La gata (2014)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de La gata (telenovela de 2014))
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Se procura outros significados, veja La gata.
La gata
A Gata (BR)
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero
Duração 42-45 minutos (cap. 1-120)
85 minutos (cap. 121)
Estado Encerrada
Criador(es) Nathalie Lartilleux
Baseado em La gata de Inés Rodena
Desenvolvedor(es) Televisa
País de origem México
Idioma original Espanhol
Produção
Diretor(es) Claudio Reyes Rubio
Victor Manuel Fouilloux
Victor Rodríguez
Produtor(es) Nathalie Lartilleux
Câmera Multicâmera
Distribuída por Televisa
Elenco Maite Perroni
Daniel Arenas
Monika Sánchez
Laura Zapata
Erika Buenfil
Pilar Pellicer
Juan Verduzco
Jorge Poza
Ver mais
Tema de abertura «Vas a querer volver» por Maite Perroni
Tema de encerramento «Todo lo que soy» por Maite Perroni & Alex Ubago
Empresa(s) de produção Televisa
Localização
Exibição
Emissora de televisão original Las Estrellas
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Formato de áudio Estéreo
Transmissão original 5 de maio19 de outubro de 2014
N.º de episódios 121 (Versão Original)
122 (Versão Internacional)
126 (Versão Brasil)
Cronologia
Por siempre mi amor
Muchacha italiana viene a casarse
Programas relacionados La gata (1968)
La gata (1970)
La fiera (1983)
Rosa salvaje (1987)
Rubí rebelde (1989)
Cara sucia (1992)
Por un beso (2000)
Gata salvaje (2002)
Seus Olhos (2004)
Pobre diabla (2009)

La gata (A Gata (título no Brasil) ) é uma telenovela mexicana produzida por Nathalie Lartilleux para a Televisa e exibida pelo Las Estrellas entre 5 de maio e 19 de outubro de 2014 em 121 capítulos, sucedendo Por siempre mi amor e antecedendo Muchacha italiana viene a casarse. Baseada no romance mexicano homônimo de Inés Rodena.

Foi protagonizada por Maite Perroni e Daniel Arenas, com atuações estrelares de Erika Buenfil e Manuel Ojeda e antagonizada por Laura Zapata, Juan Verduzco, Monika Sánchez e Alejandra Robles Gil.

Enredo[editar | editar código-fonte]

Gtk-paste.svg Aviso: Este artigo ou se(c)ção contém revelações sobre o enredo.

Esmeralda (Patricia Maqueo), a quem todos conhecem como “A Gata”, cresceu em uma comunidade pobre e em condições miseráveis; desde pequena mora com dona Rita (Pilar Pellicer), que a explora mandando-a às ruas para vender doces ou pedir esmolas para ter direito à comida e ao teto onde possa dormir. Ainda na infância, torna-se amiga de Paulo (José Eduardo Álvarez), um garoto rico que sente um grande carinho por ela e trata de ajudá-la, mas, às escondidas de Lorena (Laura Zapata), sua mãe, que despreza “A Gata”, já que seus preconceitos sociais a levam a discriminar as pessoas humildes e sem estudo.

Com o tempo, Esmeralda (Maite Perroni) torna-se uma bela mulher e, mesmo que ainda continue muito pobre, aprendeu a se arrumar para Paulo (Daniel Arenas), para que ele a veja bonita. Ambos cresceram juntos, no entanto, Pablo se nega a admitir que sinta por ela algo mais que carinho, mas quando aceita isso, declara seu amor e comunica aos seus pais que se casará com Esmeralda assim que puder sustentá-la. Augusto, seu pai, finge estar de acordo com os planos de seu filho, entretanto, faz o possível para evitar a todo custo que consiga um emprego. Por sua parte, Lorena trata de despertar seu interesse por Mônica (Paloma Ruiz de Alda), uma jovem de boa posição social, a fim de que ele se esqueça da “Gata”.

Augusto convence Paulo de que deve fazer sua graduação no exterior, com o pretexto de que lá poderá encontrar trabalho mais facilmente e, assim, realizar seu desejo de se casar com Esmeralda. Paulo não imagina a intriga que está por trás desta proposta, e aceita; mesmo que esta decisão cause sofrimento em Esmeralda, ela se conforma, também confiando nos pais de Paulo.


Apesar de tudo, Esmeralda e Paulo lutam por sua felicidade e se casam às escondidas antes que que ele parta. Tempo depois, Esmeralda descobre que está grávida e, apesar de tentar se comunicar por todos os meios com Paulo, os pais dele e dona Rita evitam a todo custo que o casal volte a se encontrar. Augusto semeia dúvidas em Paulo sobre a reputação de Esmeralda, fazendo-o acreditar que ela o enganou e se envolveu com outro homem; enquanto isso, fazem com que Esmeralda acredite que foi abandonada por Paulo.

Esmeralda conta apenas com o apoio de “Jacira” (Leticia Perdigón), uma mulher que gosta dela e a protege dos maus-tratos e abusos de dona Rita; e também com o carinho incondicional de Perla (Erika Buenfil), uma mulher louca que chegou para morar no lixão, mas que imediatamente despertou por Esmeralda uma conexão muito especial. O que Esmeralda não imagina é que aquela louca, é sua mãe, Branca, que enlouqueceu quando sua filha desapareceu e seu marido, Fernando da Santa Cruz, foi acusado de matar um homem, sendo condenado uma sentença injusta por ter reagido em sua própria defesa. Na verdade, foi condenado pelas artimanhas ilícitas de seu advogado defensor e depois de ser levado à prisão, lhe fizeram acreditar que sua esposa e sua filha haviam morrido. A realidade é que Esmeralda foi roubada e entregue a dona Rita por ordens de Augusto, o mesmo homem que o enviou à prisão.

Chega o dia mais esperado e Esmeralda dá à luz os seus filhos gêmeos, mas nem imagina que a partir daí é que terá início o seu verdadeiro calvário. Dona Rita, que sempre busca seu próprio benefício, arranja o casamento de Esmeralda com Domênico “O italiano” (Carlos Bonavides), um homem do bairro, que ela considera rico, mas que não é nada mais além de um homem obcecado em comprar o amor de Esmeralda, que se verá obrigada a aceitar a proposta de casamento, já que seus filhos ficam gravemente doentes e é nele que ela encontra a única solução.

Por fim, o presente e o passado voltam a se unir. Fernando sai da prisão e jura se vingar daqueles que arruinaram sua vida. Paulo retorna do exterior disposto a se casar com Mônica, acreditando que Esmeralda o traiu. A vida de Esmeralda mudará radicalmente, porém, pelo amor que sente por Paulo, “A Gata” terá que se valer de seu temperamento forte e rebelde para lutar pelo que realmente ama, pois ela é mulher de um só amor.

Gtk-paste.svg Aviso: Terminam aqui as revelações sobre o enredo.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Maite Perroni interpretou Esmeralda "La Gata".
Daniel Arenas interpretou o bondoso Paulo Martinez.
Ator/Atriz Personagem
Maite Perroni Esmeralda Cruz "A Gata" / Renata da Santa Cruz
Daniel Arenas Paulo Martínez-Negrete Alcocer
Laura Zapata Lorena Alcocer de Martínez-Negrete
Manuel Ojeda Fernando da Santa Cruz "O Silencioso" / Abel Cruz
Erika Buenfil Branca Rafaela da Santa Cruz "Perla, a louca"
Juan Verduzco Augusto Martínez-Negrete
Monika Sánchez Gisele Cienfuegos
Leticia Perdigón Letícia Sanches "Jacira"
Jorge Poza Mariano Martínez-Negrete Alcocer
Mariluz Bermúdez Virgínia Martínez-Negrete Alcocer
Pierre Louis Carlos "Centavinho"
Pilar Pellicer Rita Perez de Oléa "Dona Rita"
Socorro Bonilla Mercedes Reis
Ianis Guerrero Damião Reis
Paloma Ruiz de Alda Mônica Elizalde Castanheda
Carlos Bonavides Domênico Almonte "O italiano"
Nicólas Buenfil Paulo "Paulinho" Martínez-Negrete da Santa Cruz
Shaula Santinka Leticia Martínez-Negrete da Santa Cruz
Alejandra Robles Gil Inês Oléa Peres
Marcelo Córdoba Xavier Penhuela
Ricardo Baranda Vitor de la Fuente "Garibaldo"
Ivana González Virginia Martínez-Negrete (filha)
Alexis Daniel Rangel Carlos Horácio de la Fuente Oléa
Lupita Lara Eugênia Castanheda de Elizalde
Patricio Castillo Henrique
Benjamín Rivero Jesus Oléa Perez "Bebeto" / João Garça
Juan Ángel Esparza Padre Rivas
Claudio Báez Ernesto Cantú
Jesús Carús Billy
Jorge Alberto Bolaños Omar
Luis Gatica Fidel Gutiérrez
António Medellín Diretor do presídio
Teo Tapia Roberto Elizalde
Ricardo Franco Sierra Edgar Soares
Emma Escalante Vitória "Vicky" Soares
Elizabeth Dupeyrón Carolina Cantú
Sergio Acosta Dr. Domingues
Ruth Rosas Dora
Laurinne Kuaka Verônica
Óscar Ferretti Lupe
Anic Moss Alice
Susana Lozano Albertina
George Harrington Butts Harry
Alma Beltrán Maria
Mauricio de Montellano Rey
Iván Peniche Tony
Isabel Martínez "La Tarabilla" Micaela
Héctor Cruz Pedro León
Pietro Vannucci Manuel
Rafael del Villar Basurto
Arturo Borges Cuco
Jaime Puga Casimiro
Isadora González Sra. Reyes
Mario Sauret Dr. Mendes
Joseba Iñaki Dr. Guillén
Jorge Ortín Dr. Osório
Eduardo Cáceres Juiz
Rafael Amador Juiz
Norma Reyna Prisioneira
Mario Discua Dr. Ferreira
Javier Ruán Dr. Pinto
Patricia Maqueo Esmeralda Cruz "A Gata" / Renata da Santa Cruz (criança)
Archie Lafranco Dr. Nelson Cisneiros
José Eduardo Álvarez Paulo Martínez-Negrete (criança)
Christian Vega Mariano Martínez-Negrete (criança)
Ana Sophia Durand Virgínia Martínez-Negrete (criança)
Karim Carlos "Centavinho" (criança)
Nailea Guzmán Inés Oléa Perez (criança)
Mauro Navarro Vitor de la Fuente "Garibaldo" (criança)
Rogelio Hernández Damião Reis (criança)

Produção[editar | editar código-fonte]

As gravações foram iniciadas em 14 de fevereiro de 2014[1] em um lixão real a céu aberto em Bordo de Xochiaca, na Cidade do México.[2] Em um semáforo da importante avenida Paseo de la Reforma, que liga Toluca a Santa Fe, Maite estava gravando com o gato preto quando algumas crianças presentes no local atrapalharam, fazendo o gato fugir no meio da avenida. A cena seria finalizada em 20 minutos, mas depois do problema ela se estendeu por mais 20.[3]

Na cidade de Taxco, Guerrero, foram feitas gravações em centros comerciais. Foram utilizadas câmeras no teleférico da cidade para conseguir cenas panorâmicas. Para uma cena em uma mina a 50 metros de profundidade, onde há um calor intenso, participaram os atores Daniel Arenas e Jorge Poza. Devido as condições do local, foram utilizadas câmeras portáteis, ventilação, iluminação e cabos adequados.[4]

Exibição no Brasil[editar | editar código-fonte]

Foi exibida no Brasil pelo SBT entre 15 de agosto de 2016 a 6 de fevereiro de 2017, em 126 capítulos, substituindo Meu Coração é Teu e sendo substituída por O Que a Vida Me Roubou.[5]

Audiência[editar | editar código-fonte]

No México[editar | editar código-fonte]

Horário # Eps. Estreia Final Posição Temporada Classificação Geral
Data Primeiro
capítulo
Data Último
capítulo
Segunda— Sexta
16h15
121
5 de maio de 2014
18
19 de outubro de 2014
21 #1 2014 18

Estreou com uma média de 17.7 (18) pontos.[6] Sua maior audiência é de 22.4 (22) pontos, alcançados nos dias 4 e 23 de junho de 2014. Seu último capítulo teve 20.9 (21) de rating. A trama foi um verdadeiro fenômeno, tendo média geral de 17.9 (18) pontos, a segunda maior audiência do horário, atrás apenas de Corazón indomable, que teve 21.6 (22) pontos.[7]

No Brasil[editar | editar código-fonte]

Seu primeiro capítulo exibido no dia 15 de agosto de 2016 marcou o índice de 10.8 (11) pontos ficando na vice-liderança isolada.[8] Após o primeiro capítulo, seus maiores índices foram nos dias 8 de setembro quando marcou 10.1 (10) pontos e no dia 4 de outubro quando marcou 11 pontos de média e alcançou a vice-liderança em ambos os dias.[9][10]

Seu menor índice foi registrado no dia 30 de dezembro de 2016 quando marcou apenas 4.7 (5) pontos, mas mesmo assim foi a telenovela mais assistida da faixa da tarde ultrapassando as novelas Lágrimas de Amor, Querida Inimiga e a sétima exibição de A Usurpadora.[11]

Seu último capítulo registrou 6,8 (7) pontos, perdendo 37% do público e ficando em terceiro lugar, porém mesmo com a queda nos índices, a novela terminou com 8 pontos de média geral, um sucesso para a tarde.[12]

Controvérsia[editar | editar código-fonte]

Em maio de 2014, a imprensa mexicana criticou a Televisa por usar um lixão real como cenário. Na época a concorrente da Televisa, a Azteca, exibia Avenida Brasil, da Rede Globo, que tinha um cenário falso produzido para retratar um lixão. Isto fez a imprensa mexicana dizer que a Rede Globo trata melhor seus funcionários. Maite Perroni confirmou que as condições de trabalho imposta pela Televisa não era confortáveis e chegou a passar mal nas gravações.[13] Outras más condições de trabalho relacionadas a Televisa foram divulgadas por Thalía em seu livro Thalía, Cada día más fuerte em 2011, que descreveu o que ocorreu entre 19951996 em Maria do Bairro.[14]

Exibição Internacional[editar | editar código-fonte]

País Emissora Título
 México Canal de Las Estrellas La Gata
 Estados Unidos Univision
 Colômbia RCN
 Sérvia PRVA
 Hungria TV2
 Polónia TV4
Flag of Spain.svg Espanha Nova
 Paraguai Telefuturo
El Salvador VTV Canal 35
 Guatemala Canal 7
 Chile Mega
 Argentina Canal 9
 Peru América Televisión
 Panamá Telemetro Canal 13
Equador Gama TV
República Dominicana Telemicro
Uruguai Teledoce
 Bolívia Red UNO
Filipinas GMA Network
Roménia Acasă TV
 Brasil SBT A Gata

Prêmios & Nomeações[editar | editar código-fonte]

Prêmios TVyNovelas 2015[15][editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado Resultado
Melhor atriz protagonista Maite Perroni Indicada
Melhor ator protagonista Daniel Arenas Indicado
Melhor ator co-estrelar Patricio Castillo Indicado
Melhor primeiro ator Manuel Ojeda Indicado

Prêmios People en Español 2014[16][editar | editar código-fonte]

Categoria Nomeado Resultado
Melhor Telenovela Nathalie Lartilleux Indicada
Melhor Atriz Maite Perroni Indicada
Galanzaço do Ano Daniel Arenas Indicado
Melhor Química da TV Maite Perroni & Daniel Arenas Indicados
A Mala mais Mala Laura Zapata Indicada

Referências

  1. «Grabacion de 'La Gata' con Daniel Arenas y Maite Perroni inicio hoy» (em espanhol). www.sitiostotal.com. 14 de fevereiro de 2014. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  2. «Maite Perroni, orgullosa de su trabajo en el basurero: 'Mi Bordo de Xochiaca querido'» (em espanhol). m.hola.com. 11 de junho de 2014. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  3. «Maite Perroni detiene el tráfico con grabación de 'La Gata'» (em espanhol). entretenimiento.terra.com.mx. 20 de fevereiro de 2014. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  4. «En locación guerrerense, La Gata sale sobrando» (em espanhol). archivo.eluniversal.com.mx. 19 de maio de 2014. Consultado em 9 de julho de 2016. 
  5. «SBT anuncia estreia de "A Gata", com Maite Perroni, para a próxima segunda». Na Telinha. 9 de agosto de 2016. Consultado em 3 de setembro de 2017. 
  6. «Arranca "La Gata" con buen rating». Radio Formula. 6 de maio de 2014. Consultado em 5 de março de 2016. 
  7. «Média geral das telenovelas da Televisa de 1998 à 2015 | Televisa Oficial». Consultado em 12 de julho de 2016. 
  8. «Estreia da novela "A Gata" traz audiência explosiva para o canal de Silvio Santos – Famosos na Web». Famosos na Web. 16 de agosto de 2016 
  9. «Novela "A Gata" registra segunda maior audiência desde estreia no SBT – TV Foco». TV Foco - Audiência da TV, Notícias da TV e Famosos. 9 de setembro de 2016 
  10. «A Gata bateu recorde de audiência no SBT | HORA BRASIL». HORA BRASIL. 6 de outubro de 2016 
  11. «"A Gata" desce a ladeira e bate recorde negativo nesta quarta-feira (09/11) – Famosos na Web». Famosos na Web. 10 de novembro de 2016 
  12. «"A Gata" perde 37% de audiência ao longo de sua exibição e último capítulo registra 33% menos que antecessora». Sobre TV. 7 de fevereiro de 2017 
  13. Renan Santos (11 de maio de 2014). «Maite Perroni passa mal gravando em lixão e imprensa mexicana critica Televisa». www.otvfoco.com.br. Consultado em 14 de agosto de 2016. 
  14. Thalía (2011). Cada día más fuerte (New York: Penguin Books). p. 304. ISBN 0451234421
  15. «¡Lista completa de los nominados a los Premios TVyNovelas 2015!». Tv y Novelas. 3 de março de 2015. Consultado em 30 de outubro de 2015. 
  16. «Lista de nominados a los Premios People en español 2014». Starmedia. 7 de outubro de 2014. Consultado em 30 de outubro de 2015. 

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]