Lista de microrregiões de Santa Catarina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa de Santa Catarina mostrando suas microrregiões. Numeração conforme a tabela.

O estado de Santa Catarina, entre 1989 e 2017, foi divido geograficamente pelo IBGE em 20 microrregiões.[1]

Em 2017, o IBGE extinguiu as microrregiões e mesorregiões, criando um novo quadro regional brasileiro, com novas divisões geográficas denominadas, respectivamente, regiões geográficas imediatas e regiões geográficas intermediárias.[2]

Microrregiões de Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

Microrregião Número de Municípios População (2016) Mesorregião
1. Araranguá 15 196.681 Sul Catarinense
2. Blumenau 15 770.208 Vale do Itajaí
3. Campos de Lages 18 287.951 Serrana
4. Canoinhas 12 254.609 Norte Catarinense
5. Chapecó 38 439.032 Oeste Catarinense
6. Concórdia 15 146.847 Oeste Catarinense
7. Criciúma 11 403.016 Sul Catarinense
8. Curitibanos 12 127.994 Serrana
9. Florianópolis 9 1.019.669 Grande Florianópolis
10. Itajaí 12 684.847 Vale do Itajaí
11. Ituporanga 7 59.470 Vale do Itajaí
12. Joaçaba 27 346.353 Oeste Catarinense
13. Joinville 11 959.345 Norte Catarinense
14. Rio do Sul 20 222.223 Vale do Itajaí
15. São Bento do Sul 3 135.712 Norte Catarinense
16. São Miguel do Oeste 21 179.680 Oeste Catarinense
17. Tabuleiro 5 25.144 Grande Florianópolis
18. Tijucas 7 107.302 Grande Florianópolis
19. Tubarão 20 382.985 Sul Catarinense
20. Xanxerê 17 161.242 Oeste Catarinense

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1990). «Divisão regional do Brasil em mesorregiões e microrregiões geográficas» (PDF). Biblioteca IBGE. 1: 112–116. Consultado em 12 de dezembro de 2018. Cópia arquivada (PDF) em 12 de dezembro de 2018 
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (2017). «Divisão Regional do Brasil». Consultado em 12 de dezembro de 2018. Cópia arquivada em 12 de dezembro de 2018