Gusttavo Clarão

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Gusttavo Clarão
Gusttavo Clarão EBC.jpg
Clarão na EBC em 2013.
Informação geral
Nome completo Carlos Gustavo Coutinho da Silva
Também conhecido(a) como Gusttavo
Local de nascimento São Gonçalo,  Rio de Janeiro
 Brasil
Gênero(s) Samba-enredo, pagode
Ocupação(ões) Cantor
Dirigente de carnaval
Instrumento(s) Cavaco
Período em atividade 1989 - atualidade
Outras ocupações Cantor
Dirigente de carnaval
Afiliação(ões) Unidos do Viradouro
Dominguinhos do Estácio
Grupo Clarão

Carlos Gustavo Coutinho da Silva (São Gonçalo, 1970)[1], conhecido como Gustavo Clarão, é um cantor[1], cavaquinista[1], compositor de samba-enredo[1] e dirigente de carnaval brasileiro. Também já foi conhecido como simplesmente Clarão.[2] Formado em Medicina[1]

Ao todo, é autor de 24 sambas para escolas do Rio de Janeiro, sendo 9 deles na Viradouro, escola em que foi Presidente até 2017. Recentemente, o samba de sua Autoria e parceria foi o escolhido para representar a Grande Rio no Carnaval em 2022, sob o enredo "As 7 chaves de Exú". Atualmente reside em Orlando, faz shows em todo território Americano e é noivo da Gaúcha Fernanda Goerck desde 2020.

Além do samba-enredo, na década de 90 ficou conhecido no eixo Rio-Niterói pelo grupo de pagode Clarão da Lua, do qual era cantor e cavaquinista. Foram 3 cd´s gravados, músicas nas rádios e casas lotadas por onde o grupo passou. Daí veio o seu nome artístico.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filho e neto de compositores, aprendeu a tocar violão e cavaquinho aos 8 anos de idade por influência das serestas realizadas em sua casa. Estreou como compositor de sambas de enredo na Estácio, em 1989.[1] Em 1997, foi para a Viradouro, a convite de Dominguinhos do Estácio, para tocar cavaquinho. No ano seguinte, em 1998, ganhou o seu primeiro samba na escola.[1]

Entre 1998 e 2003, esteve sempre na parceria vencedora dos sambas concorrentes da Viradouro, sempre assinando apenas como Gustavo, e tendo Gilberto Gomes como membro da parceria. Em 2004, a escola não realizou concurso, reeditanto um samba antigo da Estácio. Em 2005, já acrescentando mais uma letra "T" a seu nome artístico, a parceria liderada por Gusttavo venceu novamente o concurso da escola.

Com um intervalo de um ano, a parceria venceu novamente em 2007, no enredo "A Viradouro vira o jogo". Porém, a partir de 2008, não mais concorreu na escola por divergências com a administração. No mesmo ano, foi homenageado pela Unidos da Região Oceânica, com o enredo "Gusttavo, um Clarão no Samba de Niterói", com seu sobrinho Claudinho Mattos sendo um dos compositores do samba campeão.

Em 2009, venceu a disputa de samba-enredo da Mangueira.[1][2] Além disso, levou o Estandarte de Ouro de samba-enredo.

No ano de 2010, após o rebaixamento e posterior renúncia do Marco Lira, Gusttavo Clarão concorreu à presidência da Viradouro para um mandato-tampão de apenas 1 ano e derrotou a chapa opositora[3][4] por 644 a 175 votos. No ano de 2011 novas eleições na Viradouro aconteceram para um mandato de 3 anos e Gusttavo Clarão foi aclamado por uma eleição sem chapas opositoras.

Premiações[editar | editar código-fonte]

2009 - Melhor Samba-Enredo ("A Mangueira Traz os Brasis do Brasil Mostrando a Formação do Povo Brasileiro" - Mangueira) [5]

  • Estrela do Carnaval

2009 - Melhor Samba-Enredo ("A Mangueira Traz os Brasis do Brasil Mostrando a Formação do Povo Brasileiro" - Mangueira) [6]

Referências

  1. a b c d e f g h Samba Friburguense (27 de junho de 2009). «Papo de Samba - especial 2 anos». Consultado em 2 de fevereiro de 2011. Cópia arquivada em 9 de março de 2012 
  2. a b Raphael Azevedo, para O Dia (6 de março de 2008). «Após oito vitórias na Viradouro, Gusttavo Clarão vai disputar samba-enredo na Mangueira - Compositor não sabe ainda qual será sua parceira, mas já decidiu que passará a assinar apenas como Clarão». Consultado em 2 de fevereiro de 2011 [ligação inativa]
  3. Isaac Ismar para o SRZD (13 de junho de 2010). «Gusttavo Clarão é o novo presidente da Viradouro». Consultado em 2 de fevereiro de 2011 
  4. Leonardo Bruno, para o Jornal Extra (30 de janeiro de 2011). «Compositor consagrado, Gusttavo Clarão assume a presidência da Viradouro no momento mais difícil de sua história». Consultado em 2 de fevereiro de 2011 
  5. «Estandarte de Ouro 2009: Salgueiro leva título de melhor escola; Vila Isabel e Império Serrano conquistam três outros prêmios cada». O Globo. 25 de fevereiro de 2009. p. 18. Consultado em 30 de outubro de 2019. Arquivado do original em 30 de outubro de 2019 
  6. «Estrela do Carnaval 2009». Site Academia do Samba. Consultado em 11 de setembro de 2017. Cópia arquivada em 8 de março de 2016