Pedro Rabelo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Pedro Rabelo Academia Brasileira de Letras
Nascimento 19 de outubro de 1868
Rio de Janeiro
Morte 27 de dezembro de 1905 (37 anos)
Rio de Janeiro
Nacionalidade  Brasileiro
Ocupação Jornalista, contista e poeta

Pedro Carlos da Silva Rabelo (Rio de Janeiro, 19 de outubro de 1868 — Rio de Janeiro, 27 de dezembro de 1905) foi um jornalista, contista e poeta brasileiro, membro fundador da Academia Brasileira de Letras.

Desde jovem colaborava na imprensa e firmou seu nome como jornalista, participando, antes dos vinte anos, da campanha abolicionista. Estava presente nas rodas boêmias de então e seus amigos mais próximos eram Pardal Mallet, Olavo Bilac e Guimarães Passos. Como todos os do grupo, colaborou em inúmeros jornais. Faleceu com apenas 37 anos, tendo poucas obras publicadas.

Obras[editar | editar código-fonte]

  • Ópera lírica, poesia (1894)
  • Alma alheia, contos (1895)
  • Filhotadas, versos humorísticos (1898)
  • Casos alegres: histórias para gente sorumbática (1905)

Lorbeerkranz.pngAcademia Brasileira de Letras[editar | editar código-fonte]

Partícipe das reuniões de instalação da Academia Brasileira de Letras, fundou a cadeira 30, indicando como seu patrono o amigo de todas as horas, Pardal Mallet, que falecera dois anos antes.

Referências[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Precedido por
Pardal Mallet
(patrono)
Lorbeerkranz.png ABL - fundador da cadeira 30
1897 — 1905
Sucedido por
Heráclito Graça