Senador Vasconcelos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Senador Vasconcelos
Bairro do Rio de Janeiro Bandeira do Município do Rio de Janeiro.png
Área: 644,18 ha (em 2003)
Fundação: 23 de julho de 1981
IDH: 0,802[1] (em 2000)
Habitantes: 30 600 (em 2010)[2]
Domicílios: 11 278 (em 2010)
Limites: Campo Grande, Santíssimo
e Senador Camará[3]
Região Administrativa: XVIII R.A.(Campo Grande)

Senador Vasconcelos é um bairro da Zona Oeste da cidade do Rio de Janeiro de classe média-baixa.

Faz limite com os bairros de Campo Grande, Santíssimo e Senador Camará.[4]

Seu IDH, no ano 2000, era de 0,802, o 90º melhor da cidade do Rio de Janeiro.[5]

História[editar | editar código-fonte]

A região fazia parte do traçado da Estrada Real de Santa Cruz. Sua história se confunde com a do bairro de Campo Grande, com limites entre as fazendas das Capoeiras e do Lameirão. Mais tarde, por ela passou a antiga estrada Rio-São Paulo que, em viaduto, ultrapassava linha férrea do ramal de Mangaratiba (atual de Santa Cruz), onde foi instalada, em 1914, a estação Senador Augusto Vasconcelos, em homenagem a um senador federal, que deu, também, nome ao bairro. Como curiosidade, próximo à igreja de São Pedro, na avenida de Santa Cruz, existia uma estalagem onde o imperador Dom Pedro I costumava pernoitar em suas viagens à Fazenda Real de Santa Cruz.

Atualmente, o bairro possui uma estação de trem (Ramal de Santa Cruz) e possui um dos melhores índices de desenvolvimento humano da região.

Suas principais vias são : Estrada do Pré e Rua Artur Rios que ligam a Campo Grande e Avenida Santa Cruz que liga o bairro à Realengo.

Dados[editar | editar código-fonte]

Senador Vasconcelos faz parte da XVIII Região administrativa (Campo Grande) da cidade do Rio de Janeiro.

Bairros integrantes da região administrativa são: Campo Grande, Cosmos, Inhoaíba, e Senador Vasconcelos.

A denominação, delimitação e codificação do Bairro foi estabelecida pelo Decreto Nº 3158, de 23 de julho de 1981 com alterações do Decreto Nº 5280, de 23 de agosto de 1985.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Rio de Janeiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.