Eleições autárquicas portuguesas de 2009

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

As eleições autárquicas portuguesas de 2009 foram realizadas em 11 de outubro. Estavam em disputa a eleição de 308 presidentes de câmaras municipais, os seus vereadores e assembleias municipais e 4 141 presidentes de juntas de freguesia e as respectivas assembleias.

O PSD era até aquela data o maior partido autárquico detendo a presidência de 157 câmaras, contra 110 do PS. Um pouco distante aparecia a CDU com 32 presidências de câmara. O CDS-PP com Daniel Campelo em Ponte de Lima e o B.E. em Salvaterra de Magos tinham uma câmara cada. As restantes sete pertenciam a três independentes polémicos, Fátima Felgueiras (Felgueiras), Valentim Loureiro (Gondomar) e Isaltino Morais (Oeiras), os dois últimos reeleitos e ainda a José Manuel de Carvalho Marques (Sabrosa), Luís Manuel da Silva Azevedo (Alcanena), Alfredo Falamino Barroso (Redondo) e João Paulo de Almeida Lança Trindade (Alvito).[1] [2]

Após as eleições, o PSD continua a reclamar o título de maior partido autárquico detendo a presidência de 139 câmaras contra 132 do PS. A CDU baixou em quatro o número de câmaras, ficando com 28. O CDS-PP com Victor Manuel Alves Mendes em Ponte de Lima e o B.E. com Ana Cristina Pardal Ribeiro em Salvaterra de Magos mantiveram as câmaras que já detinham.

Nas quatro câmaras mais populosas os seus antigos detentores foram reeleitos, todos com maioria absoluta. Lisboa do PS com António Costa (44%), e as restantes do PSD, Sintra com Fernando Seara (42,3%), Porto com Rui Rio (47,5%) e Gaia com Luís Filipe Menezes (62%).

As listas de grupos de cidadãos (independentes), venceram em sete câmaras. Para além dos polémicos, Valentim Loureiro (Gondomar) e Isaltino Morais (Oeiras) que foram reeleitos, foram de novo eleitos Alfredo Falamino Barroso (Redondo, Évora), José Lopes Gonçalves Barbosa (Amares, Braga) anteriormente eleito nas listas do PS e Manuel Coelho Carvalho (Sines, Setúbal), dissidente da CDU. Venceram ainda as suas câmaras, João Maria Aranha Grilo (Alandroal) e Luis Filipe Pereira Mourinha (Estremoz) ambos no distrito de Évora.

Fátima Felgueiras (Felgueiras, Porto), contra todas as previsões, não foi reeleita, recusando de imediato o cargo de vereadora a que teria direito por ser cabeça de lista da segunda força mais votada.

Candidatos[editar | editar código-fonte]

Os Partidos, Coligações e Grupos de Cidadãos que concorreram às eleições autárquicas portuguesas de 2009 foram os seguintes, listados por ordem alfabética:[2]

Partidos[editar | editar código-fonte]

  • B.E. – Bloco de Esquerda
  • CDS-PP – CDS - Partido Popular
  • MEP – Movimento Esperança Portugal
  • MMS – Movimento Mérito e Sociedade
  • MPT – Partido da Terra
  • P.N.R. – Partido Nacional Renovador
  • PCP-PEV – CDU - Coligação Democrática Unitáriaa)
  • PCTP/MRPP - Partido Comunista dos Trabalhadores Portugueses
  • PND – Nova Democracia
  • PPD/PSD – Partido Social Democrata
  • PPM – Partido Popular Monárquico
  • PS – Partido Socialista
  • PTP – Partido Trabalhista Português
a) Coligação Permanente entre o Partido Comunista Português (PCP) e o Partido Ecologista "Os Verdes" (PEV).[3]

Coligações[editar | editar código-fonte]

Grupos de Cidadãos[editar | editar código-fonte]

Concorreram ainda 54 listas de Grupos de Cidadãos, das quais se listam por ordem alfabética, alguns dos seus cabeças-de-lista, por alguma ou algumas das razões a seguir indicadas: presidentes em exercício; antigos presidentes; aparecerem em sondagens; dissidentes; controversos; mediáticos; terem vindo a ser eleitos.

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Seções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios.

Algumas Sondagens por Município[editar | editar código-fonte]

Intenções de voto por município, segundo as sondagens.

Foram realizadas diversas sondagens de opinião sobre a intenção de voto dos portugueses antes das eleições, com os seguintes resultados:

Município Previsão Resultado
Alcobaça (Portugal) nova vitória do PSD, apesar da quebra na votação previsto
Aveiro descida do PSD/CDS-PP para uma vantagem de apenas 1% sobre o PS vitória do PSD/CDS-PP com 20% de vantagem
Barcelos vitória do PSD com 11% de vantagem vitória do PS
Braga vitória de Mesquita Machado previsto
Faro vitória de Macário Correia previsto
Leiria vitória de Isabel Damasceno (PSD) vitória do PS
Lisboa vitória de António Costa (PS) previsto
Lousada vitória de Jorge Magalhães (PS) previsto
Matosinhos vitória de Guilherme Pinto (PS) previsto
Oeiras vitória de Isaltino Morais (independente) previsto
Oliveira do Bairro vitória do PSD previsto
Paços de Ferreira vitória do PSD previsto
Paredes vitória do PSD previsto
Penafiel vitória do PSD/CDS-PP previsto
Porto vitória do PSD prevista
Santa Cruz vitória do PSD previsto
Setúbal vitória do PCP-PEV previsto
Trofa vitória do PSD vitória do PS
Valongo vitória do PSD/CDS-PP previsto
Viana do Castelo vitória do PS previsto
Vila Nova de Gaia vitória do PSD/CDS-PP previsto

O candidato Pedro Santana Lopes reclamou, na noite das eleições, o tratamento desvantajoso que considera ter tido da parte das empresas de sondagens, em particular do CESOP/Universidade Católica. "Não está em causa menos respeito pela vitória de quem ganha, mas é uma vergonha para a democracia portuguesa que na mesma semana de eleições, no próprio dia das eleições, a três horas da contagem dos votos, se dêem doze por cento" de vantagem à candidatura socialista, que acabou por ganhar com uma vantagem de cerca de 4,5 por cento. Acrescentou, "Nunca se enganam a nosso favor".[9]

Afluência[editar | editar código-fonte]

Até as 12H00 tinham votado 21.23% do total de eleitores, valor idêntico ao das eleições autárquicas de 2005 (21,35%), ano em que o valor da abstenção se acabou por cifrar em 39,08%. As 16H00 a taxa de afluência tinha subido para 45,3%, estando no entanto 3 pontos abaixo da taxa das eleições autárquicas de 2005 (48%).[1] [2] Dado o aumento do número de eleitores de 2005 para 2009 em cerca de 500 000, significa que terão votado até as 16H00 somente menos 9 000 eleitores que à mesma hora das eleiçoes de 2005.

No final, a abstenção cifrou-se em 41%, 2 pontos acima das anteriores de 2005 (39%).

Resultados para as Câmaras Municipais[editar | editar código-fonte]

Território Nacional[editar | editar código-fonte]

Listas Votos Presidentes
de Câmara
Maiorias
Absolutas
Mandatos %
PS 2 084 382 132 119 921
37,67%
PPD/PSD 1 270 137 117 112 666
22,95%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP (inclui PSD+CDS+PPM) 637 085 20 18 174
11,51%
PCP-PEV 539 694 28 24 174
9,75%
Coligação PPD/PSD e outros partidos 235 344 2 2 33
4,25%
Grupos Cidadãos 225 379 7 3 67
4,07%
CDS-PP 171 049 1 1 31
3,09%
B.E. 167 101 1 1 9
3,02%
PCTP/MRPP 14 275 0 0 0
0,26%
MPT 11 069 0 0 2
0,20%
PND 6 946 0 0 1
0,13%
MMS 1 569 0 0 0
0,03%
PPM 1 461 0 0 0
0,03%
Coligação CDS-PP e MPT 165 0 0 0
0,00%
Outros Partidos 4 065 0 0 0
0,07%
votos  %
Votos Brancos 94 983
1,72%
Votos Nulos 69 120
1,25%
Abstenção 3 843 519
40,99%
  • Todos os dados estão actualizados à data de 8 de novembro de 2009.[2]

Por Capital de Distrito/Região Autónoma[editar | editar código-fonte]

Capital de
Distrito / R.A.
Presidente da Câmara Partido Eleitores
Inscritos
Votos Mandatos
/ Total
Maioria
absoluta
%
Lisboa António Costa PS 524 642 123 372 9/17 Sim
44%
Porto Rui Rio PPD/PSD a) 231 978 62 507 7/13 Sim
47,5%
Braga Mesquita Machado PS 150 102 43 806 6/11 Sim
44,7%
Coimbra Carlos Encarnação PPD/PSD b) 127 656 29 357 6/11 Sim
41,6%
Leiria Raúl Castro PS 110 438 29 449 5/11 Não
44,8%
Setúbal Maria das Dores Meira PCP c) 100 371 18 558 5/9 Sim
38,8%
Funchal Miguel Albuquerque PPD/PSD 106 155 29 227 7/11 Sim
52,2%
Viseu Fernando Ruas PPD/PSD 92 630 32 450 7/9 Sim
62,1%
Viana do Castelo José Maria Costa PS 86 934 25 786 5/9 Sim
50,2%
Aveiro Élio Maia PPD/PSD a) 67 400 19 243 6/9 Sim
53,8%
Ponta Delgada Berta Cabral PPD/PSD 60 721 17 419 6/9 Sim
60,7%
Santarém Francisco Moita Flores PPD/PSD 54 488 21 602 7/9 Sim
64,2%
Faro Macário Correia PPD/PSD d) 54 450 13 340 5/9 Sim
42,7%
Castelo Branco Joaquim Lopes Dias PS 51 234 20 025 8/9 Sim
70%
Vila Real Manuel Martins PPD/PSD a) 49 576 15 861 4/7 Sim
51,4%
Évora José Ernesto d'Oliveira PS 48 119 10 357 3/7 Não
39,5%
Guarda Joaquim Valente PS 39 945 13 976 5/7 Sim
56%
Bragança António Nunes PPD/PSD 36 710 10 345 4/7 Sim
48,2%
Beja Jorge Pulido Valente PS 30 920 8 577 4/7 Sim
45,7%
Portalegre Mata Cáceres PPD/PSD 22 342 6 039 3/7 Não
42,1%

Por Distrito[editar | editar código-fonte]

Aveiro[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PPD/PSD 11 62 142 951
36,47%
PS 6 52 142 188
36,27%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 2 14 37 738
9,63%
CDS-PP 0 7 28 107
7,17%
PCP-PEV 0 0 12 097
3,09%
B.E. 0 0 9 610
2,45%
Grupos de Cidadãos 0 4 7 113
1,81%
PND 0 0 105
0,03%
votos detalhe
Votos Brancos 7 382
1,88%
Votos Nulos 4 695
1,20%
Abstenção 252 419
39,17%

Beja[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 7 40 39 463
43,81%
PCP-PEV 6 33 35 864
39,82%
PPD/PSD 1 4 6 765
7,51%
Coligação PPD/PSD, CDS-PP e PPM 0 1 2 380
2,64%
B.E. 0 0 1 623
1,80%
CDS-PP 0 0 641
0,71%
Grupos de Cidadãos 0 0 563
0,64%
MPT 0 0 83
0,09%
votos detalhe
Votos Brancos 1 513
1,68%
Votos Nulos 1 169
1,30%
Abstenção 48 550
35,02%

Braga[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 8 55 222 702
43,02%
PPD/PSD 4 28 105 721
20,42%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP (inclui PSD+CDS+PPM) 1 21 104 937
20,27%
Grupos de Cidadãos 1 7 14 528
2,81%
PCP-PEV 0 1 23 893
4,63%
CDS-PP 0 2 17 060
3,30%
B.E. 0 0 13 383
2,59%
Outros partidos 0 0 3 077
0,60%
votos detalhe
Votos Brancos 7 464
1,44%
Votos Nulos 4 778
0,92%
Abstenção 245 473
32,17%

Bragança[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 6 35 37 786
38,16%
PPD/PSD 4 19 31 096
31,40%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 2 13 14 278
14,42%
Grupos de Cidadãos 0 3 5 164
5,22%
CDS-PP 0 2 5 060
5,11%
PCP-PEV 0 0 1 761
1,78%
B.E. 0 0 529
0,53%
PPM 0 0 23
0,02%
votos detalhe
Votos Brancos 1 585
1,60%
Votos Nulos 1 735
1,75%
Abstenção 57 418
36,70%

Castelo Branco[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 6 36 54 111
44,65%
PPD/PSD 5 31 49 706
41,02%
PCP-PEV 0 0 5 023
4,15%
CDS-PP 0 0 4 157
3,43%
B.E. 0 0 1 878
1,55%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 0 2 1 709
1,41%
Outros partidos 0 0 244
0,21%
votos detalhe
Votos Brancos 2 444
2,02%
Votos Nulos 1 908
1,57%
Abstenção 72 780
37,52%

Coimbra[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 9 56 92 713
38,98%
PPD/PSD 5 37 55 224
23,22%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP (inclui PSD+CDS+PPM) 3 18 44 110
18,54%
Grupos de Cidadãos 0 5 14 753
6,73%
PCP-PEV 0 1 13 443
5,65%
B.E. 0 0 6 870
2,89%
CDS-PP 0 0 1 019
0,43%
MMS 0 0 203
0,09%
votos detalhe
Votos Brancos 5 052
2,12%
Votos Nulos 3 220
1,35%
Abstenção 156 374
39,66%

Évora[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 7 36 38 385
38,94%
PCP-PEV 4 26 31 142
34,10%
Grupos de Cidadãos 3 9 7 604
8,33%
PPD/PSD 0 5 10 059
11,01%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 0 2 1 541
1,69%
B.E. 0 0 993
1,09%
CDS-PP 0 0 910
1,00%
votos detalhe
Votos Brancos 1 693
1,85%
Votos Nulos 1 009
1,10%
Abstenção 56 527
38,23%

Faro[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 7 49 84 018
41,43%
PPD/PSD 8 43 65 500
32,30%
Coligação PPD/PSD e outros partidos 1 9 21 471
10,58%
PCP-PEV 0 1 12 224
6,03%
B.E. 0 1 8 026
3,96%
CDS-PP 0 0 3 169
1,56%
Grupos de Cidadãos 0 1 1 889
0,93%
Outros partidos 0 0 422
0,21%
votos detalhe
Votos Brancos 3 694
1,82%
Votos Nulos 2 373
1,17%
Abstenção 154 985
43,32%

Guarda[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 5 39 53 062
46,49%
PPD/PSD 8 34 37 173
32,57%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 1 7 10 667
9,35%
PCP-PEV 0 0 2 773
2,39%
CDS-PP 0 0 2 257
1,98%
MPT 0 1 1 781
1,56%
Grupos de Cidadãos 0 1 1 736
1,21%
B.E. 0 0 723
0,63%
Outros partidos 0 0 306
0,26%
votos detalhe
Votos Brancos 2 048
1,79%
Votos Nulos 2 006
1,76%
Abstenção 61 522
35,02%

Leiria[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PPD/PSD 11 60 108 867
45,01%
PS 4 38 80 957
33,47%
PCP-PEV 1 8 21 041
8,70%
CDS-PP 0 4 12 539
5,18%
B.E. 0 0 6 033
2,49%
Grupos de Cidadãos 0 0 3 215
1,33%
votos detalhe
Votos Brancos 5 962
2,47%
Votos Nulos 3 241
1,34%
Abstenção 179 644
42,62%

Lisboa[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 9 69 391 940
40,22%
Coligação PPD/PSD e outros partidos 2 40 293 705
30,14%
PCP-PEV 1 19 121 397
12,46%
B.E. 0 0 44 830
4,60%
PPD/PSD 3 17 40 563
4,16%
Grupos de Cidadãos 1 5 35 759
3,67%
PCTP/MRPP 0 0 5 972
0,61%
CDS-PP 0 0 5 854
0,60%
Outros partidos 0 0 5 020
0,51%
votos detalhe
Votos Brancos 17 720
1,82%
Votos Nulos 11 802
1,21%
Abstenção 895 649
47,89%

Portalegre[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 5 39 32 730
45,05%
PPD/PSD 7 23 16 864
23,21%
PCP-PEV 3 13 11 909
16,39%
Grupos de Cidadãos 0 4 3 808
5,24%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 0 2 3 607
4,96%
B.E. 0 0 775
1,07%
CDS-PP 0 0 721
0,99%
Outros partidos 0 0 236
0,33%
votos detalhe
Votos Brancos 1 154
1,59%
Votos Nulos 852
1,17%
Abstenção 36 158
33,23%

Porto[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 7 66 339 291
34,36%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 5 39 279 135
27,35%
PPD/PSD 5 40 161 468
16,35%
Grupos de Cidadãos 1 15 99 590
10,08%
PCP-PEV 0 1 47 726
4,83%
B.E. 0 0 25 699
2,60%
CDS-PP 0 1 15 087
1,53%
Outros partidos 0 0 2 722
0,28%
votos detalhe
Votos Brancos 14 185
1,44%
Votos Nulos 11 662
1,18%
Abstenção 564 821
36,38%

Santarém[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 9 64 91 135
37,59%
PPD/PSD 6 33 71 274
29,40%
PCP-PEV 4 18 29 647
12,23%
Grupos de Cidadãos 0 6 14 903
6,15%
B.E. 1 5 11 557
4,77%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 1 7 9 749
4,02%
CDS-PP 0 0 5 998
2,47%
Coligação CDS-PP e MPT 0 0 165
0,07%
votos detalhe
Votos Brancos 4 638
1,91%
Votos Nulos 3 354
1,38%
Abstenção 162 064
40,07%

Setúbal[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PCP-PEV 9 52 146 935
42,16%
PS 3 37 97 622
28,01%
PPD/PSD 0 7 38 956
11,18%
B.E. 0 3 23 028
6,61%
CDS-PP 0 0 15 149
4,35%
PCTP/MRPP 0 0 5 826
1,67%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 0 2 4 712
1,35%
Grupos de Cidadãos 1 4 4 271
1,23%
Outros partidos 0 0 1 025
0,29%
votos detalhe
Votos Brancos 6 527
1,87%
Votos Nulos 4 460
1,28%
Abstenção 354 104
50,40%

Viana do Castelo[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 6 35 64 919
41,70%
PPD/PSD 3 23 38 379
24,65%
CDS-PP 1 6 20 247
13,01%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 0 4 18 039
11,59%
PCP-PEV 0 0 6 025
3,87%
B.E. 0 0 2 695
1,73%
Grupos de Cidadãos 0 0 663
0,43%
votos detalhe
Votos Brancos 2 980
1,91%
Votos Nulos 1 738
1,12%
Abstenção 100 562
39,24%

Vila Real[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PPD/PSD 6 34 62 140
43,23%
PS 7 39 54 625
38,00%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 1 9 11 357
7,90%
CDS-PP 0 2 6 327
4,40%
PCP-PEV 0 0 3 685
2,56%
B.E. 0 0 1 174
0,82%
PCTP/MRPP 0 0 32
0,02%
votos detalhe
Votos Brancos 2 299
1,87%
Votos Nulos 2 100
1,28%
Abstenção 93 073
39,30%

Viseu[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PPD/PSD 12 69 101 332
42,51%
PS 9 64 86 309
36,21%
Coligação PPD/PSD e CDS-PP 3 17 22 294
9,35%
CDS-PP 0 2 10 016
4,20%
PCP-PEV 0 0 4 575
1,92%
B.E. 0 0 2 474
1,04%
Grupos de Cidadãos 0 0 2 465
1,03%
Outros partidos 0 0 1 784
0,75%
votos detalhe
Votos Brancos 3 593
1,51%
Votos Nulos 3 541
1,49%
Abstenção 143 770
37,62%

Açores[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PS 12 58 57 914
46,93%
PPD/PSD 7 50 53 911
43,69%
CDS-PP 0 1 5 143
4,17%
PCP-PEV 0 0 2 115
1,71%
B.E. 0 0 1 605
1,30%
votos detalhe
Votos Brancos 1 529
1,24%
Votos Nulos 1 184
0,96%
Abstenção 94 002
43,24%

Madeira[editar | editar código-fonte]

Partidos Câmaras
Municipais
Mandatos votos detalhe
PPD/PSD 11 47 72 188
51,93%
PS 0 14 24 512
17,63%
CDS-PP 0 4 11 588
8,34%
Grupos de Cidadãos 0 3 6 449
4,64%
PCP-PEV 0 1 6 369
4,58%
PND 0 1 5 638
4,06%
MPT 0 1 4 856
3,49%
B.E. 0 0 3 596
2,59%
votos detalhe
Votos Brancos 1 521
1,09%
Votos Nulos 2 293
1,65%
Abstenção 113 624
44,98%

Referências

  1. a b Eleiçoes autárquicas de 2005. STAPE/ITIJ. Página visitada em 11 de outubro de 2009.
  2. a b c d e f g h Eleições Autárquicas 11 de outubro 2009. DGAI/ITIJ (8 de novembro de 2009). Página visitada em 8 de novembro de 2009.
  3. Acórdão Nº 255/09. TC - Tribunal Constitucional de Portugal (20 de Maio de 2009). Página visitada em 11 de outubro de 2009.
  4. a b Há 279 câmaras onde tudo pode continuar como até agora. Público (1 de outubro de 2009). Página visitada em 12 de outubro de 2009.
  5. Lei n.º 2/2009 de 12 de janeiro. Diário da República (12 de janeiro de 2009). Página visitada em 19 de outubro de 2009.
  6. Autárquicas. RTP - Rádio e Televisão de Portugal (2 de outubro de 2009). Página visitada em 12 de outubro de 2009.
  7. Autárquicas: Mais de cem freguesias elegem Juntas em plenário. Portal de Gondomar (20 de julho de 2009). Página visitada em 19 de outubro de 2009.
  8. São Bento de Ana Loura, a freguesia com menos eleitores em Portugal, apenas 33. Diário de Notícias (7 de outubro de 2009). Página visitada em 19 de outubro de 2009.
  9. Santana Lopes: Sondagens são "vergonha" para democracia. Diário de Notícias (12 de outubro de 2009). Página visitada em 12 de outubro de 2009.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]