Fabio Faria

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde maio de 2016) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Nota: Se procura o futebolista português, consulte: Fábio Faria.
Fábio Faria
Deputado federal do  Rio Grande do Norte
Período 1 de fevereiro de 2007
até a atualidade
Dados pessoais
Nascimento 1 de setembro de 1977 (40 anos)
Brasão de Natal.svgNatal
Partido PMN (2005-2011)
PSD (2011-atualidade)
Religião Judaismo
Profissão Administrador de empresas
Website fabiofaria.com.br
linkWP:PPO#Brasil

Fábio Salustino Mesquita de Faria (Natal, 1 de setembro de 1977) é um administrador e político brasileiro. Filiado ao PSD, é deputado federal do Rio Grande do Norte.[1] É filho de Robinson Faria, Governador do Estado, e é casado com a apresentadora Patrícia Abravanel.[2][3]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Graduado em administração de empresas, formado pela Universidade Potiguar (UnP), é filho de Robinson Faria, atual governador do Rio Grande do Norte, e de Maria Nina Salustino.[4]

Fábio é casado com a apresentadora Patrícia Abravanel com quem tem um filho, Pedro.[5][6] Antes da apresentadora, namorou com a atriz Priscila Fantin, a apresentadora Adriane Galisteu e com a modelo, ex-BBB e a também apresentadora Sabrina Sato.[7][8]

Atuação na política[editar | editar código-fonte]

Com base política no seu estado de origem, chegou ao Congresso Nacional brasileiro antes de completar 30 anos de idade. Foi eleito em 2006 para o primeiro mandato de deputado federal, com 195.148 votos, o que representou 12,02% dos votos válidos para o cargo, assumindo o primeiro lugar entre os oito representantes do Estado.

Coordenou, desde 2008, a bancada federal do Rio Grande do Norte, que incluía ainda três senadores. Em dois anos de legislatura, defendeu enfaticamente as bandeiras do turismo e do esporte, e participou de comissões dessas duas áreas, além de ter atuado nas de finanças e tributação, tributação e desporto, e ser titular da comissão especial que altera a Lei Pelé.

Fábio Faria liderou o seu partido no período de fevereiro a setembro de 2008, quando também foi vice-líder do bloco integrado por Partido Socialista Brasileiro (PSB), Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Partido da Mobilização Nacional (PMN) e Partido Republicano Brasileiro (PRB).

Em 2009 teve seu nome citado no escândalo da Farra das Passagens, onde deputados teriam usado a cota de passagens aéreas bancadas pelo dinheiro público para fins pessoais. Fábio teria usado a cota para enviar passagens para os atores Kayky Brito, Sthefany Brito e Samara Felippo participarem do carnaval fora de época em Natal, do qual ele possui um camarote muito frequentado pelas celebridades. Também utilizou a cota parlamentar para pagar sete viagens para a ex-namorada, a apresentadora de televisão Adriane Galisteu, e a mãe dela, Emma Galisteu, entre 2007 e 2008.

Presidiu a Frente Parlamentar Mista de Combate ao Crack, com integrantes da Câmara e do Senado Federal.

No dia 3 de outubro de 2010 foi reeleito o quarto mais votado do estado com 156.688 votos.

Saiu do PMN e atualmente integra da bancada do Partido Social Democrático (PSD), partido fundado por Gilberto Kassab.

Em 2013 foi eleito segundo vice-presidente da Câmara dos Deputados, cargo do PSD, o qual disputou com o deputado Júlio César em plenário, e venceu a disputa. Passou a integrar a prestigiada mesa diretora da casa. O cargo tem 2 anos de mandato, terminando em 4 de fevereiro de 2015. Nesse período, Fábio Faria chegou a ocupar a presidência da Câmara por 13 dias.

Em 2014 disputou a reeleição para deputado federal pelo PSD, tendo sido eleito com 166.427 votos - terceiro mais votado do Rio Grande do Norte.

É o autor da lei 13.111 de 2015, que obriga concessionárias a informarem ao comprador a situação de regularidade dos carros e motos, novos e usados, informando eventuais multas, impostos e taxas a pagar, etc.[9]

Em abril de 2016 Fábio Faria votou a favor do Processo de impeachment de Dilma Rousseff.[10] Em abril de 2017 foi favorável à Reforma Trabalhista.[10] [11] Em agosto de 2017 votou contra o processo em que se pedia abertura de investigação do então presidente Michel Temer, ajudando a arquivar a denúncia do Ministério Público Federal.[10][12]


No final do ano e início de 2017, diante da crise penitenciária nacional (que também eclodiu no Rio Grande do Norte), o deputado reforçou parte da atenção de seu mandato para a área da Segurança, destinando emendas parlamentares para a equipar a polícia e a Segurança Pública em geral, e sugerindo projetos de lei como a obrigação da instalação de bloqueadores de sinal de celular nas penitenciárias do país.

Recentemente, Fábio Faria integrou a Comissão Especial da PEC 304/2017, conhecida como a PEC da Vaquejada, e foi um dos parlamentares nordestinos a defender a tradição votando, em primeiro e segundo turnos, pela aprovação do projeto. A Casa aprovou o texto por 373 votos a 50.

Atualmente, é titular da Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática da Câmara.

Referências

  1. «Conheça os Deputados». Portal da Câmara dos Deputados. Consultado em 11 de agosto de 2017 
  2. «Dos oito deputados federais eleitos no RN, seis são 'herdeiros políticos'». Eleições 2014 no Rio Grande do Norte. 7 de outubro de 2014 
  3. «Patricia Abravanel e Fábio Faria se casam; Veja como foi a festa - Fotos - R7 TV e Entretenimento». diversao.r7.com. Consultado em 11 de agosto de 2017 
  4. «Revista Crescer - EDT MATERIA IMPRIMIR - Fabio Faria, deputado e gato». revistacrescer.globo.com. Consultado em 11 de agosto de 2017 
  5. «Patricia Abravanel se casa em São Paulo e reúne famosos; Saiba detalhes». revistaquem.globo.com 
  6. Redação, Da. «Patricia Abravanel dá à luz ao primeiro filho com o deputado Fábio Faria - CORREIO | O QUE A BAHIA QUER SABER». CORREIO | O QUE A BAHIA QUER SABER 
  7. «Sabrina Sato termina namoro com Fábio Faria». Ego 
  8. IstoeGente.com.br. «ISTOÉ Gente :: O novo amor de Priscila FantinJuntos há dois meses, atriz e o deputado federal Fábio Faria assumem romance para amigos e familiares :: Celebridades». www.terra.com.br. Consultado em 11 de agosto de 2017 
  9. «Nova lei para a venda de carros e motos começa a valer nesta segunda-feira». Zero Hora. 24 de maio de 2015. Consultado em 11 de agosto de 2017 
  10. a b c G1 (2 de agosto de 2017). «Veja como deputados votaram no impeachment de Dilma, na PEC 241, na reforma trabalhista e na denúncia contra Temer». Consultado em 11 de outubro de 2017 
  11. Redação (27 de abril de 2017). «Reforma trabalhista: como votaram os deputados». Consultado em 18 de setembro de 2017 
  12. Carta Capital (3 de agosto de 2017). «Como votou cada deputado sobre a denúncia contra Temer». Consultado em 18 de setembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]