Centro de Excelência em Tecnologia Eletrônica Avançada

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde janeiro de 2017). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
CEITEC S.A.
Ceitec
Tipo Empresa pública
Slogan soluções em identificação automática (RFID e smartcards) e aplicações específicas (ASICs)
Indústria Chips, Semicondutores
Fundação 10 de novembro de 2008
Sede Porto Alegre
Pessoas-chave Paulo de Tarso Mendes Luna Presidente
Produtos Chip de Identificação Animal (Chip do Boi), Chip de Logística, Chip de Identificação Veicular, Chip para Controle de Perecíveis, Chip do Passaporte
Website oficial www.ceitec-sa.com

A CEITEC S.A. é uma empresa pública vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) que atua no segmento de semicondutores desenvolvendo soluções para identificação automática (RFID e smartcards) e para aplicações específicas (ASICs). A empresa projeta, fabrica e comercializa circuitos integrados para aplicações como identificação de animais, medicamentos, hemoderivados, pessoas e veículos, além de autenticação, gestão de inventário, controle de ativos, entre outras. Localizada em Porto Alegre, no estado do Rio Grande do Sul, a CEITEC S.A. desempenha o papel estratégico no desenvolvimento da indústria de microeletrônica do Brasil.

A CEITEC S.A. tem como missão posicionar o Brasil como um player global em microeletrônica. Inicialmente, a empresa está focada nos mercados do Brasil e da América Latina, por meio da oferta de seus produtos para clientes privados e estatais. Por meio das Divisões de Desenvolvimento de Produtos e Negócios, Design, Fábrica e Pesquisa e Desenvolvimento, a CEITEC S.A. atua no mercado global de semicondutores, basicamente, de três formas: concepção, prototipagem e validação de CIs, fabricação de CIs e venda de CIs e de soluções de microeletrônica baseadas nesses circuitos.

Histórico[editar | editar código-fonte]

O projeto CEITEC começou a tomar forma em 2000, quando um protocolo de intenções foi firmado entre os governos municipal, estadual e federal, instituições de ensino superior e empresas privadas (incluindo a Motorola). Em 20 de abril de 2002 foi realizada a assembléia de fundação de uma associação civil que daria início aos trabalhos. Em 2005 iniciaram-se as atividades do Centro de Design, onde são desenhados os projetos de chips, nos parques tecnológicos da UFRGS e da PUCRS. No mesmo ano, também começou a construção do prédio de pesquisa e manufatura da futura empresa, localizado no bairro Lomba do Pinheiro.

Em 2008, o governo federal decidiu encampar o projeto CEITEC. Em 10 de novembro de 2008, por meio de decreto presidencial, foi criada a empresa pública CEITEC S.A. Em 27 de março de 2009, o prédio Administrativo e o Design Center da empresa foram inaugurados.

Em 5 de fevereiro de 2010, o então presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, inaugurou a Sala Limpa da Fábrica da empresa. No mesmo ano, a CEITEC começou a realizar os primeiros testes de seu primeiro produto, o Chip do Boi, em fazendas do interior dos estados de Mato Grosso do Sul (MS) e Minas Gerais (MG).

Em 28 de julho de 2010, o MCTI nomeia o físico e professor Cylon Gonçalves da Silva como presidente da empresa.

Em 13 de junho de 2011, a empresa concluiu a fase de projeto do CTC11002 (Chip do Boi), que estava pronto para produção em escala comercial. No dia 29 de agosto do mesmo ano, a CEITEC S.A e a empresa alemã X-FAB firmaram um acordo de transferência de tecnologia para produção de circuitos integrados. Dois meses depois, a empresa anunciou a produção do Chip do Boi em escala comercial.

Em 13 de julho de 2012, a CEITEC anunciou a fabricação das primeiras lâminas de silício em sua planta em Porto Alegre. Cerca de um mês depois, em 29 de agosto de 2012, o Grupo Fockink lançou um brinco eletrônico para uso em identificação animal com o Chip do Boi da CEITEC. No mesmo ano, em 14 de setembro, a CEITEC assinou um importante convênio com a Casa da Moeda do Brasil para a produção do chip do passaporte brasileiro.

Em 6 de junho de 2013, o CTC13001, chip de múltiplas aplicações em logística da CEITEC, torna-se o primeiro circuito integrado do país a obter o reconhecimento de tecnologia com desenvolvimento nacional.

Em 26 de julho de 2013, o físico Cylon Gonçalves da Silva conclui seu mandato de três anos à frente da CEITEC. O professor Marcelo Lubaszewski, diretor de Design da CEITEC, assume a presidência interina da empresa.

Em 4 de outubro de 2013, a CEITEC lança o CTC13001 T, dispositivo para aplicações em logística com sinal de violação de tags.

Em 18 de novembro de 2013, a CEITEC começa a produção em volume comercial do chip CTC13100, para uso no programa Siniav.

Em 31 de outubro de 2014, a CEITEC S.A. alcança a marca histórica de 10 milhões de unidades vendidas do chip CTC13001.

Em 7 de outubro de 2015 a CEITEC lança seu novo produto, o chip CTC13002, no RFID Journal Live! Brasil 2015. Novo integrante da família CTC13000, o CTC13002 é o primeiro chip do Hemisfério Sul a receber a certificação EPCglobal Class 1 Gen 2, o mais importante padrão para identificação eletrônica.

Em 11 de novembro de 2015 a CEITEC é uma das homenageadas no XVIII Prêmio Automação, promovido pela GS1 Brasil, que premia soluções de automação que aumentam a eficiência e a competitividade no mercado. A CEITEC foi homenageada pela conquista da certificação internacional EPCglobal Class 1 Gen 2 para o chip CTC13002.

Em 9 de setembro de 2016, o MCTIC nomeia o engenheiro e professor Paulo de Tarso Mendes Luna como presidente da empresa.

Em 10 de janeiro de 2017, o Chip do Passaporte da CEITEC recebe a certificação internacional de segurança Common Criteria, que permitirá a produção do chip para passaporte no País.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.