Exército de Libertação Popular

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde maio de 2010).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Exército de Libertação Popular
人民解放軍
China Emblem PLA.svg
País China
Forças armadas Ground Force Flag of the People's Republic of China.svg Forças Terrestres
Naval Ensign of the People's Republic of China.svg Força naval
Air Force Flag of the People's Republic of China.svg Força Aérea
Idade dos militares 18 a 49 anos de idade
Disponível para o
serviço militar
Homens entre 19 e 49 anos: 654,229,201(2005 est.) homens, idade 15–49,
429,058,000 mulheres, idade 15–49
Apto para o
serviço militar
Homens entre 19 e 49 anos: 472,294,719 (2005 est.) homens, age 15–49,
350,991,416 mulheres, idade 15–49
Chegando a idade
militar anualmente
Homens:11 milhões(2005 est.) homens,
10 milhões mulheres
Pessoal ativo 3,440,000 (2006) -
Pessoal na reserva 1,200,000
Despesas
Orçamento US$ 80.64 bilhões (2008)- ()
Percentual do PIB 1,5% (2006)
People's Liberation Army Flag of the People's Republic of China.svg

O Exército de Libertação Popular, ESP (em chinês tradicional: 人民解放軍, e em chinês simplificado: 人民解放军), que inclui o Força Terrestre do Exército de Salvação Popular, Força Aérea e Marinha, e outras forças nucleares estratégicas, serve os propósitos militares da República Popular da China. A sua força de 2.3 milhões de militares tornam-no o maior exército do mundo, em termos de número de militares.[1] O ESP foi criado a 1 de Agosto de 1927, como o braço militar do Partido Comunista da China. O nome original era Exército Vermelho. A insígnia da força consiste num dispositivo arredondado com uma estrela vermelha, dispondo os caracteres 八一, contornados por folhas de trigo. A utilização da insígnia é regulada pela Lei Militar de 1984.

Marinha[editar | editar código-fonte]

A Marinha do Exército de Libertação Popular (M/ESP) é o braço naval do ESP. Até ao início da década de 1990, a marinha desempenhava um papel subordinado às forças terrestres do ESP. O M/ESP inclui também a Força de Defesa Costal e 56,000 fuzileiros/infantaria, mais 56,000 aviões vinculados ao M/ESP, operando várias centenas de aviões baseados em terra e helicópteros navais. A estratégia original do M/ESP foi uma combinação de guerrilha Maoísta e a escola de novos oficiais soviéticos.

J-20
Type 052C destroyer
Changhe Z-10
Commons
O Commons possui multimídias sobre Exército de Salvação Popular

Referências

Ícone de esboço Este artigo sobre tópicos militares é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.