Ricardo Rocha (futebolista)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
NoFonti.svg
Esta biografia de uma pessoa viva cita fontes confiáveis e independentes, mas elas não cobrem todo o texto. (desde junho de 2016) Ajude a melhorar esta biografia providenciando mais fontes confiáveis e independentes. Material controverso sobre pessoas vivas sem apoio de fontes confiáveis e verificáveis deve ser imediatamente removido, especialmente se for de natureza difamatória.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Ricardo Rocha
Informações pessoais
Nome completo Ricardo Roberto Barreto Rocha
Data de nasc. 11 de setembro de 1962 (55 anos)
Local de nasc. Recife, PE, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,83
Destro
Apelido Xerife
Informações profissionais
Equipa atual Aposentado
Posição Zagueiro
Clubes de juventude
Santo Amaro
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
1982
1983–1984
1985–1988
1988
1989–1991
1991–1993
1993
1994–1995
1996
1997–1998
1998
Santo Amaro
Santa Cruz
Guarani
Sporting
São Paulo
Real Madrid
Santos
Vasco da Gama
Fluminense
Newell's Old Boys
Flamengo
0000? 0000(?)
00012 0000(0)
00062 0000(1)
00020 0000(1)
00070 0000(2)
00088 0000(0)
00015 0000(0)
00094 0000(3)
00005 0000(0)
00036 0000(5)
00024 0000(0)
Seleção nacional
1987–1995 Brasil 00042 0000(0)
Times/Equipas que treinou
2001
2007
2008
2018–
Santa Cruz
CRB
Santa Cruz
São Paulo (coord. de futebol)

Ricardo Roberto Barreto da Rocha, mais conhecido como Ricardo Rocha, (Recife, 11 de setembro de 1962), é um ex-futebolista e treinador de futebol brasileiro que atuava como zagueiro. Trabalhou em um canal de televisão como comentarista esportivo e atualmente é coordenador de futebol do São Paulo.[1]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no clube Santo Amaro em Pernambuco como lateral-direito. Quando se transferiu para o Santa Cruz também em Pernambuco, foi deslocado para a posição de zagueiro pelo então técnico do clube Carlos Alberto Silva, que na ocasião chegou a dizer que: "desloquei ele para a zaga pois na zaga ele chegará a seleção, já na lateral não".[2]

Contratado pelo Guarani, acabou se destacando nacionalmente e tendo suas primeiras oportunidades em seleção, na pré-olímpica de 1987 e na conquista do ouro no pan-Americano de Indianápolis-EUA, no mesmo ano. Jogador de excelente técnica e grande liderança, recebeu o apelido de "xerife". Ricardo sempre teve estilo aguerrido, e apesar de pouca estatura, tinha uma incrível noção de posicionamento nas jogadas aéreas. Titular da Seleção Brasileira na Copa do Mundo de 1990 na Itália. Foi para a Copa dos Estados Unidos em 1994 muito bem preparado, na época jogava no Vasco da Gama, mas logo no jogo de estreia acabou se lesionando, fora substituído e não voltaria a campo naquele mundial, mas a pedido do grupo permaneceu contagiando o grupo com seu bom humor e bom astral. O atleta encerrou sua carreira como jogador em 1998.[3][2]

Esteve como treinador de futebol, no Santa Cruz, nos anos de 2001 e 2008[4] e no CRB, em 2007. No ano de 2012, Ricardo Rocha estreou como comentarista do canal de televisão Sportv. Em 2017, passou a comentar também no Futebol Globo no Rádio (Rádio Globo/Rádio CBN).

Em 2013 foi anunciado como o embaixador do centenário do Santa Cruz que aconteceu em 2014.

Em entrevista a um canal esportivo de televisão, Ricardo Rocha fez uma revelação que poucas pessoas sabiam:

Em 2017 voltou a atuar no São Paulo Futebol Clube dessa vez como coordenador de futebol.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira
Santa Cruz
São Paulo
Real Madrid
Vasco

Notas[editar | editar código-fonte]

Seu filho, Ricardo Roberto Barreto da Rocha Filho (também conhecido por Ricardinho Rocha), segue seus passos como futebolista.

Referências

  1. «São Paulo terá Ricardo Rocha no apoio a Raí para gerir o futebol». UOL Esporte. 28 de setembro de 2017. Consultado em 28 de dezembro de 2017. 
  2. a b «Que fim... levou?». Terceiro Tempo. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  3. «Zagueiro do tetra, Ricardo Rocha completa 55 anos». Site Oficial CBF. 17 de setembro de 2017. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 
  4. UOL (26 de novembro de 2007). «Ricardo Rocha assume Santa Cruz respaldado por bom trabalho no CRB». 21h07. Consultado em 16 de janeiro de 2012. 
  5. «Ele foi trocado por bolas e chuteiras, mas venceu a Copa do Mundo e jogou no Real Madrid». ESPN Brasil. 6 de março de 2017. Consultado em 17 de dezembro de 2017. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Ricardo Rocha (futebolista)


Bandeira de BrasilSoccer icon Este artigo sobre um futebolista brasileiro é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.