Avenida Jornalista Roberto Marinho

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Placa av rmarinho.jpg
Subprefeitura: Santo Amaro
Bairro: Brooklin, Campo Belo
Início*: Marginal Pinheiros
Término*: Avenida Lino de Morais Leme
Comprimento: 5.100 m
Abertura: 1995
Designação anterior: Avenida Águas Espraiadas
(*):O início e o término do logradouro geralmente é indicativo, apontando as vias principais.

A Avenida Jornalista Roberto Marinho, originalmente denominada Avenida Água Espraiada, é uma importante avenida do município de São Paulo. Inicia-se na Marginal Pinheiros, na Ponte Octávio Frias de Oliveira conhecida como ponte Estaiada e termina na Avenida Doutor Lino de Moraes Leme, no distrito do Campo Belo.

História[editar | editar código-fonte]

As margens do Córrego Água Espraiada foram desapropriadas pelo Departamento de Estradas de Rodagem em 1972, para que ali fosse implantado um pequeno anel rodoviário, mas a ideia foi abandonada devido a seu alto custo, e a desapropriação foi cancelada em 1984.[1] Um ano depois a Câmara Metropolitana de Transportes recomendou a urbanização das margens do córrego, com a construção de uma avenida.[1]

O projeto da avenida foi iniciado pelo ex-prefeito Jânio Quadros, que no entanto deixou o cargo antes de iniciar a construção. A obra foi interrompida por Luiza Erundina e retomada por Paulo Maluf em 1993.

Na sua inauguração no final de 1995, fora concluído apenas 4,5 quilômetros, ao custo de 840 milhões de reais, o que a tornou a avenida mais cara do mundo na época.[2] As suspeitas de superfaturamento levaram a questão à CPI do Banestado, sobre evasão de divisas, em 1993.[3]

Inaugurada como Avenida Água Espraiada, a avenida teve seu nome alterado em dezembro de 2003, pela prefeita Marta Suplicy.[4] A mudança homenageia o jornalista Roberto Marinho, falecido em agosto do mesmo ano, aos 98 anos de idade. A mudança de nome foi feita em desrespeito à Lei Municipal 13 180, que desde 2001 permite mudança de nome de ruas apenas em casos de homonimia (ruas com nomes iguais ou muito parecidos) ou quando se tratar de nome "suscetível de expor ao ridículo moradores ou domiciliados no entorno".[5] A homenagem foi justificada com a frase "não se escreve a história do Brasil nos séculos 20 e 21 sem o jornalista Roberto Marinho".[6]

No dia 18 de outubro de 2004 grupos defensores do controle à imprensa rebatizaram informalmente a Avenida Jornalista Roberto Marinho de "Avenida Vladimir Herzog", pois consideraram aviltante o rebatismo feito pelo poder municipal, que homenageava um jornalista que havia apoiado o governo militar. Em protesto, fizeram o rebatismo popular para o nome do jornalista morto durante o governo militar em 1975. A manifestação foi reprimida pela polícia com violência e prisão.[7] Ativistas radicais recorrentemente vandalizam placas sinalizadoras e escrevem, ao invés do verdadeiro nome da avenida, "Avenida Vladimir Herzog".

Obra Concluída em 2009.

Em 2008 o prefeito Gilberto Kassab inaugurou o Complexo Viário Real Parque, composto pela Ponte Octávio Frias de Oliveira e duas alças de acesso que ligam a Avenida Roberto Marinho à Marginal Pinheiros. Esta obra corresponde à primeira fase da expansão da avenida.

No futuro, planeja-se a extensão da avenida até a Rodovia dos Imigrantes, servindo como alternativa à já saturada Avenida dos Bandeirantes. Este projeto será feito em duas etapas. Na primeira, haverá a ligação do final da avenida com a Rua Pedro Bueno e, na segunda etapa, será construído um túnel que dará acesso direto à Imigrantes, com saída para Avenida Engenheiro George Corbisier, facilitando o acesso à Rodovia dos Imigantes e à Avenida Doutor Ricardo Jafet. Também serão construídos dois parques.

Referências

  1. a b (24 de agosto de 1985) "Adiada resolução sobre o córrego Águas Espraiadas". Folha de S. Paulo (20 597): 20. São Paulo: Empresa Folha da Manhã S.A.. ISSN 14145723.
  2. Isto É A Rua Mais Cara do Mundo - 21/01/1998
  3. Veja On-line345 milhões de dólares… - 12/05/2008 - visitado 11/10/2008
  4. Folha On Line Marta encaminha projeto que muda nome de via para Roberto Marinho - 14/08/2003
  5. leismunicipais.com.br Lei Municipal 13.180
  6. Folha On Line, Gilberto Dimenstein Av. Água Espraiada é agora Jornalista Roberto Marinho - 05/12/2003
  7. Portal Imprensa Homenagem a Vladimir Herzog termina com estudante de comunicação preso em São Paulo - 25/10/2004
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia de São Paulo é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.