Ninguém

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde abril de 2012). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ninguém
Álbum de estúdio de Arnaldo Antunes
Lançamento 1995
Gravação 1995
Gênero(s) Rock,MPB
Formato(s) LP/CD
Gravadora(s) BMG
Cronologia de Arnaldo Antunes
Último
Nome
(1993)
O Silêncio
(1996)
Próximo

Ninguém é o segundo álbum de estúdio de Arnaldo Antunes algum tempo depois de deixar o grupo Titãs. Foi gravado e lançado em 1995.

Faixas[editar | editar código-fonte]

N.º Título Compositor(es) Duração
1. "Ninguém"   Paulo Tatit; Arnaldo Antunes; Edgard Scandurra  
2. "Consciência"   Arnaldo Antunes; Edgard Scandurra  
3. "O Nome Disso"   Arnaldo Antunes; Edgard Scandurra  
4. "Nem Tudo"   Toni Bellotto; Arnaldo Antunes  
5. "Alegria"   Arnaldo Antunes  
6. "Budismo Moderno"   Augusto dos Anjos; Arnaldo Antunes  
7. "Fora de Si"   Arnaldo Antunes  
8. "Minha Meu"   Arnaldo Antunes  
9. "O Seu Olhar"   Paulo Tatit; Arnaldo Antunes  
10. "Lugar Comum"   Gilberto Gil; João Donato  
11. "Judiaria"   Lupicínio Rodrigues  
12. "Tempo"   Paulo Miklos; Arnaldo Antunes  
13. "Inspirado"   Edvaldo Santana; Arnaldo Antunes  
14. "No Fundo"   Arnaldo Antunes; Edgard Scandurra  
15. "Quero"   Arnaldo Antunes; Edgard Scandurra  
16. "Ninguém No Carnaval"   Liminha; Arnaldo Antunes  
Ícone de esboço Este artigo sobre um álbum de Arnaldo Antunes é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.