História da região Centro-Oeste do Brasil

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Coat of arms of Brazil.svg
História do Brasil
Regionais
Centro-Oeste | Nordeste
Norte | Sudeste | Sul


A região Centro-Oeste do Brasil era primeiramente habitada por indígenas, assim como todo o resto do Brasil. Passado algum tempo, chegaram os Bandeirantes atrás de ouro, que levaram mais população e construíram as primeiras vilas da região, sendo elas Vila Real do Bom Jesus de Cuiabá, atualmente a cidade de Cuiabá, capital do estado do Mato Grosso; Meia Ponte, atual Pirenópolis e Vila Boa, atual cidade de Goiânia, estado de Goiás. Ainda hoje a região é uma das menos habitadas do Brasil, porém esta registrou crescimento quando a capital federal foi transferida para Brasília, no ano de 1960, em obra realizada pelo então presidente Juscelino Kubitschek e arquitetada por Lúcio Costa e Oscar Niemeyer.

Ao redor das minas de ouro, surgiram arraiais que viriam a se tornar cidades importantes. A descoberta de diamante na região originou o surgimento de mais vilas.

Fazendeiros de São Paulo e Minas Gerais também viriam a se transferir para a região, fazendo criações de gado em suas novas fazendas.

Fatos Históricos Centro-Oeste[editar | editar código-fonte]

A Região Centro Oeste do Brasil é formada pelos Estados de Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e pelo Distrito Federal. Essa parte do país tem muita história e relevância para o legado brasileiro.

O Centro Oeste tem uma área de 1.604.850 Km, ocupando 18,8% do Brasil. A região centro oeste passou por um intenso povoamento, resultado dos fluxos migratórios. O centro oeste atraiu as pessoas por causa do transporte de gado do Sul e Sudeste para as fazendas do Centro-Oeste. Esse fato teve influência e participação dos bandeirantes paulistas.

O processo migratório do Centro Oeste do Brasil se intensificou em 1950, depois da construção de Brasília, a nova capital do país. Além disso, o Centro-Oeste brasileiro também foi uma região muito habitada por indígenas.

Essa área do país recebeu os Bandeirantes em busca de ouro. Esse movimento pelo ouro deu origem a várias vilas, como Vila Real do Bom Jesus de Cuiabá (atual Cuiabá, capital do Mato Grosso), Vila Meia Ponte (atual Pirenópolis), e Vila Boa (atual Goiás).

A região centro oeste é uma das menos habitadas do Brasil. O centro oeste só começou a se desenvolver depois da transferência da capital federal para Brasília, em 1960. A história de Brasília foi marcada pela obra de Lúcio Costa e Oscar Niemeyer. O projeto da capital se tornou realidade durante o governo do presidente Juscelino Kubitschek.

Além das minas de ouro, o centro oeste do Brasil também ficou conhecido por suas jazidas de diamantes, que atraíram muitas pessoas para a região. Muitos fazendeiros de São Paulo e Minas Gerais também se mudaram para o centro oeste para iniciar criações de gado em fazendas.

Principais acontecimentos por Século[editar | editar código-fonte]

  • XVIII: Depois de expulsos das minas pelos emboabas, os paulistas passam a explorar minérios no Centro-Oeste.
  • XIX: A região assim como Minas Gerais cai em um relativo ocaso, similar aos séculos XVI e XVII.
  • XX: A região passa a abrigar a capital e recebe migrantes sulinos com grande experiência no campo, se tornando um celeiro do país.
  • XXI: A região se torna o maior PIB per capita.