Pandemia de COVID-19 na Espanha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ver artigo principal: Pandemia de COVID-19 na Europa
Pandemia de COVID-19 na Espanha
COVID-19 Cases in Spain by Community.svg
Número de casos confirmados por 100 milhões de habitantes por comunidade autônoma
Doença COVID-19
Agente infeccioso SARS-CoV-2
Data de início 31 de janeiro de 2020
Localidade Espanha
País Espanha
Estatísticas Globais
Casos confirmados 13 595 504 (25 novembro 2022)[1]
Mortes 115 901 (25 novembro 2022)[1]

A pandemia de COVID-19 na Espanha, que faz parte da pandemia de COVID-19 causada pelo coronavírus da síndrome respiratória aguda grave 2 (SARS-CoV-2), teve início em 31 de janeiro de 2020, quando foi confirmado que o vírus se espalhou pelo país quando um turista alemão testou positivo para a doença em La Gomera, Ilhas Canárias.[4] A análise genética post-hoc mostrou que pelo menos quinze cepas do vírus foram importadas e a transmissão comunitária começou em meados de fevereiro.[5] Em 13 de março, os casos haviam sido confirmados em todas as cinquenta províncias do país.

Um lockdown foi imposto em 14 de março de 2020.[6] Em 29 de março, foi anunciado que, a partir do dia seguinte, todos os trabalhadores não essenciais receberiam ordens para permanecer em casa pelos próximos 14 dias.[7] No final de março, a Comunidade de Madrid registrou a maioria dos casos e mortes no país. Profissionais médicos e aqueles que vivem em casas de idosos tiveram taxas de infecção especialmente altas.[8] Em 25 de março, o número de mortos na Espanha ultrapassou o da China continental e apenas o da Itália foi maior.[9] Em 2 de abril, 950 pessoas morreram do vírus em um período de 24 horas — naquele momento, o maior número de mortes em um único dia de qualquer país.[10] Em 17 de maio, o número diário de mortos anunciado pelo governo espanhol reduziu para abaixo de 100 pela primeira vez[11] e em 1 de junho foi o primeiro dia sem mortes por coronavírus.[12] O estado de alarme terminou em 21 de junho.[13] No entanto, o número de casos aumentou novamente em julho em várias cidades, incluindo Barcelona, Saragoça e Madrid, o que levou à reimposição de algumas restrições.[14][15][16]

Estudos sugeriram que o número de infecções e mortes pode ter sido muito maior devido à falta de testes e relatórios, e muitas pessoas com apenas sintomas leves ou nenhum não foram testadas.[17][18] Relatórios de maio sugeriram que, com base em uma amostra de mais de 63 mil pessoas, o número de infecções pode ser dez vezes maior do que o número de casos confirmados até aquela data. Madri e várias províncias de Castela-Mancha e Castela e Leão foram as áreas mais afetadas com uma porcentagem de infecção superior a 10%.[19][20] Também pode haver até 15.815 mortes a mais de acordo com o Sistema de Monitoramento da Mortalidade Diária do Ministério da Saúde da Espanha (Sistema de Monitorización de la Mortalidad Diaria — MoMo).[21] Em 6 de julho de 2020, os resultados de um estudo de soroprevalência nacional do Governo da Espanha mostraram que cerca de dois milhões de pessoas, ou 5,2% da população, poderiam ter sido infectadas durante a pandemia.[22][23]

Contexto[editar | editar código-fonte]

Em 12 de janeiro, a Organização Mundial da Saúde (OMS) confirmou que um novo coronavírus era a causa de uma doença respiratória em um grupo de pessoas na cidade de Wuhan, província de Hubei, China, que haviam inicialmente chamado a OMS em 31 de dezembro de 2019.[24][25]

Cronologia[editar | editar código-fonte]

Primeiros casos (31 de janeiro — 25 de fevereiro)[editar | editar código-fonte]

Em 31 de janeiro de 2020, a Espanha confirmou seu primeiro caso de COVID-19 em La Gomera, Ilhas Canárias. Um turista da Alemanha deu positivo e foi internado no Hospital Universitário de Nuestra Señora de Candelaria.[26][27][28] Em 9 de fevereiro, o segundo caso envolveu um turista britânico masculino em Palma de Maiorca, Ilhas Baleares, que contraiu a doença depois de entrar em contato com alguém na França que posteriormente testou positivo.[29] Fernando Simón, chefe de emergências médicas de Madri, disse que "a Espanha terá apenas alguns casos".[30] Em 13 de fevereiro, foi registrada a primeira morte na Espanha, envolvendo um homem de 69 anos que estava no Nepal. Ele morreu em Valência e foi diagnosticado post-mortem.[31] Em 24 de fevereiro, após um surto de COVID-19 na Itália, um médico da Lombardia, na Itália, que estava de férias em Tenerife, apresentou resultado positivo no Hospital Universitário de Nuestra Señora de Candelaria, na Espanha.[32] O H10 Costa Adeje Palace em Tenerife foi interditado.[33]

Em 25 de fevereiro, quatro novos casos relacionados à Itália foram confirmados na Espanha. Nas Ilhas Canárias, a esposa do médico da Lombardia, que estava de férias em Tenerife, testou positivo.[32] Na Catalunha, uma italiana de 36 anos que vive na Espanha, que visitou Bérgamo e Milão de 12 a 22 de fevereiro, também apresentou resultados positivos em Barcelona.[34][35] Um homem de 24 anos de Madri, que retornou recentemente do norte da Itália, testou positivo e foi internado no Hospital Carlos III.[36][37] Na Comunidade Valenciana, um homem de Vila-real, que recentemente viajou para Milão, testou positivo e foi internado no Hospital Universitário De La Plana, Castellón.[38] Vários jogadores de futebol do Valencia FC também tiveram resultados positivos depois de voltarem de uma partida da Liga dos Campeões da UEFA entre o Atalanta-Valencia, onde se sabe que cerca de um terço da população de Bergamo esteve presente.

Transmissão comunitária (26 de fevereiro — 12 de março)[editar | editar código-fonte]

Em 28 de fevereiro, as câmeras de televisão cobriram os primeiros casos de coronavírus no Hospital Clínico Universitário de Valência

Em 26 de fevereiro, o primeiro caso relatado na Andaluzia foi confirmado em Sevilha, o primeiro caso de transmissão comunitária relatado na Espanha.[39] No dia seguinte, foram notificados oito casos de origem italiana e um do Irã, na Catalunha, Castela e Leão e Valência.[40][41][42] Em 28 de fevereiro, mais nove pessoas testaram positivo na Andaluzia[43][39][44] e um quinto caso foi confirmado em Madri.[45] Em 29 de fevereiro, Astúrias e Navarra relataram seus primeiros casos, um cada.[46][47] Em 1 de março, na Andaluzia, dois médicos foram confirmados como infectados, aumentando o número de casos andaluzes para 12.[48] No País Basco, outros quatro casos foram relatados, de outras partes da Espanha.[49] Em Castela-Mancha, o primeiro caso de coronavírus foi confirmado[50] e a Estremadura anunciou os quatro primeiros casos.[51] Em 2 de março na Cantábria, nove novos casos originários de pessoas que viajaram para a Itália aumentaram o total de casos em 10 casos na comunidade.[52] Em Castela e Leão, cinco novos casos em um dia elevaram o total para oito pessoas afetadas pelo coronavírus na região.[53] A Catalunha registrou mais três casos positivos, todos relacionados a viagens da Itália.[54] Havia dois novos casos positivos na Estremadura, elevando o total para 6.[55] Madri informou que seu total havia aumentado para 29.[56] Em La Rioja, o primeiro caso foi confirmado.[57]

Em 3 de março, foram registrados o segundo e o terceiro casos nas Astúrias.[58][59] Nas Ilhas Baleares, um terceiro caso positivo foi confirmado.[60] No País Basco, mais três positivos, dois em Álava e o primeiro na Biscaia, elevaram o total de positivos para 13 na região.[61] Em Castela-Mancha, foram notificados quatro novos casos, elevando o total para sete, dois na província de Guadalajara e outros dois na província de Toledo.[62] Na Comunidade de Madri, 27 novos casos positivos de coronavírus elevaram o total para 56, com cinco graves em terapia intensiva.[63] Em La Rioja, o segundo caso de coronavírus foi confirmado.[64] Na Comunidade Valenciana, quatro novos casos foram confirmados, elevando o número de infectados para 19 casos.[65] A primeira morte em Madri ocorreu em 3 de março, mas não foi confirmada até 5 de março.[66][67]

Em 4 de março, o Primeiro Ministro Pedro Sánchez visitou o Centro de Coordenação de Alertas e Emergências Sanitárias

Em 4 de março, o primeiro caso de coronavírus foi confirmado, em Aragão, um homem de 79 anos.[68] No País Basco 8, outros aspectos positivos elevaram o total para 21, com 250 pessoas isoladas (cerca de metade desses profissionais de saúde).[69][70] Em Castela-Mancha, foram notificados 5 novos casos, elevando o total até 12: 7 na província de Guadalajara, 2 em Toledo, 1 em Albacete, 1 em Almansa e 1 em Tomelloso.[71] Dez novos casos foram registrados na Catalunha, atingindo um total de 28 pessoas infectadas, algumas de viagens na Itália e outras por contato local.[72][73] Na Galiza, o primeiro caso na comunidade foi confirmado na Corunha.[74] Na Comunidade de Madri, 20 novos casos positivos de coronavírus elevaram o total para 76, dos quais 41 foram hospitalizados e 7 em terapia intensiva.[75] Quatro novos casos foram relatados em La Rioja, elevando o total da região para 6.[76][77] Em 5 de março, outros seis casos foram confirmados no País Basco, elevando o total para 27.[78] Na Galiza, o segundo positivo na comunidade foi confirmado em Vigo.[79] Na Comunidade de Madri, 13 novos casos positivos de coronavírus aumentam para 89 no total.[66][67] Em La Rioja, quatro novos casos positivos de coronavírus elevaram o total para 10.[80] Posteriormente, naquela mesma tarde, o número foi aumentado para 17 casos.[81] Na Comunidade Valenciana, os infectados aumentam para 30 casos, com 8 novos casos em Castellón, Elche, Orihuela e Valência.[82]

Em 6 de março, outros nove casos de coronavírus foram confirmados em Aragão, incluindo um homem de 87 anos que morreu poucas horas depois.[83][84][85] No País Basco, outras 18 pessoas foram confirmadas como portadoras da doença, 13 em Álava e 5 na Biscaia, elevando o total para 45.[86] Na Galiza, foram confirmados em Vigo o terceiro e quarto aspectos positivos da comunidade, uma mulher de 15 e 47 anos internada no Hospital Álvaro Cunqueiro de Vigo.[87][88] Na Comunidade de Madri, 46 novos casos positivos de coronavírus em Valdemoro aumentam para 134 casos ativos e 4 mortes no total.[89] Em La Rioja, 21 novos casos de coronavírus foram confirmados, totalizando 38.[90][91] Em 8 de março, foram relatadas mais sete mortes confirmadas,[92] enquanto o primeiro caso na região de Múrcia foi diagnosticado.[93] Em 8 de março, cerca de 120.000 pessoas participaram de uma marcha no Dia Internacional da Mulher em Madri.[94][95]

Marcha internacional do dia da mulher em Madri, 8 de março de 2020

Em 9 de março, o Ministério da Saúde da Catalunha registrou duas novas mortes na Catalunha.[96] Em 10 de março, La Rioja anunciou sua primeira morte devido ao vírus.[97] Após quatro casos confirmados em Tarragona[98] e um caso em Lérida, todas as províncias catalãs tiveram pelo menos um caso diagnosticado.[99] O governo regional catalão suspendeu os eventos com mais de mil participantes sob sua jurisdição.[100] A primeira morte na Estremadura foi relatada.[101] Em 12 de março, a maioria das comunidades autônomas encerrou seus sistemas escolares, deixando mais de dez milhões de estudantes (um milhão na universidade e nove milhões no ensino primário e secundário) em casa, inicialmente por duas semanas.[102] Dois casos do vírus são confirmados na cidade autônoma de Melilha[103] enquanto os dois primeiros casos relatados na ilha de La Palma.[104] O índice de ações da Espanha, IBEX 35, cai 14%, na maior queda da história em um dia.[105]

Estado de alarme (13 a 27 de março)[editar | editar código-fonte]

Ministro da Saúde, Salvador Illa, em entrevista coletiva, 15 de março

Em 13 de março, o primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, anunciou uma declaração de um estado de alarme nacional por 15 dias, para entrar em vigor no dia seguinte após a aprovação do Conselho de Ministros.[106] O presidente da Audiência Nacional anunciou a suspensão de todas as funções ordinárias deste Tribunal por 15 dias, mantendo apenas os procedimentos urgentes e o tribunal de plantão.[107] A atividade judicial na Comunidade de Madri, País Basco, Igualada e Haro foi suspensa por uma ordem do Conselho Geral do Judiciário.[108] O vice-presidente de Castela e Leão, Francisco Igea, anunciou a suspensão das festividades da Semana Santa na região após conversas com a administração regional.[109] Todas as províncias da Espanha confirmaram pelo menos um positivo após a confirmação dos casos em Ávila, Cuenca, Huesca, Palência e Sória, deixando a cidade autônoma de Ceuta e as ilhas de El Hierro e Formentera como os únicos territórios sem casos relatados.[110][111][112][113][114] A Catalunha registrou 190 novos casos no maior aumento de casos em um dia.[115] Os dois primeiros casos foram relatados na cidade autônoma de Melilha.[103]

Desinfecção do metrô em Bilbau, País Basco, 21 de março

Em 15 de março, o bloqueio nacional devido ao estado de alarme entrou em vigor.[116][117] Todos os residentes foram obrigados a permanecer em suas residências normais, exceto para comprar alimentos e medicamentos, trabalhar ou atender emergências.[118][119] As restrições de bloqueio também determinaram o fechamento temporário de lojas e negócios não essenciais, incluindo bares, restaurantes, cafés, cinemas e negócios comerciais e de varejo, além de anunciar que o governo poderá assumir prestadores de serviços de saúde privados, se necessário.[116][120] O anúncio ocorreu após aumentos significativos no número de casos confirmados de COVID-19 na Espanha, aumentando em 66% de 3.146 casos para 5.232 casos em 13 de março de 2020.[121] A "decisão extraordinária", segundo o primeiro-ministro Pedro Sánchez, é necessária, pois a Espanha lida com uma "crise de saúde, social e econômica".[116] A Feira de Abril de Sevilha é adiada para setembro pela primeira vez em sua história.[122] O primeiro caso na cidade autônoma de Ceuta foi diagnosticado.[123]

A Gran Vía de Madri em 22 de março.

Em 17 de março, o primeiro-ministro Pedro Sánchez anuncia um pacote de apoio de mais de 200 bilhões de euros, quase 20% do PIB espanhol, para amortecer o impacto da crise do coronavírus. O Decreto Real aprovado por seu governo também inclui uma moratória sobre o pagamento de hipotecas para trabalhadores e trabalhadores independentes em vulnerabilidade econômica e para os afetados pela COVID-19, bem como a racionalização de arquivos de demissão temporária (conhecidos como ERTE), apoio para trabalhadores e empresas afetadas por desacelerações, medidas para garantir a liquidez das empresas e promover pesquisas para obter uma vacina.[124][125] A primeira morte na província de Tarragona é confirmada no hospital Valls, uma mulher de 88 anos de Badalona.[126]

Trabalhadores de hospitais e agentes da polícia se aplaudem em Madri no dia 29 de março

Em 19 de março, é relatada a primeira morte de um profissional de saúde no país, uma enfermeira do País Basco.[127] Em 20 de março, a Espanha excede mil mortes.[128] O primeiro caso é confirmado na ilha de El Hierro.[129] Em 21 de março, o Ministério da Saúde anuncia a compra de 640 mil testes rápidos[130] e informa que mais de 350 mil testes para a COVID-19 foram realizados.[131][132] Em 22 de março, o primeiro-ministro espanhol Pedro Sánchez anuncia que levará a petição para estender o Estado de Alarme no país até 11 de abril ao Congresso, após consultas com presidentes regionais.[133][134] O Presidente da Região de Múrcia ordena a cessação de todas as atividades econômicas não essenciais, decisão posteriormente revogada pelo governo central.[135] Em 23 de março, o exército espanhol encontrou idosos abandonados e mortos em lares de idosos, segundo a ministra da Defesa Margarita Robles. Uma investigação criminal é iniciada.[136] "Palacio del Hielo", uma pista de gelo em Madri, começou a ser usada como necrotério.[137] Até essa data, confirma-se que 5.400 profissionais médicos testaram positivo para o coronavírus e voltaram para casa, sobrecarregando ainda mais os hospitais, onde a falta de equipamentos de proteção colocou os trabalhadores em risco.[138]

Interrupção de todas as atividades não essenciais (28 de março–12 de abril)[editar | editar código-fonte]

Em 28 de março, o governo espanhol proibiu todas as atividades não essenciais,[139][140] concedendo aos trabalhadores afetados licença remunerada a menos que prestem um serviço essencial, trabalhem remotamente, estejam em licença médica ou tenham seus contratos suspensos.[141] No dia seguinte, dois casos de coronavírus foram diagnosticados em Formentera, Ilhas Baleares, deixando a ilha de La Graciosa (Ilhas Canárias) como o único território sem casos detectados.[142] Em 30 de março, Fernando Simón, chefe do Centro de Emergências em Saúde da Espanha e rosto público da resposta do governo por causa de suas instruções diárias, testou positivo para o vírus e renunciou temporariamente.[143][144] Em 4 de abril, o primeiro-ministro Pedro Sánchez solicitou que o Congresso dos Deputados estendesse o Estado de Alarme por mais duas semanas, até 26 de abril,[145] uma solicitação que foi concedida em 9 de abril.[146]

De 3 a 11 de abril, o número de novos casos e óbitos em geral teve uma tendência decrescente. Em 3 de abril, foram registradas 950 mortes, o número mais alto para um único país em um intervalo de 24 horas.[147] As estimativas para o número básico de reprodução do vírus indicaram um número abaixo de 1,0 pela primeira vez, o que significa que cada caso estava infectando menos de uma outra pessoa.[148][149] Nos dias 4, 5 e 6 de abril, foram registradas reduções consecutivas no número de novos casos e mortes, incluindo 637 novas mortes em 6 de abril, o número mais baixo em dez dias.[150][151] Em 10 de abril, o número de mortes confirmadas caiu para 605 e, em 11 de abril, para 510, o número mais baixo em mais de um mês; o número de casos confirmados aumentou apenas 3%, o menor valor desde que o Ministério da Saúde começou a coletar dados.[152][153]

Levantamento de algumas restrições (13 de abril–)[editar | editar código-fonte]

Em 13 de abril, trabalhadores de setores não essenciais que não podem trabalhar remotamente foram autorizados a retornar ao trabalho; o governo iniciou a distribuição de milhões de máscaras nos centros de transporte público.[154]

Novos casos por dia[editar | editar código-fonte]

  Novos casos por dia

Resposta governamental[editar | editar código-fonte]

As pessoas mantêm o distanciamento social em Valência, Espanha.

Quarentenas e interdições[editar | editar código-fonte]

Em 7 de março, Haro foi interditada devido a uma concentração de casos.[155] Em 12 de março, o governo regional catalão colocou em quarentena quatro municípios catalães — Igualada, Vilanova del Cami, Santa Margarida de Montbui e Odena — após um conjunto de casos serem relatados no Hospital Igualada; a medida afetou 70.000 pessoas e estava programada para durar 14 dias.[156][157] No dia seguinte, o governo da Espanha anunciou que um estado de alarme sobre todo o país seria decretado no dia seguinte, inicialmente por 15 dias, conforme especificado no artigo 116.2 da constituição espanhola.[158] Sob o estado de alarme, o governo central mantém todos os poderes e toda a polícia está sob o controle do Ministério do Interior. Muitas atividades não essenciais são proibidas, incluindo grandes reuniões, restaurantes, museus e similares. No entanto, os cidadãos ainda podem viajar para o trabalho e comprar itens essenciais, e os serviços religiosos são permitidos sob certas condições.[159] O atraso na implementação do bloqueio significou que algumas pessoas em Madri partiram para as regiões, trazendo o vírus com elas.[160]

Algumas comunidades autônomas anunciaram medidas de emergência no mesmo dia. O País Basco anunciou uma declaração de emergência sanitária na região, que permite o confinamento da população.[161] O governo da Múrcia anunciou o confinamento de mais de 500.000 pessoas nos municípios costeiros.[162] A Presidente das Ilhas Baleares, Francina Armengol, pediu ao Primeiro Ministro que suspendesse o tráfego entre o continente e as ilhas.[163] O presidente da Catalunha, Quim Torra, pediu ao Primeiro Ministro que autorizasse o fechamento de todos os portos, aeroportos e ferrovias da Catalunha.[164] O prefeito de Madri, José Luis Martínez Almeida, ordenou o fechamento de bares e terraços na capital[165] e anunciou que seu governo estaria preparado, se necessário, para isolar a cidade. Na Estremadura, Arroyo de la Luz foi interditado.[166]

Primeiro-ministro Pedro Sánchez com o ministro da Saúde Salvador Illa e o chefe de emergência sanitária da Espanha, Fernando Simón.

Em 25 de março, o parlamento — com menos de 50 membros dos 350 presentes — aprovou o pedido do governo para estender o estado de alarme até 11 de abril.[167] Em 28 de março, o primeiro-ministro ordenou que todos os trabalhadores não essenciais ficassem em casa de 30 de março a 9 de abril para dobrar a curva e conter a epidemia. Fernando Simón afirmou que as UTIs devem estar cheias até o final desta semana ou no início da próxima semana.[168] Em 1 de abril, o estado de alarme estava programado para expirar em 12 de abril e o governo planejava facilitar os bloqueios no futuro, assumindo que novas infecções diminuíssem.[169] Como na semana anterior havia visto muitos espanhóis morrerem da doença, em 3 de abril, Sánchez estava pensando em estender a quarentena por mais quinze dias para 26 de abril. Ele consultou a oposição para obter seu apoio e conversará com os presidentes das comunidades autônomas em 5 de abril.[170] Em 13 de abril, alguns trabalhadores não essenciais, incapazes de se comunicar, puderam retornar ao trabalho, embora outras medidas de distanciamento social permaneçam em vigor. Em vez disso, o governo distribuiu máscaras no transporte público e tentou o rastreamento ostensivo de contatos para reduzir a propagação do vírus.[171]

Restrições de viagem[editar | editar código-fonte]

Em 10 de março de 2020, o governo da Espanha decretou o cancelamento imediato de todos os voos diretos da Itália para a Espanha até 25 de março.[172] Em 12 de março, todo o tráfego entre Marrocos e Espanha foi suspenso.[173] No dia 16 de março, o ministro do Interior Grande-Marlaska anuncia o fechamento das fronteiras espanholas a partir das 12 horas do dia 16 de março, autorizando apenas a entrada de cidadãos espanhóis e aqueles que provam causa de força maior ou situação de necessidade. As restrições de entrada não terão efeito no transporte de mercadorias para garantir a cadeia de suprimentos. Também não afetará o pessoal diplomático estrangeiro.[174] Depois disso, a Presidente do Governo das Ilhas Baleares, Francina Armengol, anuncia que, depois de receber a aprovação do governo espanhol, seu governo procederá ao fechamento de todos os aeroportos e portos da região, com "algumas exceções";[175] as Ilhas Canárias restringiriam os vôos entre a península e suas ilhas. As conexões aéreas e marítimas para as Ilhas Baleares cessam devido às companhias aéreas que param todos os voos.[176]

Fechamentos[editar | editar código-fonte]

Em 10 de março, o Ministério da Cultura ordenou o fechamento de seus edifícios em Madri, incluindo os museus de El Prado, Reina Sofia, Thyssen, a Filmoteca Espanhola, os museus Arqueológico e Antropológico, bem como a Biblioteca Nacional e o Palácio Real, entre outras.[177] O Tribunal Constitucional suspendeu sua atividade por dois dias,[178] e a Real Academia Espanhola suspendeu suas sessões plenárias.[179] Em 12 de março, as Cortes Gerais espanholas suspenderam suas atividades por 15 dias[180] e o Ministério do Interior ordenou o isolamento de suas 69 prisões.[181] A Sagrada Família, em Barcelona, fecha para turistas e trabalhadores da construção.[182] Em 13 de março de 2020, o Governo da Comunidade de Madri decretou o fechamento de bares, restaurantes e lojas "não alimentares" (permitindo apenas a abertura de supermercados e farmácias).[183] Em 14 de março, Astúrias, Catalunha, Cantábria, Galiza, Madri, Múrcia e País Basco fecharam todas as lojas, exceto as que vendem alimentos e artigos básicos.[184][185][186][187] O prefeito de Madri fechou parques e jardins públicos.[188]

Execução[editar | editar código-fonte]

Exército espanhol se mobiliza para reforçar o bloqueio em Alcañiz, Aragão, 27 de março

Em 23 de março de 2020, havia 240.245 policiais[189] e mais de 2.500 militares destacados em todo o país.[190] Alguns policiais fizeram viagens a populações em quarentena e tocaram música.[191] Em 24 de março, o governo assumiu o controle de casas de repouso privadas em todo o país e anunciou uma investigação judicial depois que as tropas encontraram pacientes em casas de repouso que haviam morrido de COVID-19 deixados mortos em suas camas.[192] Em Madri, os hospitais recusaram transferências de lares de idosos e uma pista de patinação foi usada para armazenar cadáveres enquanto o necrotério da cidade transbordava.[192] Em 31 de março, a polícia havia emitido 100.000 citações e prendido 1.000 pessoas por violar os regulamentos de distanciamento social. As multas podem variar de 100 a 30.000 euros por violações graves ou até quatro meses de prisão.[193][194] Drones são usados para aplicação. A polícia também montou 30.000 barreiras para impedir que as pessoas viajem.[195] Em 10 de abril, 3.000 motoristas foram sancionados por violar a quarentena, enquanto milhares eram parados todos os dias.[196]

Críticas[editar | editar código-fonte]

De acordo com o The Guardian, a resposta lenta da Espanha ao coronavírus causou uma grande epidemia, apesar de não compartilhar uma fronteira terrestre com a Itália ou outros países severamente afetados.[160] Uma análise da Vox supôs que o governo minoritário não quisesse arriscar seu poder ao banir grandes reuniões cedo; o primeiro ministro defendeu inicialmente sua decisão de permitir que grandes reuniões continuassem.[195]

O governo espanhol encomendou 340.000 kits de teste de coronavírus à Shenzhen Bioeasy Biotechnology, que reivindicou uma taxa de greve de 80%. No entanto, a Sociedade Espanhola de Doenças Infecciosas e Microbiologia Clínica (SEIMC) descobriu que o kit de teste da Bioeasy, que usa cotonetes, tinha uma taxa de precisão inferior a 30%, e a cidade de Madri parou de usá-los. A embaixada chinesa afirmou que os kits de teste Bioeasy não haviam sido aprovados pela Administração Nacional de Produtos Médicos da China e disseram que não estavam incluídos nos suprimentos médicos enviados pelo governo chinês à Espanha.[197][198][199] Em 29 de março, a Chéquia doou 10.000 trajes médicos de proteção e 90 respiradores, que foram enviados em um avião da Força Aérea da Chéquia.[200]

Impacto[editar | editar código-fonte]

Prateleiras vazias em um supermercado Mercadona em Valência em 14 de março

Em 6 de março, a EFE informou que os mitos relacionados ao coronavírus estavam se espalhando pelo país.[201] A corrida às compras ocorreu em 10 de março.[202] Em 28 de março, crianças e jovens que obedeciam ao distanciamento social ao ficar em casa foram aplaudidos pelos residentes espanhóis por terem feito sua parte no combate à epidemia.[203] Em 29 de março, as visitas a locais de varejo e recreação, estações de trânsito e parques haviam caído 94%, 88% e 89%, respectivamente, e as visitas aos locais de trabalho haviam reduzido em 64%, de acordo com um relatório do Google baseado em dados do histórico de localização de dispositivos móveis.[204]

O coronavírus causou um aumento no crime cibernético;[205] golpes de phishing que imitam o Ministério da Saúde têm como alvo os usuários do WhatsApp.[206] Até 10 de abril, o Corpo de Polícia Nacional descobriu 12.000 sites fraudulentos direcionados a espanhóis. Um empresário foi preso por supostamente roubar 5 milhões de euros em equipamentos médicos. Algumas empresas estão vendendo suprimentos essenciais, como máscaras ou desinfetante para as mãos, com alta margem de lucro, o que leva a reclamações de manipulação de preços. Outras empresas estão vendendo curas milagrosas falsas com pesadas campanhas de marketing.[205]

O coronavírus aumentou significativamente a mortalidade na Espanha, com mortes significativamente mais observadas nos relatórios de vigilância da mortalidade do que o esperado com base em dados históricos. Já causou mais de cinco vezes mais mortes que toda a temporada de gripe de 2019-20.[207]

Sistema de saúde[editar | editar código-fonte]

Mortalidade diária na Espanha, abril de 2018 a abril de 2020. Preto indica mortes esperadas com intervalo de confiança em cinza; vermelho indica mortes observadas

Em 23 de março, o The Guardian informou que os hospitais da região de Madri estavam sendo atingidos por pacientes com coronavírus.[208] Per capita, a Espanha tem apenas um terço do número de leitos hospitalares que a Alemanha e a Áustria.[160] Em 28 de março, o ônus das unidades de terapia intensiva por caso confirmado era de 7,8, quase tão alto quanto a Itália e muito acima de qualquer outro país europeu.[209] Em 31 de março, as unidades de terapia intensiva em Catalunha, Madri, Castela-Mancha e Castela e Leão tinham capacidade igual ou superior a 80%, apesar dos esforços para triplicar o número de leitos disponíveis. A maioria dos pacientes sofria de coronavírus.[210] Depois de 1 de abril, alguns hospitais de Madri viram um pequeno declínio no número de pacientes em terapia intensiva, enquanto outros estavam estáveis ou ainda subindo. O número de pacientes em terapia intensiva na Galiza, Astúrias e Castela-Mancha também caiu. Em Castela e Leão, Catalunha e Valência, era estável, enquanto em Aragão e Andaluzia atingiu o pico mais tarde.[211] O número de pacientes em terapia intensiva nas comunidades autônomas com a maioria dos casos atingiu seu pico nos primeiros dias de abril.[212]

Medidas de austeridade, promulgadas pelo governo anterior de Mariano Rajoy, que cortam bilhões de euros em orçamentos de saúde, foram responsabilizadas por alguns especialistas por reduzir a capacidade do sistema de saúde. Os gastos com saúde na Espanha são de 5,9%, abaixo da média da UE de 7,5%. Antes da epidemia de coronavírus, alguns médicos estavam desempregados ou haviam emigrado para procurar trabalho. Agora, os profissionais de saúde aposentados estão sendo chamados de volta ao trabalho e os estudantes de medicina estão sendo recrutados para executar algumas tarefas. A privatização de hospitais sofridos durante o regime de Rajoy minou os esforços para coordenar a resposta à crise.[213][214]

Até 3 de abril, cerca de 10% dos casos são de profissionais de saúde.[215] Uma causa de infecção é a falta de equipamento de proteção adequado, levando alguns profissionais de saúde a fabricar seu próprio equipamento improvisado. Segundo Fernando Simón, apenas 8,8% dos profissionais de saúde diagnosticados necessitam de hospitalização, em contraste com 40% dos outros casos da doença.[216][217] Doze enfermeiros e médicos sucumbiram à doença.[218]

Política[editar | editar código-fonte]

Em 8 de março de 2020, a Vox realizou uma manifestação política com a participação de mais de 9.000 pessoas e depois se desculpou após Santiago Abascal, seu presidente, Javier Ortega Smith, seu secretário geral, e vários membros de seu partido no Congresso dos Deputados apresentaram resultados positivos para a COVID-19.[219]

Em 12 de março de 2020, o Congresso dos Deputados votou a suspensão da atividade por uma semana após vários membros terem testado positivo para o vírus.[219] Quando o Congresso dos Deputados aprovou a prorrogação do estado de alarme em 18 de março, foi a primeira vez que os partidos da oposição Partido Popular e Vox apoiaram o governo em uma votação, enquanto partidos separatistas, como a Esquerda Republicana Catalã, se abstiveram da votação.[220]

A resposta ao coronavírus foi complicada pelo fato de Pedro Sánchez liderar o governo minoritário do PSOE (em coalizão com o Unidos Podemos), que conta com o apoio de partidos da oposição para aprovar medidas de coronavírus, especialmente no que diz respeito ao estímulo econômico. Até agora, o gabinete está discutindo propostas para oferecer empréstimos com juros zero aos inquilinos para pagar aluguel, para que os proprietários menores que dependem da renda possam ficar à tona. O líder do PP Pablo Casado reclamou que o governo não o mantinha informado sobre os desenvolvimentos no coronavírus. A líder do Cidadãos, Inés Arrimadas, disse que apoia as ações do governo.[220] Vox pediu a renúncia do primeiro-ministro.[221]

As eleições regionais bascas de 2020, agendadas para 5 de abril, foram adiadas, após um acordo entre todos os partidos políticos representados no parlamento basco; as eleições galegas também foram suspensas.[222][223]

Espalhe para outros países e territórios[editar | editar código-fonte]

  Espanha
  Entrada banida
  Quarentena obrigatória

Em 29 de fevereiro de 2020, uma mulher que chegou à Espanha no dia 14 de fevereiro no Equador, testou positivo para SARS-CoV-2 e se tornou o primeiro caso de coronavírus no país. Dias depois, sentiu desconforto e febre, foi hospitalizada e passou por vários testes. A pessoa, 70 anos e com doenças anteriores, foi isolada e internada “em terapia intensiva”. Segundo o vice-ministro Julio López, seu status era crítico e sua previsão era reservada.[224] Em 13 de março de 2020, a primeira morte (o primeiro caso de infecção no Equador) foi relatada pela Ministra da Saúde Pública do Equador, Catalina Andramuño, durante uma conferência de imprensa em Guayaquil.[225]

Em 6 de março, o Ministério da Saúde e o Presidente do Peru confirmaram o primeiro caso no país de um homem de 25 anos que visitou a Espanha, França e Chéquia.[226]

Em 8 de março, Portugal confirmou um caso originário da Espanha.[227] Em 10 de março, outro caso foi detectado e no dia seguinte (11 de março) outros três casos.[228][229]

Em 10 de março, uma mulher de 40 anos retornando de Madri, Espanha, foi confirmada como o primeiro caso no Panamá.[230] Honduras também confirmou dois casos de coronavírus: o primeiro paciente ou paciente 0 era uma mulher grávida que veio da Espanha em 4 de março, mas foi confirmada no início da manhã de 10 de março.[231]

Em 13 de março, o vice-presidente venezuelano Delcy Rodríguez confirmou dois casos do vírus no estado de Miranda.[232][233] Rodríguez pediu a todos os passageiros do voo Iberia 6673 de 5 e 8 de março que entrassem imediatamente em uma quarentena preventiva obrigatória, pois os dois casos eram desse voo.[234]

Em 14 de março, foi relatado que uma mulher procedente da cidade espanhola de Móstoles se tornou o primeiro caso na Guiné Equatorial.[235]

Em 17 de março, um cidadão espanhol de 47 anos que fazia negócios em Macau testou positivo; ele pegou o voo SU2501 de Madri para Moscou em 15 de março e depois o voo SU204 de Moscou para Pequim. Em 16 de março, ele pegou o voo NX001 de Pequim para Macau, chegando ao aeroporto de Macau às 20:00 do mesmo dia.[236]

Em 20 de março, o primeiro-ministro da Papua-Nova Guiné, James Marape, confirmou o primeiro caso no país de um mineiro que havia viajado da Espanha.[237]

Restrições de viagem[editar | editar código-fonte]

Até 3 de abril de 2020, os seguintes países ou territórios impuseram algum tipo de restrição de viagem aos cidadãos espanhóis:

Lista de países

Proibição de entrada ou tráfego de passageiros suspenso[editar | editar código-fonte]

Quarentena obrigatória[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b https://github.com/CSSEGISandData/COVID-19; data de acesso: 27 novembro 2022.
  2. «Q&A on coronaviruses (COVID-19)». www.who.int (em inglês). Consultado em 24 de março de 2020. The outbreak began in Wuhan, China, in December 2019. 
  3. Sheikh, Knvul; Rabin, Roni Caryn (10 de março de 2020). «The Coronavirus: What Scientists Have Learned So Far». The New York Times. Consultado em 24 de março de 2020 
  4. «Sanidad confirma en La Gomera el primer caso de coronavirus en España». El Pais (em espanhol). 31 de janeiro de 2020. Consultado em 31 de janeiro de 2020. Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2020 
  5. Ansede, Manuel (22 de abril de 2020). «El análisis genético sugiere que el coronavirus ya circulaba por España a mediados de febrero». EL PAÍS (em espanhol). Consultado em 23 de abril de 2020 
  6. «Estado de alarma por crisis sanitaria COVID-19—Atención e informacion—Punto de Acceso General». administracion.gob.es 
  7. «Spain poised to tighten coronavirus lockdown after record daily toll». www.msn.com. Consultado em 29 de março de 2020 
  8. Hedgecoe, Guy (26 de março de 2020). «'Top of the curve'? Spain hopes Covid-19 peak reached as deaths pass 4,000». The Irish Times. Consultado em 28 de março de 2020 
  9. «Coronavirus latest: Britain's Prince Charles tests positive for Covid-19». South China Morning Post. 25 de março de 2020. Consultado em 25 de março de 2020. 'Spain's coronavirus death toll overtook that of China on Wednesday, rising to 3,434 after 738 people died over the past 24 hours,' the government said. 
  10. Collman, Ashley. «Spain recorded 950 coronavirus deaths in a day, the highest single-day toll of any country». Business Insider. Consultado em 2 de abril de 2020 
  11. White House: CDC 'let country down' on testing - COVID-19 updates 17 May 2020 www.aljazeera.com, accessed 30 May 2020
  12. «Por qué nadie celebra el primer día sin muertos por coronavirus en España». El Español (em espanhol). 2 de junho de 2020. Consultado em 22 de junho de 2020 
  13. «Así fue el día 1 de la nueva normalidad». EL PAIS (em espanhol). 22 de junho de 2020. Consultado em 22 de junho de 2020 
  14. «Coronavirus: Spain drives fears of European 'second wave'». BBC. 25 de julho de 2020 
  15. «Spain's Basque region admits to second wave of Covid-19». El País. 6 de agosto de 2020 
  16. Badcock, James (14 de agosto de 2020). «Spain shuts down nightlife amid fears of major second wave of coronavirus». The Telegraph 
  17. Lau H, Khosrawipour V, Kocbach P, Mikolajczyk A, Ichii H, Schubert J, et al. (março de 2020). «Internationally lost COVID-19 cases». Journal of Microbiology, Immunology, and Infection = Wei Mian Yu Gan Ran Za Zhi. 53 (3): 454–458. PMC 7102572Acessível livremente. PMID 32205091. doi:10.1016/j.jmii.2020.03.013 
  18. Linde, Oriol Güell, Elena Sevillano, Pablo (18 de março de 2020). «Lack of testing hampering Spain's efforts to slow coronavirus outbreak». EL PAÍS (em inglês). Consultado em 31 de março de 2020 
  19. «El 5% de la población española ha superado el Covid-19». Europa Press (em espanhol). 13 de maio de 2020. Consultado em 13 de maio de 2020 
  20. «Estudio de seroprevalencia: sólo el 5% de los españoles tiene anticuerpos frente al coronavirus». El Mundo (em espanhol). 13 de maio de 2020. Consultado em 13 de maio de 2020 
  21. «Afloran 12.000 nuevas muertes en los registros civiles: el exceso en la crisis del coronavirus se eleva hasta los 43.000 muertos». El País (em espanhol). 3 de junho de 2020. Consultado em 4 de junho de 2020 
  22. «El estudio nacional de seroprevalencia concluye que solo un 5,2% de la población española tiene anticuerposs». RTVE (em espanhol). 6 de julho de 2020. Consultado em 15 de julho de 2020 
  23. Vardar, Serdar (13 de maio de 2020). «Dos millones de españoles han estado en contacto con el nuevo coronavirus». ABC (em espanhol). Consultado em 13 de maio de 2020 
  24. Elsevier. «Novel Coronavirus Information Center». Elsevier Connect. Cópia arquivada em 30 de janeiro de 2020 
  25. «What is coronavirus and how close is it to becoming a pandemic?». Wired UK. ISSN 1357-0978. Cópia arquivada em 5 de março de 2020 
  26. «Sanidad confirma en La Gomera el primer caso de coronavirus en España». El Pais (em espanhol). Cópia arquivada em 31 de janeiro de 2020 
  27. «First confirmed coronavirus case in Spain in La Gomera, Canary Islands». Outbreak News Today (em inglês) 
  28. Sanidad, Ministerio de. «El Centro Nacional de Microbiología ha confirmado, pasadas las diez de esta noche, que una de las muestras enviadas desde La Gomera ha dado positivo en #coronaviruspic.twitter.com/B21LojPzZD». @sanidadgob (em espanhol) 
  29. «Spanish authorities confirm Briton is country's second coronavirus case». Reuters. Cópia arquivada em 10 de fevereiro de 2020 
  30. «How did Spain get its coronavirus response so wrong?». The Guardian 
  31. Muere una mujer de 99 años en Madrid con coronavirus: primera víctima en la capital y tercera en España 5 de março de 2020. www.20minutos.es. Consultado em 20 de março de 2020
  32. a b «Coronavirus, positivi due italiani a Tenerife. Mille persone nell'hotel in quarantena». la Repubblica (em italiano) 
  33. Niamh Kennedy. «Tenerife hotel on partial lockdown as Italian tests positive for coronavirus». CNN 
  34. «Coronavirus, dall'Italia si spande in Europa. Conte: "Inaccettabili limitazioni agli italiani". Ma molti Paesi prendono misure». la Repubblica (em italiano) 
  35. «Woman in Barcelona tests positive to coronavirus, the first confirmed case on mainland Spain». thelocal.es 
  36. Levante-EMV. «Un caso de coronavirus en Madrid eleva a siete los infectados en España». levante-emv.com (em espanhol) 
  37. «Confirmado el primer caso de coronavirus en Madrid». telemadrid.es 
  38. Levante-EMV. «Sanidad confirma el primer caso de coronavirus en la C. Valenciana». levante-emv.com (em espanhol) 
  39. a b «Sanidad confirma 5 nuevos casos de coronavirus en Andalucía». Redacción Médica (em espanhol) 
  40. «Una tinerfeña de 22 años que viajó a Italia, tercer caso "importado" de coronavirus en Cataluña». abc (em espanhol) 
  41. «Confirmados en Segovia y Valladolid los dos primeros casos registrados en Castilla y León». Leonoticias (em espanhol) 
  42. Levante-EMV. «Sanidad confirma 6 nuevos casos de coronavirus en la C. Valenciana». levante-emv.com (em espanhol) 
  43. «Confirmado el primer caso de coronavirus en Almería». Diario de Almería (em espanhol) 
  44. «Salud confirma cuatro casos de coronavirus en Málaga». La Opinión de Málaga (em espanhol) 
  45. «El quinto caso de positivo por coronavirus en Madrid, también grave». Redacción Médica (em espanhol) 
  46. «Diagnostican el primer caso de coronavirus en Asturias». El Independiente (em espanhol) 
  47. «Se detecta el primer caso de coronavirus en Navarra». Europa Press (em espanhol) 
  48. «Dos jóvenes médicos infectados elevan a 12 los casos andaluces de coronavirus». El Plural (em espanhol) 
  49. «Euskadi mantiene en nueve el número de contagiados». La Vanguardia (em espanhol) 
  50. «Primer caso de coronavirus en Castilla-La Mancha confirmado por el Ministerio de Sanidad». La voz de Talavera (em espanhol) 
  51. «Confirmados cuatro casos de coronavirus en Extremadura». El Periódico Extremadura (em espanhol) 
  52. «Sanidad confirma otros 9 casos de coronavirus en Cantabria». Europa Press (em espanhol) 
  53. «Cinco nuevos casos en un día elevan a ocho los afectados por coronavirus en la región». El Norte de Castilla (em espanhol) 
  54. «Coronavirus: España mantiene el actual escenario de contención». Correo Farmaceutico (em espanhol) 
  55. «Dos nuevos casos de coronavirus confirmados en Extremadura». El Periódico Extremadura (em espanhol) 
  56. «Se elevan a 29 los casos positivos de coronavirus en la región». Europa Press (em espanhol) 
  57. «Confirmado el primer caso de coronavirus en La Rioja». Europa Press (em espanhol) 
  58. «Segundo caso positivo de Coronavirus en Asturias». El Comercio (em espanhol) 
  59. «Salud detecta un tercer positivo de Covid-19 en Asturias». Europa Press (em espanhol) 
  60. «Confirmado un tercer caso positivo por SARS-CoV-2 en Mallorca». 20 Minutos (em espanhol) 
  61. «El Gobierno vasco confirma el primer caso de coronavirus en Bizkaia». Deia (em espanhol) 
  62. «Castilla-La Mancha confirma cuatro nuevos casos de coronavirus». Eldiario.es (em espanhol) 
  63. «Los casos de coronovirus aumentan a 56 en Madrid, según Díaz Ayuso». La Vanguardia (em espanhol) 
  64. «La Rioja confirma un segundo caso de COVID-2019, asintomático y aislado en su domicilio». Europa Press (em espanhol) 
  65. «Sanidad confirma en València el primer fallecido con coronavirus en España». Levante (em espanhol) 
  66. a b «Coronavirus: Tercer muerto en España. Últimas noticias en DIRECTO». elperiodic.com (em espanhol) 
  67. a b «Muere una mujer de 99 años en Madrid con coronavirus: primera víctima en la capital y tercera en España». 20 Minutos (em espanhol) 
  68. «Aragón registra su primer caso de coronavirus en un hombre de 79 años a expensas del segundo análisis». Aragóndigital.es (em espanhol) 
  69. «Cuatro nuevos positivos elevan a diecisiete los casos de coronavirus en Euskadi». Deia (em espanhol) 
  70. «Segundo muerto en España infectado con coronavirus: un hombre de Bilbao de 82 años que padecía neumonía». 20 Minutos (em espanhol) 
  71. «Ya hay 12 personas afectadas por el coronavirus en CLM, dos de ellos menores de edad». Encastillalamancha.es (em espanhol) 
  72. «Catalunya confirma seis nuevos casos de coronavirus y la cifra asciende a 24». Europa Press (em espanhol) 
  73. «Catalunya confirma cuatro casos más de coronavirus». Europa Press (em espanhol) 
  74. «Confirmado el primer caso por coronavirus en Galicia». Europa Press (em espanhol) 
  75. «Madrid cuenta con 76 enfermos de coronavirus, de los que 41 están hospitalizados y 7 en la UCI». Telemadrid (em espanhol) 
  76. «Confirmados cinco nuevos casos riojanos de coronavirus». ConSalud.es (em espanhol) 
  77. «Los cuatro casos confirmados hoy provienen del entorno del vecino de Casalarreina». LaRioja.com (em espanhol) 
  78. «Ascienden a 27 los casos de coronavirus en Euskadi, al detectarse seis nuevos infectados». 20 Minutos (em espanhol) 
  79. «Confirmado un segundo caso de coronavirus en Galicia, una mujer ingresada en el Álvaro Cunqueiro de Vigo». El Ideal Gallego (em espanhol) 
  80. «Confirmados cuatro nuevos casos riojanos de coronavirus, con lo que la comunidad suma ya 11 afectados». Europa Press (em espanhol) 
  81. «Sanidad eleva a 17 los casos de contagio de coronavirus en La Rioja». Europa Press (em espanhol) 
  82. «Sanidad confirma ocho nuevos casos de coronavirus que elevan a 30 a la cifra de contagiados en la Comunitat Valenciana». Europa Press (em espanhol) 
  83. «El Centro Nacional de Microbiología confirma dos casos positivos de coronavirus en Aragón». 20 Minutos (em espanhol). 20 Minutos Editora S.L. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  84. «Primera muerte por coronavirus en Aragón». El periódico de Aragón (em espanhol). Prensa Diaria Aragonesa S.A.U. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  85. «Aragón registra nueve casos de coronavirus, tras notificar tres nuevos». Europa Press (em espanhol). Europa Press Noticias S.A. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  86. «Euskadi registra 18 nuevos casos de coronavirus en un solo día». Deia (em espanhol). Editorial Iparraguirre, S.A. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  87. «Dos nuevos casos de coronavirus en Galicia: una pareja de mediana edad ingresada en Vigo». ABC (em espanhol). Diario ABC S.L. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  88. «Confirmado el cuarto positivo de coronavirus, un menor en Vigo hijo de una de los infectados». Europa Press (em espanhol). Europa Press Noticias S.A. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  89. «La Comunidad de Madrid registra 137 positivos por coronavirus y dos muertes». Infosalus (em espanhol). Europa Press Noticias S.A. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  90. «La Rioja confirma doce nuevos casos positivos de coronavirus, alcanzando ya los 29». Europa Press (em espanhol). Europa Press Noticias S.A. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  91. «La Rioja confirma esta tarde otros 9 casos positivos, alcanzando ya los 38». Europa Press (em espanhol). Europa Press Noticias S.A. 6 de março de 2020. Consultado em 6 de março de 2020 
  92. Sara Polo; Marifé Velasco (8 de março de 2020) [17:59]. «Coronavirus, última hora | Siete nuevas muertes en Madrid, Zaragoza y País Vasco elevan a 17 las víctimas mortales». Elmundo (em espanhol). Consultado em 8 de março de 2020. Arquivado do original em 8 de março de 2020 Sara Polo; Marifé Velasco (9 de março de 2020) [00:49]. «Coronavirus, última hora | Contagiado un bebé de cinco meses en Murcia». Elmundo (em espanhol). Consultado em 9 de março de 2020. Cópia arquivada em 9 de março de 2020 
  93. «Se confirma el primer caso de coronavirus en la Región de Murcia - murcia.com». murcia.com. Consultado em 8 de março de 2020 
  94. Minder, Raphael (13 de março de 2020). «Spain Becomes Latest Epicenter of Coronavirus After a Faltering Response». The New York Times. Consultado em 1 de abril de 2020 
  95. «Thousands March in Spain on Women's Day Despite Coronavirus Fears». US News. Reuters. Consultado em 1 de abril de 2020 
  96. «Coronavirus: Dos nuevos fallecidos en Catalunya por Covid-19. Últimas noticias en España, en directo». La Vanguardia 
  97. «Redirect Notice». google.es 
  98. «Cuatro casos de coronavirus confirmados en Tarragona». Diari de Tarragona (em espanhol) 
  99. «Una dona de Castellserà, primer positiu en coronavirus a Lleida». El Punt Avui (em catalão) 
  100. Rodríguez, Pau. «Catalunya prohíbe los eventos de más de 1.000 personas por la crisis del coronavirus». eldiario.es (em espanhol) 
  101. Junta de Extremadura [@Junta_Ex] (11 de março de 2020). «@GFVara: En Extremadura hay dos casos positivos más, uno de ellos lamentablemente ha fallecido. Nuestra solidaridad y condolencias a la familia #Covid19 #Coronaviruspic.twitter.com/TQksGf1OT2» (Tweet) (em espanhol) – via Twitter 
  102. País, El. «9,5 millones de estudiantes se quedan dos semanas sin clase en España». EL PAÍS (em espanhol) 
  103. a b 20minutos. «Confirmados los dos primeros casos de coronavirus en Melilla». 20minutos.es - Últimas Noticias (em espanhol) 
  104. Palma, La Palma Ahora-Santa Cruz de La. «La Palma registra los primeros dos casos de coronavirus y son asintomáticos». eldiario.es (em espanhol) 
  105. El Comercio. «El Ibex se desploma un 14%, la mayor caída de su historia en un solo día» (em espanhol) 
  106. Blas, Carlos E. Cué, Claudi Pérez, Elsa García de. «Sánche decreta el estado de alarma durante 15 días». EL PAÍS (em espanhol) 
  107. «La Audiencia Nacional suspende las diligencias de instrucción durante quince días» (em espanhol) 
  108. «El CGPJ suspende la actividad judicial en País Vasco, Madrid, Haro e Igualada». El País (em espanhol) 
  109. Arisqueta, Francisco Igea. «Gracias a la Junta de Cofradías de Semana Santa de Castilla y León. Una decisión solidaria para una semana de pasión desgraciadamente diferente. @jcylpic.twitter.com/l3VXJoP1WT». @FranciscoIgea (em espanhol) 
  110. Cuenca, Las Noticias de. «Sanidad confirma 11 casos positivos por coronavirus en la provincia de Cuenca». Las Noticias de Cuenca (em espanhol) 
  111. Aragón, Heraldo de. «El concejal de Vox en Huesca, primer caso de coronavirus conocido en la provincia». heraldo.es (em espanhol) 
  112. «El director del centro Don Bosco de Villamuriel, primer positivo de Palencia». El Norte de Castilla (em espanhol) 
  113. Ávilared, Avilared com. «Tres casos de coronavirus en Ávila, que hasta ahora no había registrado ninguno». El diario digital de Ávila (em espanhol) 
  114. Hervás, Juan Carlos. «Primer caso positivo de coronavirus en Soria». El Miron de Soria (em espanhol) 
  115. «Catalunya registra 190 nuevos casos de coronavirus este viernes». La Vanguardia (em espanhol) 
  116. a b c «Spain government set to order nationwide coronavirus lockdown». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  117. Kollmeyer, Barbara. «Spain may be a week ahead of the U.S. in its coronavirus quarantine: Here's what you can learn from its experience». MarketWatch 
  118. Health, P. M. N. «Spain to impose nationwide lockdown – El Mundo | National Post» (em inglês) 
  119. «Real Decreto 463/2020, de 14 de marzo, por el que se declara el estado de alarma para la gestión de la situación de crisis sanitaria ocasionada por el COVID-19» (PDF). Boletín Oficial del Estado (em Spanish): 25390–25400. ISSN 0212-033X 
  120. «Coronavirus updates: New York, New Jersey and Connecticut in lockdown as global death toll passes 6,500 - live news». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  121. «Ministerio de Sanidad, Consumo y Bienestar Social - Profesionales - Situación actual Coronavirus». mscbs.gob.es 
  122. «La Feria de Abril de Sevilla, aplazada a septiembre por el coronavirus». ABC (em espanhol) 
  123. «Ceuta confirma el primer caso por coronavirus». Ideal (em espanhol) 
  124. Khalip (ed.). «Spain approves 200 billion euro aid package for coronavirus crisis: PM». Reuters 
  125. Pérez, Jesús Sérvulo González, Manuel V. Gómez, Claudi. «Sánchez anuncia un plan que movilizará 200.000 millones para amortiguar el impacto de la crisis del coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  126. «Fallece una vecina de Montblanc por el coronavirus». Diari de Tarragona (em espanhol) 
  127. «El Covid-19 se cobra su primera víctima mortal entre los sanitarios: fallece una enfermera de 52 años en Bizkaia». publico.es 
  128. RTVE.es. «Coronavirus | España supera los mil muertos con coronavirus y sigue los pasos de Italia». RTVE.es (em espanhol) 
  129. Palmas, La Provincia-Diario de Las. «El Hierro registra su primer caso positivo con coronavirus y Canarias suma cuatro fallecidos». laprovincia.es (em espanhol) 
  130. FRESNEDA, DIANA. «Sanidad compra 640.000 test rápidos y cuatro robots que permitirán realizar hasta 80.000 pruebas diarias de coronavirus». RTVE.es (em espanhol) 
  131. «Sanidad dice que ya se han realizado 350.000 tests de coronavirus y espera la llegada de hasta un millón de pruebas rápidas». 20 minutos 
  132. «¿Ha hecho España "355.000 tests" de detección del coronavirus? Los distintos cambios de criterio del Gobierno». Maldita (em espanhol) 
  133. Marcos, José. «El Gobierno decide prorrogar 15 días el estado de alarma por la crisis del coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  134. «Spain to extend coronavirus state of emergency as deaths soar». CNN 
  135. «Murcia ordena el cese de toda actividad económica no esencial». EL Periódico (em espanhol) 
  136. «Coronavirus: Spanish army finds care home residents 'dead and abandoned». BBC 
  137. «Spain turns ice rink into a morgue as coronavirus deaths pile up». CNN News (em inglês) 
  138. «Virus Knocks Thousands of Health Workers Out of Action in Europe». The New York Times 
  139. Marcos, José. «Paralizada toda actividad no esencial en España». EL PAÍS (em espanhol) 
  140. «Spain orders non-essential workers stay home for two weeks». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  141. «The Spanish state's lockdown 2.0: who has to work, and who receives paid leave». El Nacional 
  142. cronicabalear.es. «Formentera registra los dos primeros casos positivos de coronavirus». Crónica Balear (em espanhol) 
  143. País, El. «Fernando Simón da positivo por coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  144. «Coronavirus live news: Spain wakes to more restrictive lockdown as New York state passes 1,000 deaths». The Guardian (em inglês). ISSN 0261-3077 
  145. Cué, Carlos E. «Pedro Sánchez prorroga dos semanas más el estado de alarma». EL PAÍS (em espanhol) 
  146. «Sánchez logra el apoyo del Congreso y convoca a un acuerdo nacional del que recela la oposición». EL PAÍS (em espanhol) 
  147. «Coronavirus live news: Spain death toll passes 10,000 with record single-day rise of 950» – via www.theguardian.com 
  148. «Evolución diaria de la pandemia de COVID-19 en España». Carlos III Health Institute 
  149. «Coronavirus: España alcanza el pico de la epidemia; 11 CCAA ya en remisión». Redacción médica (em espanhol) 
  150. «Los fallecidos diarios en España por coronavirus caen a 637, la cifra más baja en dos semanas». EL PAÍS (em espanhol) 
  151. Linde, Pablo. «Los datos dan un respiro: caen los casos, las muertes y los ingresos hospitalarios por coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  152. «El número de muertes por coronavirus cae a 605, el más bajo desde hace más de dos semanas». EL PAÍS (em espanhol) 
  153. «España registra 510 muertos en un día por coronavirus, la menor cifra desde el 23 de marzo». EL PAÍS (em espanhol) 
  154. «'I don't know why the heck we have to go back if there's no way of staying apart'». EL PAÍS. Dez milhões de máscaras serão distribuídas no total, agora que alguns dos trabalhadores não essenciais da Espanha estão retornando ao trabalho após um período de duas semanas durante o qual a economia foi colocada no modo de 'hibernação'. 
  155. «Spanish town faces police lockdown to contain coronavirus». The Guardian 
  156. El País. «La Generalitat ordena el confinamiento de 70.000 personas en Igualada y otros cuatro municipios por el coronavirus» (em espanhol) 
  157. «Four towns locked down as Spain announces package to tackle coronavirus». Reuters (em inglês) 
  158. Hernández, Marisol. «Pedro Sánchez decreta el estado de alarma en toda España para frenar la expansión del coronavirus». El Mundo 
  159. «Spain's state of alarm: the key measures that are now in place». EL PAÍS (em inglês) 
  160. a b c «How did Spain get its coronavirus response so wrong?». The Guardian 
  161. Vitoria, Efe. «El País Vasco decreta el estado de "alerta sanitaria" por el coronavirus». diariodenavarra.es (em espanhol) 
  162. «Confinadas 500.000 personas en municipios costeros de la Región». La Verdad (em espanhol) 
  163. Armengol, Francina. «He parlat amb el President @sanchezcastejon. Hem analitzat la gravetat de la situació i li he oferit tot el suport. Li he explicat les dures mesures de contenció que hem pres i li he demanat que,per protegir a la nostra gent,restringeixi temporalment les connexions amb les Illes.». @F_Armengol (em catalão) 
  164. «Catalonia isolated over coronavirus». Majorca Daily Bulletin 
  165. Digital, Economía. «Madrid se queda sin terrazas por el coronavirus». Economía Digital 
  166. «Vara pide a los vecinos de Arroyo de la Luz "confianza" en la decisión de decretar su aislamiento social». 20 minutos (em espanhol) 
  167. «Parlamento español aprueba extender estado de alarma». San Diego Union-Tribune en Español (em inglês) 
  168. «El Gobierno obliga a quedarse en casa a los trabajadores de servicios no esenciales del 30 de marzo al 9 de abril». La Vanguardia (em espanhol) 
  169. «Spain's emergency coronavirus measures to be lifted gradually». EL PAÍS (em inglês) 
  170. «Sánchez llamará a Casado para informarle de la prórroga del Estado de alarma». EL PAÍS (em espanhol) 
  171. «El Gobierno tomó la decisión de reiniciar la actividad laboral sin consultar a su comité de expertos». EL PAÍS (em espanhol) 
  172. Vega, María. «España prohíbe todos los vuelos directos a Italia hasta el 25 de marzo». El Español 
  173. PAÍS, EL. «ÚLTIMA HORA | Suspendido el tráfico aéreo y marítimo entre España y Marruecos por la crisis del coronavirus». @el_pais (em espanhol) 
  174. «Última hora del coronavirus en España: Marlaska suspende la libre circulación y restablece los controles de fronteras». ELMUNDO (em espanhol) 
  175. cronicabalear.es. «Baleares se blinda y cierra sus aeropuertos y puertos con excepciones». Crónica Balear (em espanhol) 
  176. Marcos, José. «Canarias y Baleares se blindan por mar y aire». EL PAÍS (em espanhol) 
  177. Marcos, Raquel Vidales, Tommaso Koch, Carlos. «Coronavirus: cierran el Prado, el Reina Sofía, el Thyssen, la Filmoteca y los centros dependientes del ministerio». EL PAÍS (em espanhol) 
  178. «El coronavirus obliga a la RAE y al Tribunal Constitucional a suspender sus plenos». El Imparcial (em espanhol) 
  179. «El Tribunal Constitucional suspende sus sesiones por el coronavirus». El Confidencial (em espanhol) 
  180. Press, Europa. «El Congreso suspende 15 días su actividad por el coronavirus». europapress.es 
  181. López-Fonseca, Óscar. «Interior decide aislar sus 69 centros penitenciarios». EL PAÍS (em espanhol) 
  182. «Barcelona's Sagrada Familia landmark to close to tourists over coronavirus». Reuters (em inglês) 
  183. «La Comunidad de Madrid decreta el cierre obligatorio de bares, restaurantes y tiendas». El Independiente 
  184. Ferrero, Juan José Mateo, Berta. «Madrid cierra desde el sábado todos los comercios salvo los de alimentación y primera necesidad». EL PAÍS (em espanhol) 
  185. Cantabria, eldiario es. «Cantabria cierra negocios de hostelería, grandes superficies y edificios públicos para frenar al coronavirus». eldiario.es (em espanhol) 
  186. Mouzo, Àngels Piñol, Jessica. «Cataluña cierra bares, cafeterías y restaurantes». EL PAÍS (em espanhol) 
  187. «La Comunidad extiende el cierre de comercios a toda la Región de Murcia». La Verdad (em espanhol) 
  188. Madrid, Ayuntamiento. «Ante las aglomeraciones de personas que lamentablemente y pese a todos los avisos se están produciendo en espacios públicos de Madrid,el alcalde ha dado la orden de proceder al cierre de todos los parques y jardines de la ciudad a partir de las 16.00 #Coronavirusmadrid #COVID19». @MADRID (em espanhol) 
  189. Press, Europa. «Las FyCSE han realizado 48.000 propuestas de sanción por no respetar el estado de alarma». eldiario.es (em espanhol) 
  190. EFE. «El Ejército ayuda en 73 residencias de mayores y patrullará con la Guardia Civil». eldiario.es (em espanhol) 
  191. «Spanish police sing to families during coronavirus lockdown in Mallorca – video». The Guardian 
  192. a b «Grim find: Bodies of virus victims in Spanish nursing homes». AP NEWS 
  193. «926 detenidos y 102.000 denuncias por incumplir el estado de alarma». EL PAÍS (em espanhol) 
  194. «Tempers fray as coronavirus lockdown fatigue hits Italy and Spain». The Irish Times (em inglês) 
  195. a b «How Spain's coronavirus outbreak got so bad so fast». Vox (em inglês) 
  196. «Más de 3.000 conductores sancionados por no respetar los límites de movilidad del estado de alarma». EL PAÍS (em espanhol) 
  197. «The old lesson in China's sale of junk coronavirus kits to Spain» 
  198. «Spanish capital ditches 'unreliable' Chinese coronavirus kits». South China Morning Post 
  199. «China Supplied Faulty Coronavirus Test Kits to Spain, Czech Republic» 
  200. «Coronavirus response: Czech medical aid arrives in Spain, heads to Italy». NATO (em inglês) 
  201. «Las falsedades sobre el coronavirus se propagan por España» (em espanhol). EFE 
  202. «Photos show how coronavirus precautions left everything from schools to stadiums deserted across Spain — as cases spike past 1,600». Business Insider 
  203. «Coronavirus en España: aplausos desde los balcones para los chicos que soportan el encierro en casa». Clarín (em espanhol) 
  204. «COVID-19 Community Mobility Report of 29 March 2020» (PDF). Google 
  205. a b «Timos y abusos empresariales en los tiempos del coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  206. «Los cibercriminales suplantan al Ministerio de Sanidad para robar datos a los usuarios de Whatsapp». EL PAÍS (em espanhol) 
  207. «Infomes MoMo - Vigilancia de la Mortalidad Diaria» [MoMo Reports - Daily Mortality Surveilance]. ISCIII (em Spanish) 
  208. «Spanish minister says older people found 'dead and abandoned'». The Guardian 
  209. Ana Alfageme and Isabel Valdés. «"Necesito volver a trabajar y sentir que hago algo"». EL PAÍS (em espanhol) 
  210. «Cuatro comunidades tienen sus UCI saturadas, el resto puede aguantar». La Vanguardia (em espanhol) 
  211. «Las UCI empiezan a respirar». EL PAÍS (em espanhol) 
  212. «La verdadera curva del Covid: caen los casos en hospitales en las CCAA más azotadas». El Confidencial (em espanhol) 
  213. «Poor and vulnerable hardest hit by pandemic in Spain». The Guardian 
  214. «In Spain, austerity legacy cripples coronavirus fight». POLITICO 
  215. «Informe nº 20. Situación de COVID-19 en España a 3 de abril de 2020» (PDF). Carlos III Health Institute. Tabela 7. Trabalhadores da saúde ('sanatório profissional'): 6.500 dos 63.002 casos analisados 
  216. «Spain's Health Staff Are Catching The Coronavirus As Protective Gear Runs Short». NPR.org (em inglês) 
  217. Ana Alfageme and Isabel Valdés. «Necesito volver a trabajar y sentir que hago algo». EL PAÍS (em espanhol) 
  218. «Cuando se pierde la vida por curar a los demás». EL PAÍS (em espanhol) 
  219. a b «More Spanish politicians confirm they have been infected with the coronavirus». El Pais. Cópia arquivada em 16 de março de 2020 
  220. a b «Government counting on opposition support for coronavirus measures despite lack of dialogue». EL PAÍS (em inglês) 
  221. «Spain's emergency coronavirus measures to be lifted gradually». EL PAÍS (em inglês) 
  222. Gorospe, Pedro. «Urkullu aplaza las elecciones vascas hasta superar la crisis del coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  223. Vizoso, Pedro Gorospe, Sonia. «Galicia y País Vasco aplazan las elecciones hasta superar la crisis del coronavirus». EL PAÍS (em espanhol) 
  224. «Coronavirus: España 'exporta' el primer caso con una mujer ecuatoriana diagnosticada de vuelta a su país». Correo Farmaceutico (em espanhol) 
  225. «Ecuador confirma primera muerte por coronavirus». Infobae (em espanhol) 
  226. «Peru records first confirmed case of coronavirus, President Vizcarra says». Reuters – via www.reuters.com 
  227. «RELATÓRIO DE SITUAÇÃO». Direção-Geral da Saúde 
  228. «RELATÓRIO DE SITUAÇÃO». Direção-Geral da Saúde 
  229. «RELATÓRIO DE SITUAÇÃO». Direção-Geral da Saúde 
  230. «The Latest: Panama confirms 1st case of coronavirus». ABC News 
  231. «Salud confirma los dos primeros casos de COVID-19 en el territorio hondureño». Secretaría de Salud Honduras (em espanhol) 
  232. «Régimen de Maduro confirma dos primeros casos de coronavirus». NTN24.com (em espanhol) 
  233. «Venezuela confirms coronavirus cases amid public health concerns». Reuters 
  234. «Gobierno convoca a viajeros del vuelo 6673 presentarse para cumplir la cuarentena». El Pitazo (em espanhol) 
  235. «Equatorial Guinea announces first coronavirus case». Deccan Herald. Cópia arquivada em 15 de março de 2020 
  236. «電台新聞>本澳今日確診2宗新冠肺炎(2020.03.17 19:47)». www.tdm.com.mo 
  237. «PNG Confirms first Case of Coronavirus-COVID -19» 
  238. Fearing Coronavirus, Abkhazia Extends Travel Ban on Foreigners Except Russians civil.ge
  239. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w x y z aa ab ac ad ae af ag ah ai aj ak al am an ao ap aq ar as at au av aw ax ay az ba bb bc bd be bf bg bh bi bj bk bl bm bn bo bp bq br bs bt bu bv bw bx by bz ca cb cc cd ce cf cg ch ci cj ck cl cm cn co cp cq cr cs ct cu cv cw cx cy cz da db dc dd de df dg dh di dj dk dl dm dn do dp dq dr ds dt du dv dw dx dy dz ea eb ec ed ee ef eg eh ei ej ek el em en eo ep eq er es et eu ev ew ex ey ez fa fb fc fd fe ff fg Restricciones a los viajes de ciudadanos provenientes de España (05/04/2020) Ministerio de Asuntos Exteriores (em espanhol)
  240. TRAVEL RESTRICTIONS AND GUIDELINES Governo da Samoa Americana
  241. a b c d e f g h i j k l m n o p q r s t u v w «IATA - International Travel Document News». www.iatatravelcentre.com 
  242. «Buenos Aires Times | Argentina to close schools for two weeks, borders to visitors» 
  243. «Australia blocks arrival of all non-residents in expanded coronavirus travel ban». Consultado em 19 de março de 2020 
  244. a b c Coronavirus: Some Of These 24 European Countries Have Closed Their Borders To Tourists Forbes
  245. Travel restrictions update for Azerbaijan restrictions.info. Consultado em 25 de março de 2020
  246. a b Coronavirus: Travel restrictions, border shutdowns by country Al Jazeera
  247. a b c d e f g h i j k l m Más de 110 países prohíben ya la entrada a viajeros españoles o les obligan a guardar cuarentena elpais.com (15 de março de 2020) (em espanhol)
  248. Novel Coronavirus (COVID-19) - Information for Travellers, Governo de Bermuda, 10 de março de 2020, consultado em 20 de março de 2020 
  249. «Bolivia cierra fronteras, suspende vuelos y limita el transporte terrestre por el coronavirus | Los Tiempos». Consultado em 3 de abril de 2020 
  250. Botswana imposes travel ban on people entering from 18 high-risk countries newsghana.com.gh
  251. «Brazil restricts land borders with neighbors due to coronavirus». Reuters. 19 de março de 2020 
  252. «Governo restringe entrada de passageiros estrangeiros de voos internacionais». g1.globo.com 
  253. «Visiting». British Indian Ocean Territory. Consultado em 5 de abril de 2020 
  254. BVI Restricts Gatherings to 30, Bans Certain Visitors and Closes Schools in Sweeping Action to Blunt Coronavirus Outbreak The Virgin Islands Consortium
  255. COVID-19 live updates: Tally climbs to 114 with 5 new infections 27 de março de 2020 thescoop.co. Consultado em 27 de março de 2020
  256. Minister Of Home Affairs Explained The Control Of Foreigner's Entry Into The Country 24 de março de 2020 www.brudirect.com. Consultado em 27 de março de 2020
  257. a b c d e f g h i j k l m n o p Travel restrictions, Flight operations and Screening internationalsos.com
  258. a b c d e f Coronavirus: how countries are clamping down on arrivals South China Morning Post
  259. «Canada to bar entry to travellers who are not citizens, permanent residents or Americans | CBC News» 
  260. O'Hare, Maureen & Hardingham, Tamara (17 de março de 2020). «Coronavirus: Which countries have travel bans?». CNN. Consultado em 17 de março de 2020 
  261. «COVID19: Governo declara situação de contingência a nível da Proteção Civil». Governo de Cabo Verde. 17 de março de 2020. Consultado em 20 de março de 2020 
  262. «Governo declara situação de contingência, a nível de Proteção Civil, por causa do Covid-19». TCV. 17 de março de 2020. Consultado em 20 de março de 2020 
  263. a b c d e f g h i j Coronavirus Travel Restrictions, Across the Globe The New York Times
  264. «Ministry of Foreign Affairs of the People's Republic of China, National Immigration Administration Announcement on the Temporary Suspension of Entry by Foreign Nationals Holding Valid Chinese Visas or Residence Permits». Ministry of Foreign Affairs of the People's Republic of China. 26 de março de 2020 
  265. «Colombia cierra sus fronteras durante los próximos 75 días». 16 de março de 2020 – via portfolio.co 
  266. «Nuevo coronavirus en Costa Rica: Gobierno decreta estado de emergencia nacional». La Nación, Grupo Nación 
  267. Cuba anuncia cierre de frontera: solo podrán entrar cubanos y extranjeros residentes adncuba.com> Consultado em 25 de março de 2020
  268. «Cuba bars entry to foreign tourists in bid to contain coronavirus spread». Reuters. 20 de março de 2020. Consultado em 21 de março de 2020 – via www.reuters.com 
  269. As it happened- Coronavirus on Friday, 19:55 13 March 2020- Cyprus limits entry to country /www.bbc.com. Consultado em 15 de março de 2020
  270. «Dominican Republic closes borders over coronavirus, halts all incoming flights». 18 de março de 2020 – via nydailynews.com 
  271. «Egypt Shuts Down Airports, Suspends Air Travel: PM». 16 de março de 2020 
  272. «Estonia to close borders to foreign nationals from 17 March». 15 de março de 2020 
  273. Plea to tourists to refrain from traveling to the Faroe Islands visitfaroeislands.com
  274. «Fiji closes borders». Consultado em 22 de março de 2020 
  275. «Muutokset astuvat voimaan: Koronaviruksen aiheuttama poikkeustila sulkee koulut tänään, rajat kiinni torstaina». Yle (em finlandês). 18 de março de 2020. Consultado em 20 de março de 2020 
  276. Ghana closes borders for arrivals from coronavirus hit countries 15 de março de 2020 www.bloomberg.com. Consultado em 20 de março de 2020
  277. COVID-19 status in Greenland visitgreenland.com
  278. a b «Latin America takes steps to counter coronavirus, Brazil's Bolsonaro snubs warnings». france24.com. 16 de março de 2020 [ligação inativa] 
  279. Government announces enhancements to anti-epidemic measures in four aspects www.info.gov.hk. Consultado em 25 de março de 2020
  280. «UPDATED Coronavirus – Orbán: Hungary Closes Borders for All Passenger Transport, Gov't Bans All Events». 16 de março de 2020 
  281. «Coronavirus a pandemic: India shuts doors for outsiders, under self imposed quarantine». The Economic Times. 12 de março de 2020. Consultado em 12 de março de 2020 
  282. Post, The Jakarta. «COVID-19: Indonesia suspends visa-free policy, expands ban for people from worst-hit countries». The Jakarta Post (em inglês). Consultado em 18 de março de 2020 
  283. a b c d e f g h i j k l m n 62 países han impuesto ya restricciones de entrada a españoles por el coronavirus elmundo.es (em espanhol)
  284. Coronavirus (COVID-19) advisory information Travel Japan - Japan National Tourism Organization (JNTO)
  285. UPDATE 1-Lithuania to close border to foreigners Reuters
  286. Updates and Health Advisory on COVID-19 (Corona Virus) Ethiopian Airlines
  287. Coronavirus: Malawi imposes travel ban malawi24.com
  288. «Malaysia to impose lockdown from Wednesday to 31 March». Straits Times. 17 de março de 2020 
  289. Молдавия закрывает границу из-за коронавируса с 17 марта. tass.ru (15 de março de 2020)
  290. a b Coronavirus: A look at cases and restrictions in the Pacific nzherald.co.nz
  291. «NZ to close its borders to anyone not a citizen or permanent resident., PM confirms». Consultado em 19 de março de 2020 
  292. a b Coronavirus: Which countries have travel bans? CNN
  293. O'Connor, Tom (30 de janeiro de 2020). «China's neighbors close borders as country's coronavirus cases surpass SARS». Newsweek. Consultado em 10 de fevereiro de 2020. Cópia arquivada em 9 de fevereiro de 2020 
  294. TRNC shuts border amid coronavirus outbreak aa.com.tr
  295. «Norway to close ports, airports from Monday to stop coronavirus - PM». Reuters (em inglês). 14 de março de 2020. Consultado em 15 de março de 2020 
  296. «Oman suspends tourist visas, halts sports activities for month». 12 de março de 2020 
  297. «Palestinians announce West Bank tourism ban over coronavirus». 5 de março de 2020 
  298. «Perú anuncia el cierre de todas sus fronteras para evitar el avance de coronavirus: Vigente desde el martes». 16 de março de 2020 
  299. «Pitcairn Islands Tourism». Pitcairn Islands Tourism. Consultado em 3 de abril de 2020 
  300. Portugal to close border with Spain to tourists Business Standard
  301. a b A política de vistos dos Estados Unidos também se aplica a Porto Rico e às Ilhas Virgens Americanas.
  302. «Russia closes borders until May amid coronavirus pandemic». The Independent. 16 de março de 2020 
  303. The Saharawi Government announces new measures to face the world coronavirus pandemic (COVID-19) Sahara Press Service
  304. El Sahara afronta el COVID-19 blindado y con recursos limitados La Vanguardia (em espanhol)
  305. DECRETO-LEGGE 14 marzo 2020 n.51 Bollettino Ufficiale della Repubblica di San Marino (em italiano)
  306. «Somaliland: Country Goes on High Covid-19 Alert, Establishes Stringent Virus Preventive...». menafn.com. Consultado em 20 de março de 2020 
  307. Сообщение Министерства иностранных дел Республики Южная Осетия Министерство иностранных дел - Республики Южная Осетия (em russo)
  308. Abkhazia and South Ossetia scramble to prepare for coronavirus oc-media.org
  309. South Sudan closes airports, borders over COVID-19 outbreak China.org.cn
  310. Press, Europa (16 de março de 2020). «Sudán declara el "estado de emergencia sanitaria" y cierra puertos, aeropuertos y cruces fronterizos por el coronavirus». europapress.es 
  311. «Suriname confirms first coronavirus case, authorities will close borders». Reuters. 13 de março de 2020. Consultado em 13 de março de 2020 – via reuters.com 
  312. Tristan da Cunha Government announces ban on visitors due to coronavirus contagion fears Tristan da Cunha Government News
  313. «Информация для граждан Республики Беларусь, рекомендации Посольства в связи с коронавирусом - Посольство Республики Беларусь в Туркменистане». turkmenistan.mfa.gov.by. Consultado em 20 de março de 2020. Cópia arquivada em 20 de março de 2020 
  314. Coronavirus (COVID-19) Update visittci.com
  315. «UAE suspends issuance of all visas, bans travel to Italy, Turkey, among others». 14 de março de 2020 
  316. «О мерах по предотвращению завоза и распространения инфекции, вызванной коронавирусом COVID-19». government.by (em russo). 30 de março de 2020. Consultado em 30 de março de 2020 
  317. Imposition of a requirement to self-isolate by the Medical Officer of Health under the Emergency Powers (Coronavirus) (Bailiwick of Guernsey) Regulations, 2020 19 de março de 2020 "www.gov.gg". Consultado em 20 de março de 2020
  318. FAQ - Covid-19, questions and answers Ministero della Salute
  319. Travel advice for coronavirus (COVID-19) All travellers to Jersey need to self-isolate 20 de março de 2020 www.gov.je. Consultado em 20 de março de 2020
  320. Lesotho declares national emergency over COVID-19 outbreak MSN News
  321. Mise en place des mesures de prévention contre l’épidémie de Covid-19 dans les îles Wallis et Futuna PRÉFET ADMINISTRATEUR SUPÉRIEUR CHEF DU TERRITOIRE DES ILES WALLIS ET FUTUNA

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Commons
O Commons possui imagens e outros ficheiros sobre Pandemia de COVID-19 na Espanha