Grupo dos 77

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de G77)
Ir para: navegação, pesquisa
Países membros do Grupo dos 77.

O Grupo dos 77 nas Nações Unidas é uma coalizão de nações em desenvolvimento, que visa promover os interesses económicos coletivos de seus membros e criar uma maior capacidade de negociação conjunta na Organização das Nações Unidas.[1] Havia 77 membros fundadores da organização, mas a organização, desde então, expandiu para 131 países membros. Em 2011 a Argentina esteve na presidência do grupo.[2] Outros países sul-americanos, além disso, já presidiram o Grupo dos 77: o Peru (1971-1972), a Venezuela (dois mandatos: 1980-1981 e 2002), a Bolívia (1990), a Colômbia (1993) e a Guiana (1999).[3]

O grupo foi fundado em 15 de junho de 1964 pela "Declaração Conjunta dos Setenta e Sete Países" emitida na Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD).[4] A primeira reunião importante foi em Argel, em 1967, quando o Carta de Argel foi adotada e a base para as estrutras institucionais permanentes foi iniciada. Há seções do Grupo dos 77, em Roma (FAO), Viena (ONUDI), Paris (UNESCO), Nairobi (UNEP) e o Grupo dos 24 em Washington, DC (FMI e Banco Mundial).

Membros[editar | editar código-fonte]

Membros fundadores[editar | editar código-fonte]

  1.  Afeganistão
  2.  Argélia (1981–1982, 2009)
  3.  Argentina
  4.  Benim
  5.  Bolívia (1990)
  6.  Brasil
  7.  Burkina Faso
  8.  Camboja
  9.  Camarões
  10.  República Centro-Africana
  11.  Chade
  12.  Chile
  13.  Colômbia (1992)
  14.  República Democrática do Congo (Kinshasa)
  15.  Congo (Brazzaville)
  16.  Costa Rica (1996)
  17.  Cuba
  18.  República Dominicana
  19.  Equador
  20.  Egito (1972–1973, 1984–1985)
  21.  El Salvador
  22.  Etiópia
  23.  Gabão
  24.  Gana (1991)
  25.  Guatemala (1987)
  1.  Guiné
  2.  Haiti
  3.  Honduras
  4.  Índia (1970–1971, 1979–1980)
  5.  Indonésia (1998)
  6.  Irã (2001)
  7.  Iraque
  8.  Jamaica (1977–1978, 2005)
  9.  Jordânia
  10.  Quénia
  11.  Kuwait
  12.  Laos
  13.  Líbano
  14.  Libéria
  15.  Líbia
  16.  Madagáscar (1975–1976)
  17.  Malásia (1989)
  18.  Mali
  19.  Mauritânia
  20.  Marrocos (2003)
  21.  Myanmar
  22.  Nepal
  23.  Nicarágua
  24. Níger
  25. Nigéria (2000)
  1.  Paquistão (1976–1977, 1992, 2009)
  2.  Panamá
  3.  Paraguai
  4.  Peru (1971–1972)
  5.  Filipinas (1995)
  6.  Ruanda
  7.  Arábia Saudita
  8.  Senegal
  9.  Serra Leoa
  10.  Somália
  11.  Sri Lanka
  12.  Sudão (2009)
  13.  Síria
  14.  Tanzânia (1997)
  15.  Tailândia
  16.  Togo
  17.  Trinidad e Tobago
  18.  Tunísia (1978–1979, 1988)
  19.  Uganda
  20.  Uruguai
  21.  Venezuela (1980–1981, 2002)
  22.  Vietname
  23.  Iémen

Outros membros[editar | editar código-fonte]

  1.  Angola
  2.  Antigua e Barbuda (2008)
  3.  Bahamas
  4.  Bahrain
  5.  Bangladesh (1982–1983)
  6.  Barbados
  7.  Belize
  8.  Butão
  9.  Bósnia e Herzegovina
  10.  Botswana
  11.  Brunei
  12.  Burundi
  13. Cabo Verde Cabo Verde
  14.  República Popular da China
  15.  Comores
  16. Costa do Marfim
  17.  Djibouti
  18.  Domínica
  19. Guiné Equatorial
  1.  Eritreia
  2.  Fiji
  3.  Gâmbia
  4.  Granada
  5. Guiné-Bissau
  6.  Guiana (1999)
  7.  Lesoto
  8.  Malawi
  9.  Maldivas
  10.  Ilhas Marshall
  11.  Maurícia
  12. Estados Federados da Micronésia
  13.  Mongólia
  14.  Moçambique
  15. Namíbia
  16. Coreia do Norte
  17.  Oman
  18.  Palestina
  19.  Papua-Nova Guiné
  1.  Catar (2004)
  2.  São Cristóvão e Nevis
  3.  Santa Lúcia
  4.  São Vicente e Granadinas
  5.  Samoa
  6.  São Tomé e Príncipe
  7.  Seychelles
  8.  Singapura
  9.  Ilhas Salomão
  10.  África do Sul (2006)
  11.  Suriname
  12.  Suazilândia
  13.  Tajiquistão
  14. Timor-Leste
  15.  Tonga
  16.  Turquemenistão
  17.  Emirados Árabes Unidos
  18.  Vanuatu
  19.  Zâmbia
  20.  Zimbabwe

Ex-membros[editar | editar código-fonte]

  1.  Nova Zelândia
  2.  México (Membro fundador)
  3.  Coreia do Sul (Membro fundador)
  4. Iugoslávia (Membro fundador)
  5.  Chipre (Membro fundador)
  6.  Malta
  7. Palau
  8.  Roménia

Referências

  1. About the Group of 77:Aims
  2. Agência Brasil: Argentina assume a presidência do G77+China. agenciabrasil.ebc.com.br. Página visitada em 12 de janeiro de 2011.
  3. The Group of 77 - Presiding Countries in New York. g77.org. Página visitada em 21 de julho de 2013.
  4. About the Group of 77:Establishment
Ícone de esboço Este artigo sobre a ONU é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.