou Você"
  7. "A Dança das Borboletas" (Alceu Valença e Zé Ramalho)
  8. "Sete Léguas"

Músicos[editar | editar código-fonte]

  • Alceu Valença: voz e violão
  • Paulo Rafael: guitarras e viola
  • Herman Torres: viola em "Veneno", "Espelho Cristalino", "Eu Sou Você", "A Dança das Borboletas" e "Sete Léguas"
  • Dicinho: baixo
  • Israel Semente Proibida: bateria
  • Agrício Noya: maracas, bongôs, guizos, triângulo, reco-reco e agogôs
  • Louro: zabumba, agogôs e triângulos
  • Sérgio Mello: triângulo, caxixi e zabumba
  • Beto Saroldi: flautas e pífanos exceto em "Maria dos Santos" e "Espelho Cristalino"
  • Ivinho: viola em "Agalopado", "Maria dos Santos", "Anjo de Fogo" e "Veneno"

Ficha Técnica[2][editar | editar código-fonte]

  • Direção de produção, estúdio, mixagem e Produção Executiva: Guto Graça Mello
  • Gravado em 16 canais nos estúdios Sigla em Maio/Outubro de 1977.
  • Assistente de Produção: Carlos Fernando
  • Arranjos: Alceu Valença e Paulo Rafael
  • Regências e arranjos vocais: Alceu Valença
  • Técnicos de Gravação: Célio Martins e Edu
  • Assistentes de estúdio: Guilherme Pires e João Maria
  • Técnico de mixagem: Célio Martins
  • Fotos e layout: Cafi
  • Coordenação de capa: Vera Roesler
  • Adaptação gráfica: Joel Cocchiararo