Região fiscal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Mapa político do Brasil, mostrando sua subdivisão por regiões fiscais.

O território brasileiro, para fins de descentralização dos serviços a cargo do Ministério da Fazenda é dividido em 10 regiões fiscais, assim distribuídas[1]:

Região Sede Jurisdição territorial
1ª Região Fiscal (RF1) Brasília
2ª Região Fiscal (RF2) Belém
3ª Região Fiscal (RF3) Fortaleza
4ª Região Fiscal (RF4) Recife
5ª Região Fiscal (RF5) Salvador
6ª Região Fiscal (RF6) Belo Horizonte
7ª Região Fiscal (RF7) Rio de Janeiro
8ª Região Fiscal (RF8) São Paulo
9ª Região Fiscal (RF9) Curitiba
10ª Região Fiscal (RF10) Porto Alegre
 Estados e territórios federais extintos após 1965
 Estados criados após 1965

 Territórios federais transformados em Estados após 1965

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências