Campeonato Brasileiro de Futebol de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
LIII Campeonato Brasileiro de Futebol
Brasileirão 2009
Dados
Participantes 99
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 9 de maio6 de dezembro
Gol(o)s 2833
Jogos 1012
Média 2,8 gol(o)s por partida
Campeão Rio de Janeiro Flamengo (5° título)
Vice-campeão Rio Grande do Sul Internacional
Melhor marcador 19 gols:
Outras divisões
Série B Rio de Janeiro Vasco da Gama
Série C Minas Gerais América Mineiro
Série D Pará São Raimundo-PA
◄◄ Brasil Brasileirão 2008 Soccerball.svg Brasileirão 2010 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 2009 teve início em maio terminou em dezembro de 2009. Pela primeira vez, o Campeonato Brasileiro de Futebol teve uma quarta divisão (Série D). O torneio foi organizado pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Série A[editar | editar código-fonte]

Foi disputada em turno e returno, com 20 clubes. Os quatro primeiros colocados obtiveram classificação para a Copa Libertadores da América de 2010. Os clubes que terminaram entre a 5ª e a 12ª posição, participaram da Copa Sul-americana de 2010. Os quatro últimos foram rebaixados para a Série B do ano seguinte. O torneio começou a ser disputado em 9 de maio e terminou em 6 de dezembro.

O título e as vagas na Copa Libertadores só foram definidos na última rodada. O Flamengo precisava de uma vitória sobre o Grêmio, no Maracanã, para conquistar o título brasileiro depois de 17 anos, resultado que se confirmou com os 2 a 1.[1] Internacional e São Paulo, que também lutavam pelo título, ficaram com as vagas na Copa Libertadores, além do Cruzeiro.[2] O Corinthians já estava classificado antecipadamente por ter conquistado a Copa do Brasil.

Palmeiras, Avaí, Atlético Mineiro, Grêmio, Goiás, Grêmio Barueri, Santos e Vitória classificaram-se para a Copa Sul-americana.

Entre os clubes rebaixados para a Série B, o Sport foi o primeiro a confirmar a queda após empatar em 2 a 2 com o Palmeiras em 11 de novembro.[3] Na penúltima rodada, o Náutico tornou-se a segunda equipe rebaixada após perder para o Santo André por 5 a 3..[4] Na última rodada caíram os outros dois clubes: o Santo André, após derrota para o Internacional por 4 a 1, e o Coritiba, após o empate em 1 a 1 contra o Fluminense.[5] [6]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Mapa com os estados participantes da Série A e a quantidade de equipes de cada estado.
Clube Cidade/Estado Temporada 2008
Atlético Mineiro Belo Horizonte, Minas Gerais 12º colocado na Série A
Atlético Paranaense Curitiba, Paraná 13º colocado na Série A
Avaí Florianópolis, Santa Catarina 3º colocado na Série B
Barueri Barueri, São Paulo 4º colocado na Série B
Botafogo Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 7º colocado na Série A
Corinthians São Paulo, São Paulo Campeão da Série B
Coritiba Curitiba, Paraná 9º colocado na Série A
Cruzeiro Belo Horizonte, Minas Gerais 3º colocado na Série A
Flamengo Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 5º colocado na Série A
Fluminense Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 14º colocado na Série A
Goiás Goiânia, Goiás 8º colocado na Série A
Grêmio Porto Alegre, Rio Grande do Sul Vice-campeão da Série A
Internacional Porto Alegre, Rio Grande do Sul 6º colocado na Série A
Náutico Recife, Pernambuco 16º colocado na Série A
Palmeiras São Paulo, São Paulo 4º colocado na Série A
Santo André Santo André, São Paulo Vice-campeão da Série B
Santos Santos, São Paulo 15º colocado na Série A
São Paulo São Paulo, São Paulo Campeão na Série A
Sport Recife, Pernambuco 11º colocado na Série A
Vitória Salvador, Bahia 10º colocado na Série A

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Série A
Times Pts J V E D GP GC SG %
1 Rio de Janeiro Flamengo 67 38 19 10 9 58 44 +14 59
2 Rio Grande do Sul Internacional 65 38 19 8 11 65 44 +21 57
3 São Paulo São Paulo 65 38 18 11 9 57 42 +15 57
4 Minas Gerais Cruzeiro 62 38 18 8 12 58 53 +5 54
5 São Paulo Palmeiras 62 38 17 11 10 58 45 +12 54
6 Santa Catarina Avaí 57 38 15 12 11 61 52 +9 50
7 Minas Gerais Atlético Mineiro 56 38 16 8 14 55 56 -1 49
8 Rio Grande do Sul Grêmio 55 38 15 10 13 67 46 +21 48
9 Goiás Goiás 55 38 15 10 13 64 65 -1 48
10 São Paulo Corinthians 52 38 14 10 14 50 54 -4 46
11 São Paulo Grêmio Barueri 49 38 12 13 13 59 52 +7 43
12 São Paulo Santos 49 38 12 13 13 58 58 0 43
13 Bahia Vitória 48 38 13 9 16 51 57 -6 42
14 Paraná Atlético Paranaense 48 38 13 9 16 42 49 -7 42
15 Rio de Janeiro Botafogo 47 38 11 14 13 52 58 -6 41
16 Rio de Janeiro Fluminense 46 38 11 13 14 49 56 -7 40
17 Paraná Coritiba 45 38 12 9 17 48 60 -12 39
18 São Paulo Santo André 41 38 11 8 20 47 65 -12 36
19 Pernambuco Náutico 38 38 10 8 20 48 71 -23 33
20 Pernambuco Sport 31 38 7 10 21 48 71 -23 27
Pts – Pontos ganhos; J – Jogos; V - Vitórias; E - Empates; D - Derrotas;
GP – Gols pró; GC – Gols contra; SG – Saldo de gols; % - Aproveitamento de pontos
Classificados à segunda fase da Libertadores de 2010
Classificados à primeira fase da Libertadores de 2010
Classificados à Sul-americana de 2010
Rebaixados à Série B de 2010
O Corinthians tinha vaga garantida na Libertadores de 2010 por ser campeão da Copa do Brasil de 2009.
Campeão Brasileiro 2009
Série A
Rio de Janeiro
FLAMENGO
(5º título)

Série B[editar | editar código-fonte]

A Série B de 2009 foi disputada nos mesmos moldes da Série A, com 20 clubes jogando entre si em turno e returno. Teve início em maio e fim em novembro. Os quatro clubes que mais somaram pontos ao final dos confrontos ascenderam à Série A do ano seguinte e as quatro agremiações que terminaram com o menor número de pontos foram rebaixadas para a Série C de 2010. Os times promovidos foram Vasco da Gama, que também ficou com o título do certame, Guarani, Ceará e Atlético Goianiense. Juventude, Fortaleza, Campinense e ABC foram as equipes rebaixadas para a Série C.

O Vasco da Gama garantiu seu acesso na 34ª rodada, ao vencer o Juventude no Estádio do Maracanã, por 2 a 1.[7] O título veio na 36ª rodada, com a vitória sobre o América de Natal, também por 2 a 1, no Maracanã.[8] Já Guarani, Ceará e Atlético Goianiense garantiram o retorno à elite do futebol brasileiro na mesma rodada, a 37ª.[9] O Guarani, mesmo com a derrota para o Bahia por 2 a 0, em Salvador, beneficiou-se de outros resultados e conquistou o acesso. Ao vencer a Ponte Preta por 2 a 1, em Campinas, o Ceará comemorou sua volta. Assim como o Atlético Goianiense, que derrotou o Juventude por 3 a 1, em Caxias do Sul, e garantiu o acesso.[9]

Na parte de baixo da tabela, o ABC foi a primeira equipe matematicamente rebaixada à Série C, após derrota para o Duque de Caxias por 2 a 1.[10] Em seguida, o Campinense não conseguiu evitar a queda com a derrota sofrida para o Paraná por 3 a 0, em Curitiba.[11] A terceira equipe rebaixada foi o Fortaleza, após perder em casa para o São Caetano por 2 a 1.[12] A definição do último clube rebaixado aconteceu na última rodada: foi o Juventude, que não conseguiu superar o Guarani, em Campinas, e perdeu por 2 a 1.[13]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Mapa com os estados participantes da Série B e a quantidade de equipes de cada estado.
Clube Cidade/Estado Temporada 2008
ABC Natal, Rio Grande do Norte 13º colocado na Série B
América Natal, Rio Grande do Norte 15º colocado na Série B
Atlético Goianiense Goiânia, Goiás Campeão da Série C
Bahia Salvador, Bahia 10º colocado na Série B
Bragantino Bragança Paulista, São Paulo 7º colocado na Série B
Brasiliense Taguatinga, Distrito Federal 14º colocado na Série B
Campinense Campina Grande, Paraíba, 3º colocado na Série C
Ceará Fortaleza, Ceará 12º colocado na Série B
Duque de Caxias Duque de Caxias, Rio de Janeiro 4º colocado na Série C
Figueirense Florianópolis, Santa Catarina 17º colocado na Série A
Fortaleza Fortaleza, Ceará 16º colocado na Série B
Guarani Campinas, São Paulo Vice-campeão da Série C
Ipatinga Ipatinga, Minas Gerais 20º colocado na Série A
Juventude Caxias do Sul, Rio Grande do Sul 8º colocado na Série B
Paraná Curitiba, Paraná 11º colocado na Série B
Ponte Preta Campinas, São Paulo 5º colocado na Série B
Portuguesa São Paulo, São Paulo 19º colocado na Série A
São Caetano São Caetano do Sul, São Paulo 9º colocado na Série B
Vasco da Gama Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 18º colocado na Série A
Vila Nova Goiânia, Goiás 6º colocado na Série B

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Série B
Times Pts J V E D GP GC SG %
1 Rio de Janeiro Vasco da Gama 76 38 22 10 6 58 29 +29 67
2 São Paulo Guarani 69 38 21 6 11 55 51 +4 61
3 Ceará Ceará 68 38 19 11 8 54 34 +20 60
4 Goiás Atlético Goianiense 65 38 20 5 13 73 53 +20 57
5 São Paulo Portuguesa 62 38 18 8 12 53 45 +8 54
6 Santa Catarina Figueirense 60 38 19 3 16 64 51 +13 53
7 São Paulo São Caetano 54 38 15 9 14 52 38 +14 47
8 Rio de Janeiro Duque de Caxias 54 38 15 9 14 55 55 0 47
9 São Paulo Bragantino 53 38 15 8 15 52 51 +1 46
10 Paraná Paraná 53 38 14 11 13 51 56 -5 46
11 São Paulo Ponte Preta 52 38 14 10 14 62 55 +7 46
12 Bahia Bahia 51 38 14 9 15 52 53 -1 45
13 Goiás Vila Nova 49 38 14 7 17 42 59 -17 43
14 Distrito Federal (Brasil) Brasiliense 48 38 14 6 18 45 56 -11 42
15 Minas Gerais Ipatinga 48 38 12 12 14 43 50 -7 42
16 Rio Grande do Norte América de Natal 46 38 13 7 18 49 61 -12 40
17 Rio Grande do Sul Juventude 44 38 12 8 18 46 50 -4 39
18 Ceará Fortaleza 38 38 10 8 20 56 64 -8 33
19 Paraíba Campinense 37 38 11 4 23 54 79 -25 32
20 Rio Grande do Norte ABC 35 38 10 5 23 40 66 -26 31
Pts – pontos ganhos; J – jogos; V - vitórias; E - empates; D - derrotas;
GP – gols-pró; GC – gols-contra; SG – saldo de gols; % – aproveitamento de pontos;
Promovidos à Série A de 2010
Rebaixados à Série C de 2010
Campeão Brasileiro 2009
Série B
Rio de Janeiro
VASCO DA GAMA
(1º título)

Série C[editar | editar código-fonte]

Mapa com os estados participantes da Série C e a quantidade de equipes de cada estado.

Pela primeira vez na história dessa competição, foi disputada por apenas 20 equipes. Os clubes foram divididos em quatro grupos regionalizados com 5 clubes cada, os quais jogaram em turno e returno dentro de seus respectivos grupos. Após essa primeira fase, os dois primeiros colocados de cada grupo classificaram-se para as fases eliminatórias, disputadas no sistema de "mata-mata", até a definição do campeão da Série C. Os quatro semifinalistas subiram à Série B de 2010 e o último colocado de cada grupo da primeira fase caiu à Série D do ano seguinte.

Ao final da primeira fase, as equipes Sampaio Côrrea, Confiança, Mixto e Marcílio Dias finalizaram na última posição de seus grupos e caíram para a Série D em 2010.[14]

Entre as equipes classificadas as quartas-de-final, os vencedores dos confrontos já assegurariam as vagas para a Série B 2010. ASA, Icasa, América Mineiro e Guaratinguetá superaram seus adversários e com o acesso garantido, seguiram na disputa pelo título de campeão brasileiro da Série C.[15]

A final foi disputada entre o América Mineiro, que eliminou o Guaratinguetá na semifinal nos pênaltis,[16] e pelo ASA, vitorioso no duelo anterior contra o Icasa.[16] No primeiro jogo da final, em Arapiraca, vitória mineira por 3 a 1.[17] A confirmação do título ao América veio após nova vitória no jogo de volta por 1 a 0, totalizando 4 a 1 no placar agregado.[18] Foi a primeira das quatro divisões a se encerrar, em 19 de setembro.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Cidade/Estado Temporada 2008
Águia Marabá, Pará 5º colocado na Série C
América Mineiro Belo Horizonte, Minas Gerais 20º colocado na Série C
ASA Arapiraca, Alagoas 11º colocado na Série C
Brasil Pelotas, Rio Grande do Sul 6º colocado na Série C
Caxias Caxias do Sul, Rio Grande do Sul 19º colocado na Série C
Confiança Aracaju, Sergipe 7º colocado na Série C
CRB Maceió, Alagoas 20º colocado na Série B
Criciúma Criciúma, Santa Catarina 18º colocado na Série B
Gama Gama, Distrito Federal 19º colocado na Série B
Guaratinguetá Guaratinguetá, São Paulo 9º colocado na Série C
Icasa Juazeiro do Norte, Ceará 18º colocado na Série C
Ituiutaba Ituiutaba, Minas Gerais 10º colocado na Série C
Luverdense Lucas do Rio Verde, Mato Grosso 16º colocado na Série C
Marcílio Dias Itajaí, Santa Catarina 13º colocado na Série C
Marília Marília, São Paulo 17º colocado na Série B
Mixto Cuiabá, Mato Grosso 15º colocado na Série C
Paysandu Belém, Pará 12º colocado na Série C
Rio Branco Rio Branco, Acre 8º colocado na Série C
Salgueiro Salgueiro, Pernambuco 14º colocado na Série C
Sampaio Corrêa São Luís, Maranhão 17º colocado na Série C

Fase final[editar | editar código-fonte]

Quartas-de-final Semifinais Final
        
                                     
 Acre Rio Branco 1 2 3  
 Alagoas ASA 1 2 3  
   Alagoas ASA 1 3 4  
   Ceará Icasa 1 2 3  
 Ceará Icasa 1 6 7
 Pará Paysandu 1 2 3  
   Alagoas ASA 1 0 1
   Minas Gerais América Mineiro 3 1 4
 Minas Gerais América Mineiro 0 3 3  
 Rio Grande do Sul Brasil de Pelotas 0 1 1  
   Minas Gerais América Mineiro 1 2 3 (7)
   São Paulo Guaratinguetá 2 1 3 (6)
 Rio Grande do Sul Caxias 0 1 1
 São Paulo Guaratinguetá 2 1 3
Campeão Brasileiro 2009
Série C
Minas Gerais
AMÉRICA MINEIRO
(1º título)

Série D[editar | editar código-fonte]

Mapa com a distribuição de clubes da Série D 2009.

Criada em 2008, foi disputada pela primeira vez na história. Contou com 39 clubes de todos os Estados brasileiros, exceto o Acre que não indicou nenhum representante,[19] classificados através dos Campeonatos Estaduais de 2009.

Para a edição inaugural a disputa foi composta de uma fase de grupos e as seguintes eliminatórias até se chegar ao campeão:

  • Primeira fase - Nesta fase, os 39 clubes foram divididos em nove grupos de quatro equipes cada e um grupo com três equipes, com jogos em turno e returno dentro dos grupos. Os dois primeiros colocados de cada um dos grupos se clasificaram à segunda fase.
  • Segunda fase - As 20 equipes restantes se dividiram em dez grupos de duas equipes cada, com partidas de ida e volta. Os vencedores de cada grupo se classificaram à terceira fase.
  • Terceira fase - As 10 equipes restantes se dividiram em cinco grupos de duas equipes cada, com partidas de ida e volta. Os vencedores de cada grupo, mais os três melhores dos cinco perdedores, se classificaram à fase final.
  • Fase final - Começando pelas quartas-de-final, nesta fase, as oito equipes classificadas se dividiram em quatro chaves com duas equipes cada com partidas de ida e volta, passando para às semifinais os ganhadores de cada chave. Os ganhadores das duas semifinais disputaram a grande final. As quatro equipes classificadas às semifinais garantiram acesso à Série C em 2010.

Alecrim, Chapecoense, Macaé e São Raimundo alcançaram as semifinais e garantiram a promoção à Série C de 2010, passando então a se definir quem ficaria com o título de primeiro campeão da Série D.[20]

Nas semifinais, o Macaé passou pela Chapecoense com placares de 0 a 2 e 3 a 2, e classificou-se para a final a ser disputada contra o São Raimundo, vencedor no confronto contra o Alecrim com 5 a 3 no resultado agregado.[21]

O primeiro jogo da final foi realizado no Estádio Raulino de Oliveira, em Volta Redonda, sob mando do Macaé que saiu vitorioso por 3 a 2.[22] Na partida de volta no Colosso dos Tapajós, em Santarém, o São Raimundo venceu por 2 a 1, mesma diferença de gols, mais ficou com o título devido a regra do gol fora de casa (2 contra 1).[23]

Participantes[editar | editar código-fonte]

Fase final[editar | editar código-fonte]

Quartas-de-final Semifinais Final
        
                                     
 Mato Grosso Araguaia 1 1 2  
 Santa Catarina Chapecoense (gv) 2 0 2  
   Santa Catarina Chapecoense 0 3 3  
   Rio de Janeiro Macaé 2 2 4  
 Minas Gerais Tupi 3 1 4
 Rio de Janeiro Macaé (gv) 2 2 4  
   Rio de Janeiro Macaé 3 1 4
   Pará São Raimundo-PA (gv) 2 2 4
 Amapá Cristal 1 0 1  
 Pará São Raimundo-PA 1 2 3  
   Pará São Raimundo-PA 3 2 5
   Rio Grande do Norte Alecrim 1 2 3
 Rio Grande do Norte Alecrim 1 1 2
 Minas Gerais Uberaba 0 1 1
Campeão Brasileiro 2009
Série D
Pará
SÃO RAIMUNDO
Campeão
(1º título)

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. GloboEsporte.com (6 de dezembro de 2009). Na cabeça de Angelim, Flamengo encontra o alívio e conquista o hexa (em português). Página visitada em 7 de dezembro de 2009.
  2. UOL Esporte (6 de dezembro de 2009). Fla, Inter e Cruzeiro podem encarar argentinos, e São Paulo verá algoz na Libertadores (em português). Página visitada em 7 de dezembro de 2009.
  3. UOL Esporte (11 de novembro de 2009). Palmeiras arranca empate sofrido, retoma liderança e rebaixa Sport (em português). Página visitada em 7 de dezembro de 2009.
  4. UOL Esporte (29 de novembro de 2009). Em jogo de oito gols, Santo André rebaixa Náutico e ganha sobrevida (em português). Página visitada em 7 de dezembro de 2009.
  5. GloboEsporte.com (6 de dezembro de 2009). Inter vence e sente o gosto do título, mas fica com o vice do Brasileirão (em português). Página visitada em 7 de dezembro de 2009.
  6. GloboEsporte.com (6 de dezembro de 2009). Revoltados, torcedores do Coritiba partem para a violência no Couto Pereira (em português). Página visitada em 7 de dezembro de 2009.
  7. GloboEsporte.com (7 de novembro de 2009). Com muita festa no Maracanã, Vasco vence o Juventude e volta à Série A (em português). Página visitada em 8 de novembro de 2009.
  8. GloboEsporte.com (13 de novembro de 2009). Time da virada, Vasco vence o América-RN e conquista título da Série B (em português). Página visitada em 14 de novembro de 2009.
  9. a b UOL Esporte (21 de novembro de 2009). Rodada da Série B define retornos históricos à elite; queda está em aberto (em português). Página visitada em 21 de novembro de 2009.
  10. UOL Esporte (10 de novembro de 2009). ABC perde para o Duque de Caxias e se torna o 1º rebaixado para a Série C (em português). Página visitada em 11 de novembro de 2009.
  11. UOL Esporte (13 de novembro de 2009). Campinense perde por 3 a 0 para o Paraná e está rebaixado para a Série C (em português). Página visitada em 14 de novembro de 2009.
  12. UOL Esporte (21 de novembro de 2009). Fortaleza perde no Castelão e não evita queda para a Série C (em português). Página visitada em 21 de novembro de 2009.
  13. UOL Esporte (28 de novembro de 2009). Juventude perde do Guarani e está rebaixado para a Série C (em português). Página visitada em 21 de novembro de 2009.
  14. UOL Esporte (2 de agosto de 2009). Mixto, de Finazzi, cai para Série D; rodada define classificados e rebaixados (em português). Página visitada em 20 de setembro de 2009.
  15. UOL Esporte (16 de agosto de 2009). Guaratinguetá, América-MG, Icasa e ASA garantem acesso à Série B de 2010 (em português). Página visitada em 20 de setembro de 2009.
  16. a b UOL Esporte (30 de agosto de 2009). América-MG e ASA-AL garantem vaga e fazem a final da Série C (em português). Página visitada em 20 de setembro de 2009.
  17. UOL Esporte (13 de setembro de 2009). Ex-seleção, Evanílson marca e América-MG abre vantagem na final da Série C (em português). Página visitada em 20 de setembro de 2009.
  18. GloboEsporte.com (19 de setembro de 2009). América-MG é o campeão da Série C (em português). Página visitada em 20 de setembro de 2009.
  19. A Gazeta (5 de junho de 2009). Agora é oficial: Acre está fora do Brasileiro da série D (em português). Página visitada em 6 de junho de 2009.
  20. UOL Esporte (27 de setembro de 2009). São Raimundo, Macaé, Chapecoense e Alecrim garantem vaga na Série C (em português). Página visitada em 27 de setembro de 2009.
  21. UOL Esporte (18 de outubro de 2009). São Raimundo-PA e Macaé-RJ fazem final da Série D (em português). Página visitada em 2 de novembro de 2009.
  22. UOL Esporte (25 de outubro de 2009). De virada, Macaé vence São Raimundo e fica a um empate do título da Série D (em português). Página visitada em 2 de novembro de 2009.
  23. GloboEsporte.com (1 de novembro de 2009). São Raimundo-PA vence Macaé de virada e conquista o título da Série D (em português). Página visitada em 2 de novembro de 2009.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]