Saltar para o conteúdo

Diferenças entre edições de "Oeiras (Piauí)"

12 bytes removidos ,  12h48min de 2 de junho de 2020
m
Etiquetas: Edição via dispositivo móvel Edição feita através do sítio móvel
Domingos tornou-se proprietário de muitas fazendas de gado no sul do [[Piauí]], dentre elas merece destaque a [[Fazenda Cabrobó]], no vale do [[Riacho Mocha]], possivelmente fundada na década de 1670, que deu origem ao núcleo populacional da Vila da Mocha (hoje Oeiras), primeira capital do Piauí.
 
Em 1697, dois padres [[Companhia de Jesus|jesuítas]], sendo o principal deles [[Miguel Carvalho (jesuíta)|Miguel Carvalho]], construíram uma pequena uma pequena capela de taipa e palha, no lugar onde se desenvolveria a Vila da Mocha<ref>{{citar web | url=http://www.overmundo.com.br/banco/oeiras-e-patrimonio-cultural-do-brasil | título=Fragmentos do Relatório apresentado ao Conselho Consultivo do IPHAN em 25-01-2012 }} acesso em 09 de novembro de 2016.</ref>.
 
Em 1711, Domingos morreu, sem deixar herdeiros, e destinou seus bens para a [[Companhia de Jesus]] (jesuítas), sendo que a Fazenda Cabrobó seria a mais importante dentre as fazendas administradas pelos jesuítas em terras legadas por Domingos<ref name="anpuh">{{citar web | url=http://anais.anpuh.org/wp-content/uploads/mp/pdf/ANPUH.S25.1030.pdf | título=Padres e Fazendeiros no Piauí Colonial – Século XVIII | acessodata=2016-11-10 | arquivourl=https://web.archive.org/web/20161109224530/http://anais.anpuh.org/wp-content/uploads/mp/pdf/ANPUH.S25.1030.pdf | arquivodata=2016-11-09 | urlmorta=yes }} acesso em 09 de novembro de 2016.</ref>.
8

edições