Waldez Góes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Waldez Góes
Waldez Góes
8.º Governador do  Amapá
Período 1 de janeiro de 2015
em exercício
Antecessor(a) Camilo Capiberibe
5.º Governador do  Amapá
Período 1 de janeiro de 2003
5 de abril de 2010
Antecessor(a) Maria Dalva de Sousa Figueiredo
Sucessor(a) Pedro Paulo Dias
Deputado Estadual pelo  Amapá
Período 1995 — 1999
Vida
Nascimento 29 de outubro de 1961 (55 anos)
Gurupá, PA
Dados pessoais
Partido PDT

Antônio Waldez Góes da Silva (Gurupá, 29 de outubro de 1961) é um político brasileiro filiado ao Partido Democrático Trabalhista (PDT). Atualmente, Waldez Góes é o governador do Estado do Amapá.

Carreira política[editar | editar código-fonte]

Foi deputado estadual de 1995 a 1999. Concorreu à prefeitura de Macapá em 1996, mas perdeu para Aníbal Barcelos.[1] Também concorreu ao governo do estado em 1998, mas foi derrotado por João Capiberibe, do PSB, no segundo turno.[2]

Foi governador do estado do Amapá eleito em 2002, em disputa no segundo turno com Dalva Figueiredo, do PT,[3] e reeleito em 2006, já no primeiro turno.[4] Deixou o governo do estado no dia 4 de abril de 2010 para concorrer nas eleições ao cargo de senador, deixando no cargo o vice-governador, Pedro Paulo Dias.[5] Com 106.751 votos, ocupou o terceiro lugar e foi derrotado por Randolfe Rodrigues, do PSOL, e por Gilvam Borges, do PMDB.[6]

Em 10 de setembro de 2010 foi preso pela Polícia Federal, junto de outras 17 pessoas, dentre elas o vice-governador de sua chapa Pedro Paulo Dias, durante a Operação Mãos Limpas. Todos acusados de integrar uma organização criminosa que desviava recursos públicos da educação do estado do Amapá e da União estimados em R$ 300 milhões.[7] Foi solto da carceragem da Superintendência da Polícia Federal, em Brasília, junto do vice, em 20 de setembro.[8]

Referências

  1. «Tribunal Superior Eleitoral - Eleições 1996 - Apuração». Consultado em 29 de outubro de 2010 
  2. «Tribunal Superior Eleitoral - Eleições 1998 - Apuração». Consultado em 29 de outubro de 2010 
  3. «Tribunal Superior Eleitoral - Eleições 2002 - Apuração». Consultado em 29 de outubro de 2010 
  4. «UOL - Eleições 2006 - Apuração - Amapá». Consultado em 29 de outubro de 2010 
  5. Ana Conceição; Gustavo Uribe (31 de março de 2010). «Dez governadores devem deixar o cargo até sábado». Istoé Dinheiro. Consultado em 29 de outubro de 2010 
  6. «UOL - Eleições 2010 - Apuração - Amapá». Consultado em 29 de outubro de 2010 
  7. «Ex-governador do Amapá Waldez Goés também é preso, diz advogado». G1. 10 de setembro de 2010. Consultado em 29 de outubro de 2010 
  8. Alcinéa Cavalcante (20 de setembro de 2010). «Solto pela PF, Pedro Paulo reassume governo do AP». O Estado de S. Paulo. Consultado em 29 de outubro de 2010 


Precedido por
Camilo Capiberibe
Governador do Amapá
2015 — em exercício
Sucedido por
'
Precedido por
Dalva Figueiredo
Governador do Amapá
2003 — 2010
Sucedido por
Pedro Paulo Dias


Ícone de esboço Este artigo sobre uma pessoa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.