Saque de Roma (410)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita uma ou mais fontes fiáveis e independentes, mas ela(s) não cobre(m) todo o texto (desde Maio de 2013).
Por favor, melhore este artigo providenciando mais fontes fiáveis e independentes e inserindo-as em notas de rodapé ou no corpo do texto, conforme o livro de estilo.
Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoYahoo!Bing. Veja como referenciar e citar as fontes.
Um miniatura do século XV retrata o saque de Roma em 410 d.C.

O saque de Roma de 410 d.C. pelos visigodos, ocorreu sob o comando do rei Alarico I.[1] [2] .

O evento ocorreu em 24 de agosto de 410 d.C. e foi a primeira vez em quase 800 anos que a cidade de Roma caiu em mãos de invasores. A vez anterior foi pelos gauleses sob Breno, em 387 a.C.. Alguns historiadores vêem o saque de 410 como um marco no declínio e queda do Império Romano do Ocidente.

A capital do Império Romano do Ocidente foi mudada para Ravena pelo jovem imperador Honório, sucessor de Teodósio no Ocidente, depois que os visigodos entraram na península Itálica.

Referências

  1. Wells 1972, p. 800
  2. Roberts 1993, p. 231

Bibliografia[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre História Militar é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.