Iguatemi São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Iguatemi São Paulo
Localização Avenida Brigadeiro Faria Lima, 2232
Jardim Paulistano, São Paulo, SP, Brasil[1]
Inauguração 28 de novembro de 1966 (47 anos)
Slogan Uma experiência única
Administração Iguatemi Empresa de Shopping Centers S.A.
Números
Lojas 330
Área Construída: 129.747
Estacionamento 1.824 vagas
Salas de
cinema
6 salas Cinemark[2]
Página oficial http://www.iguatemisp.com.br

O Iguatemi São Paulo é um shopping center da cidade de São Paulo, capital do estado brasileiro homônimo. É administrado pela Iguatemi Empresa de Shopping Centers S.A..

É considerado um dos mais badalados centros de compras do Brasil, tendo importância nacional, segundo a revista Exame.[3]

Localizado na avenida Brigadeiro Faria Lima (antiga rua Iguatemi), na região dos Jardins, foi inaugurado em novembro de 1966, buscando inspiração num novo conceito de comércio que se estava iniciando no mundo. O Iguatemi paulistano é considerado, por seu site oficial[4] , por alguns órgãos de imprensa[5] [6] [7] , e pela Associação Brasileira de Shopping Centers[8] como sendo o primeiro shopping center do Brasil, embora haja alguma controvérsia em relação ao Shopping do Méier.[8]

O Iguatemi reúne o maior número de griffes nacionais e internacionais e é marcado pela sofisticação de seu interior.[carece de fontes?] Conta com oito cinemas, duas agências bancárias e 330 lojas, sendo quatro âncoras (Pão de Açúcar Especial, C&A, Lojas Americanas e Zara).

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Página do Shopping Iguatemi São Paulo na ABRASCE (em português). Página visitada em 23/08/2009.
  2. Shopping Iguatemi São Paulo • Programação dos Cinemas (em português). Página visitada em 24/08/2009.
  3. Os centros de compras mais badalados do Brasil
  4. Shopping Center Iguatemi São Paulo • Sobre o Shopping (em português). Página visitada em 24/08/2009.
  5. Histórias de um pioneiro (em português) (23/04/2008). Página visitada em 24/08/2009.
  6. Meyer, Carolina (04/09/2008). Discórdia no mundo do luxo (em português). Página visitada em 24/08/2009.
  7. Veja São Paulo 20 Anos, ANTES E DEPOIS (em português). Página visitada em 24/08/2009.
  8. a b Bartoly, Flávio Sampaio. Shopping Center: entre o lugar e o não-lugar (PDF) (em português) Sítio da Universidade Federal Fluminense (UFF). Página visitada em 20 de fevereiro de 2013. "nota de rodapé nº 35 na pág. 72"

Ligações externas[editar | editar código-fonte]