Rodrigo Santos Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rodrigo Cunha
Senador por Alagoas
Período 1º de fevereiro de 2019 a atualidade
Deputado Estadual de Alagoas
Período 1º de fevereiro de 2015 até 1º de fevereiro de 2019
Dados pessoais
Nascimento 11 de maio de 1981 (38 anos)
Arapiraca, Alagoas
Partido PSDB
Profissão advogado

Rodrigo Santos Cunha (Arapiraca, 11 de maio de 1981) é um advogado, político brasileiro e atualmente exerce um mandato no Senado Federal filiado ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB).[1]. É filho da ex-deputada federal Ceci Cunha, assassinada em 1998.

Apesar de filiado ao PSDB, fez uma campanha independente. No início da corrida eleitoral, demonstrou insatisfação com a coligação feita por seu partido para a disputa pelo governo do estado e seguiu fazendo campanha sem associar sua imagem à chapa majoritária do partido.[2]

Biografia[editar | editar código-fonte]

Rodrigo Cunha nasceu em 11 de maio de 1981 em Arapiraca. Filho da médica Ceci Cunha e do comerciante Juvenal Cunha. Em 1998, sua mãe, então deputada federal, junto com seu pai e sua avó foram assassinados por tiroteio, o crime foi encomendado pelo suplente da sua mãe para que ele pudesse assumir o cargo de deputado federal.[3]

Nas eleições de 2018, foi eleito senador por Alagoas, obtendo 895.738 votos, o que corresponde a 34,42% dos votos válidos. Assim sendo o Senador mais eleito de seu estado.[2]

Posicionamentos Políticos[editar | editar código-fonte]

Rodrigo Cunha é associado ao movimento Livres, que defende o liberalismo econômico e social.[4][5]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Rodrigo Cunha é casado com Lavínia Cavalcanti, com que namorava desde o Ensino Médio. Com ela, possui dois filhos João Juvenal, nascido em 2008 e Luna Ceci, nascida em 2011.[6]

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre um político brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.