Ataulfo de Paiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Ataulfo de Paiva Academia Brasileira de Letras
Eurico Gaspar Dutra e Ataulfo de Paiva
Nascimento 1 de fevereiro de 1867
São João Marcos,  Rio de Janeiro
Morte 8 de maio de 1955 (88 anos)
Rio de Janeiro, Bandeira do Distrito Federal (Brasil) (1891–1960).gif Distrito Federal
Nacionalidade brasileiro
Ocupação Advogado, magistrado e orador

Ataulfo Nápoles de Paiva ComSEGOSEGCSE (São João Marcos, 1 de fevereiro de 1867Rio de Janeiro, 8 de maio de 1955) foi um advogado, magistrado e orador brasileiro.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Diplomado pela Faculdade de Direito de São Paulo, exerceu o cargo de juiz municipal em Pindamonhangaba, juiz do Tribunal Civil e Criminal na cidade do Rio de Janeiro, desembargador e presidente do Tribunal de Apelação, ministro do Supremo Tribunal Federal, presidente do Conselho Nacional do Trabalho, entre outras funções públicas. Também foi um dos fundadores Liga Brasileira contra a Tuberculose e membro do instituto Histórico e Geográfico do Rio de Janeiro, além do Conselho Nacional do Serviço Social e da Academia Fluminense de Letras[1].

A 24 de Março de 1920 foi feito Comendador da Ordem Militar de Sant'Iago da Espada,a 15 de Abril de 1921 foi elevado a Grande-Oficial da mesma Ordem de Portugal e a 18 de Fevereiro de 1935 foi elevado a Grã-Cruz da mesma Ordem de Portugal.[2]

Olivenkranz.pngAcademia Brasileira de Letras[editar | editar código-fonte]

Foi membro da Academia Brasileira de Letras, eleito em 9 de dezembro de 1916 para suceder na cadeira 25 o acadêmico Artur Orlando da Silva.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Histórias das Ruas de São Paulo - Rua Ataulfo de Paiva - Vila Matilde Dicionário de Ruas
  2. «Cidadãos Estrangeiros Agraciados com Ordens Portuguesas». Resultado da busca de "Ataulfo Nápoles de Paiva". Presidência da República Portuguesa. Consultado em 3 de abril de 2016 
Precedido por
Artur Orlando da Silva
Olivenkranz.png ABL - terceiro acadêmico da cadeira 25
1916 — 1955
Sucedido por
José Lins do Rego
Precedido por
Laudelino Freire
Presidente da Academia Brasileira de Letras
1937
Sucedido por
Cláudio de Sousa
Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.