Campeonato Brasileiro de Futebol de 2021

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
LXV Campeonato Brasileiro de Futebol
Brasileirão 2021
Brasil
Dados
Participantes 128
Organização CBF
Local de disputa  Brasil
Período 29 de maio5 de dezembro
◄◄ Brasil 2020 Soccerball.svg 2022 Brasil ►►

O Campeonato Brasileiro de Futebol de 2021 é uma competição com organização da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) no que concerne as quatro divisões nacionais.

Série A[editar | editar código-fonte]

Disputada em sistema de pontos corridos onde todas as equipes se enfrentaram em jogos de ida e volta. Também classificou para a Copa Libertadores da América de 2022 e para a Copa Sul-Americana de 2022. As quatro últimas equipes foram rebaixadas para a Série B de 2022.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Estado Cidade Fornecedor Temporada 2020 Part. A Melhor resultado anterior
no Campeonato Brasileiro
T S
América Mineiro Minas Gerais Minas Gerais Belo Horizonte Brasil Sparta (marca própria) 2º colocado da Série B 17 1 7º colocado 1 (1973)
Athletico Paranaense  Paraná Curitiba Inglaterra Umbro ?º colocado da Série A 44 9 Campeão 1 (2001)
Atlético Goianiense  Goiás Goiânia Brasil Dragão Premium (marca própria) ?º colocado da Série A 12 2 6º colocado 1 (1968)
Atlético Mineiro  Minas Gerais Belo Horizonte França Le Coq Sportif ?º colocado da Série A 58 15 Campeão 1 (1971)
Bahia Bahia Bahia  Salvador Brasil Esquadrão (marca própria) ?º colocado da Série A 49 5 Campeão 2 (1959 e 1988)
Ceará  Ceará Fortaleza Brasil Vozão (marca própria) ?º colocado da Série A 25 4 3º colocado 1 (1964)
Chapecoense  Santa Catarina Chapecó Chapecó Inglaterra Umbro 1º colocado da Série B 9 1 8º colocado 1 (2017)
Corinthians  São Paulo São Paulo Estados Unidos Nike ?º colocado da Série A 53 13 Campeão 7 (199019981999200520112015 e 2017)
Cuiabá  Mato Grosso Cuiabá Inglaterra Umbro 4º colocado da Série B 1 1 4º colocado (B) 1 (2020)
Flamengo  Rio de Janeiro Rio de Janeiro Alemanha Adidas ?° colocado da Série A 56 55 Campeão 6 (1980, 1982, 1983, 1992, 2009 e 2019)
Fluminense  Rio de Janeiro Rio de Janeiro Inglaterra Umbro ?º colocado da Série A 55 22 Campeão 4 (1970, 1984, 2010 e 2012)
Fortaleza  Ceará Fortaleza Brasil Leão1918 (marca própria) ?º colocado da Série A 23 3 Vice-campeão 2 (1960 e 1968)
Grêmio  Rio Grande do Sul Porto Alegre Inglaterra Umbro ?º colocado da Série A 62 16 Campeão 2 (1981 e 1996)
Internacional  Rio Grande do Sul Porto Alegre Alemanha Adidas ?º colocado da Série A 55 4 Campeão 3 (1975, 1976 e 1979)
Juventude  Rio Grande do Sul Caxias do Sul Brasil 19Treze (marca própria) 3º colocado da Série B 17 1 7º colocado 2 (2002 e 2004)
Palmeiras  São Paulo São Paulo Alemanha Puma ?º colocado da Série A 58 8 Campeão 10 (19601967196719691972, 1973
1993199420162018)
Red Bull Bragantino  São Paulo Bragança Paulista Estados Unidos Nike ?º colocado da Série A 11 2 Vice-campeão 1 (1991)
Santos  São Paulo Santos Inglaterra Umbro 8º colocado da Série A 61 42 Campeão 8 (19611962196319641965, 19682002 e 2004)
São Paulo  São Paulo São Paulo Alemanha Adidas ?º colocado da Série A 54 42 Campeão 6 (19771986199120062007 e 2008)
Sport  Pernambuco Recife Inglaterra Umbro ?º colocado da Série A 42 2 Campeão 1 (1987)

Classificação[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 23 de fevereiro.
Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Minas Gerais América Mineiro 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável Fase de grupos da Copa Libertadores de 2022
2 Paraná Athletico Paranaense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
3 Goiás Atlético Goianiense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
4 Minas Gerais Atlético Mineiro 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
5 Bahia Bahia 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável Segunda fase da Copa Libertadores de 2022
6 Ceará Ceará 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
7 Santa Catarina Chapecoense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável Fase de grupos da Copa Sul-Americana de 2022
8 São Paulo Corinthians 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
9 Mato Grosso Cuiabá 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
10 Rio de Janeiro Flamengo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
11 Rio de Janeiro Fluminense 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
12 Ceará Fortaleza 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
13 Rio Grande do Sul Grêmio 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
14 Rio Grande do Sul Internacional 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
15 Rio Grande do Sul Juventude 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
16 São Paulo Palmeiras 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
17 São Paulo Red Bull Bragantino 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável Zona de rebaixamento à Série B de 2022
18 São Paulo Santos 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
19 São Paulo São Paulo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
20 Pernambuco Sport 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável

Série B[editar | editar código-fonte]

Disputada nos mesmos moldes da Série A, com vinte clubes jogando entre si em turno e returno. Os quatro primeiros colocados garantiram acesso à Série A de 2022 e os quatro últimos caíram para a Série C do ano seguinte.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Estado Cidade Fornecedor Temporada 2020 Part. A Melhor resultado anterior
no Campeonato Brasileiro
T S
Avaí  Santa Catarina Florianópolis Inglaterra Umbro 9º colocado da Série B 23 2 6º colocado (A) 1 (2009)
Botafogo  Rio de Janeiro Rio de Janeiro Itália Kappa 20º colocado da Série A 3 1 Campeão (A) 2 (1968 e 1995)
Brasil de Pelotas  Rio Grande do Sul Pelotas Brasil Xavante (marca própria) 12º colocado da Série B 9 6 3º colocado (A) 1 (1985)
Brusque Santa Catarina Santa Catarina Brusque Brasil BFC 87 (marca própria) 4° colocado da Série C 2 1 33º colocado (B) 1 (1989)
Confiança  Sergipe Aracaju Brasil WA Sport 15º colocado da Série B 10 2 9º colocado (A) 1 (1964)
Coritiba  Paraná Curitiba Brasil 1909 (marca própria) 19º colocado da Série A 40 1 Campeão (A) 1 (1985)
CRB  Alagoas Maceió Brasil Regatas (marca própria) 10º colocado da Série B 31 7 12º colocado (A) 1 (1962)
Cruzeiro  Minas Gerais Belo Horizonte Alemanha Adidas 11º colocado da Série B 2 2 Campeão (A) 4 (196620032013 e 2014)
CSA  Alagoas Maceió Brasil Azulão (marca própria) 5º colocado da Série B 11 2 13º colocado (A) 4 (1966, 1967, 1981 e 1985)
Goiás  Goiás Goiânia Brasil Gr33n (marca própria) ?º colocado da Série A 10 1 3º colocado (A) 1 (2005)
Guarani  São Paulo Campinas Itália Kappa 13º colocado da Série B 15 5 Campeão (A) 1 (1978)
Londrina  Paraná Londrina Brasil Karilu 3º colocado da Série C 25 1 4º colocado (A) 1 (1977)
Náutico  Pernambuco Recife Brasil N Seis (marca própria) 16º colocado da Série B 22 2 Vice-campeão (A) 1 (1967)
Operário-PR  Paraná Ponta Grossa Brasil Karilu 8º colocado da Série B 7 3 88º colocado (A) 1 (1979)
Ponte Preta  São Paulo Campinas Brasil 1900 (marca própria) 7º colocado da Série B 20 4 3º colocado (A) 1 (1981)
Remo Pará Pará Belém Itália Kappa 2º colocado da Série C 22 1 7º colocado (A) 1 (1993)
Sampaio Corrêa  Maranhão São Luís Brasil Numer 6° colocado da Série B 18 2 13º colocado (A) 1 (1965)
Vasco da Gama  Rio de Janeiro Rio de Janeiro Itália Kappa ?º colocado da Série A 4 1 Campeão (A) 4 (1974198919972000)
Vila Nova  Goiás Goiânia Brasil V43 (marca própria) 1º colocado da Série C 23 1 12º colocado (A) 1 (1963)
Vitória Bahia Bahia  Salvador Brasil Nego (marca própria) 14º colocado da Série B 10 2 Vice-campeão (A) 1 (1993)

Classificação[editar | editar código-fonte]

Atualizado em 21 de fevereiro.
Pos. Equipes P J V E D GP GC SG % M Classificação ou rebaixamento
1 Santa Catarina Avaí 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável Zona de promoção à Série A de 2022
2 Rio de Janeiro Botafogo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
3 Rio Grande do Sul Brasil de Pelotas 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
4 Santa Catarina Brusque 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
5 Sergipe Confiança 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
6 Paraná Coritiba 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
7 Alagoas CRB 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
8 Minas Gerais Cruzeiro 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
9 Alagoas CSA 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
10 Goiás Goiás 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
11 São Paulo Guarani 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
12 Paraná Londrina 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
13 Pernambuco Náutico 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
14 Paraná Operário-PR 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
15 São Paulo Ponte Preta 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
16 Pará Remo 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
17 Maranhão Sampaio Corrêa 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável Zona de rebaixamento à Série C de 2022
18 Goiás Vila Nova 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
19 Bahia Vitória 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável
20 Flag of None.svg 0 0 0 0 0 0 0 0 0 Estável

Série C[editar | editar código-fonte]

Os vinte clubes foram divididos geograficamente em dois grupos com dez equipes cada. Os quatro melhores de cada grupo avançaram para a segunda fase onde esses times foram dividos em dois grupos de quatro cada. Os dois melhores de cada grupo conquistaram o acesso para disputar a Série B de 2022 e os dois últimos colocados de cada grupo da primeira fase caíram à Série D do ano seguinte.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Clube Estado Cidade Fornecedor Temporada 2020 Part. C Melhor resultado anterior no Campeonato Brasileiro
T S
Altos  Piauí Altos Brasil Pratic Sport 4º colocado da Série D 1 1 4º colocado (D) 1 (2020)
Botafogo-PB  Paraíba João Pessoa Brasil Belo 1931 (marca própria) 15º colocado da Série C 18 8 20º colocado (A) 1 (1980)
Botafogo-SP  São Paulo Ribeirão Preto Itália Kappa 19º colocado da Série B 7 1 13º colocado (A) 2 (1976 e 1978)
Criciúma  Santa Catarina Criciúma Brasil Garra91 (marca própria) 16º colocado da Série C 5 2 12º colocado (A) 1 (1987)
Ferroviário  Ceará Fortaleza Brasil BM9 Sports 12º colocado da Série C 15 3 27º colocado (A) 1 (1981)
Figueirense  Santa Catarina Florianópolis Brasil 1921 (marca própria) 17º colocado da Série B 9 1 7º colocado (A) 2 (2006 e 2011)
Floresta  Ceará Fortaleza Brasil Golaço 2º colocado da Série D 1 1 2º colocado (D) 1 (2020)
Ituano  São Paulo Itu Brasil Alluri Sports 8º colocado da Série C 9 2 6º colocado (B) 1 (2004)
Jacuipense Bahia Bahia Riachão do Jacuípe Brasil Niory 11° colocado da Série C 2 2 11º colocado (C) 1 (2020)
Manaus  Amazonas Manaus Brasil Soft Malhas 10° colocado da Série C 2 2 10° colocado (C) 1 (2020)
Mirassol  São Paulo Mirassol Brasil Super Bolla 1º colocado da Série D 3 1 54º colocado (C) 1 (2008)
Novorizontino  São Paulo Novo Horizonte Flag.jpg Novo Horizonte Brasil Physicus 3º colocado da Série D 1 1 3º colocado (D) 1 (2020)
Oeste  São Paulo Barueri Brasil Deka 20º colocado da Série B 2 1 6º colocado (B) 1 (2017)
Paraná  Paraná Curitiba Brasil Valente (marca própria) 18º colocado da Série B 2 1 5º colocado (A) 1 (2006)
Paysandu Pará Pará Belém Brasil Lobo (marca própria) 5º colocado da Série C 11 3 10º colocado (A) 2 (1963 e 1967)
São José-RS  Rio Grande do Sul Porto Alegre Brasil Weefe 14º colocado da Série C 7 3 8º colocado (C) 1 (2019)
Santa Cruz  Pernambuco Recife Brasil Cobra Coral (marca própria) 13º colocado da Série C 7 4 4º colocado (A) 2 (1960 e 1975)
Tombense  Minas Gerais Tombos Brasil Vettor 9º colocado da Série C 6 6 7º colocado (C) 1 (2017)
Volta Redonda  Rio de Janeiro Volta Redonda Brasil Icone Sports 13º colocado da Série C 14 5 32º colocado (A) 1 (1978)
Ypiranga de Erechim  Rio Grande do Sul Erechim Brasil Clanel 6º colocado da Série C 7 6 6º colocado (C) 1 (2020)

Classificação[editar | editar código-fonte]

A classificação geral dá prioridade ao clube que avançou mais fases, e ao campeão, mesmo que tenha menor pontuação.

Pos Equipes Pts J V E D GP GC SG Classificação ou rebaixamento
1 Promovidos à Série B de 2022
e finalistas
2
3 Promovidos à Série B de 2022
e eliminados na segunda fase
4
5 Eliminados na segunda fase
6
7
8
9 Eliminados na primeira fase
10
11
12
13
14
15
16
17 Rebaixados à Série D de 2022
18
19
20

Série D[editar | editar código-fonte]

Os clubes participantes se classificaram através dos campeonatos e seletivas estaduais. A melhor federação do ranking nacional de federações teve quatro representantes, enquanto as federações posicionadas entre o segundo e o nono lugar tiveram três representantes. As outras dezoito federações tiveram dois representantes (segundo o Ranking da CBF), além dos quatro rebaixados da Série C de 2020, totalizando sessenta e oito equipes participantes.

Os segundos representantes das oito piores federações disputarão uma fase preliminar em jogos de mata-mata, classificando quatro clubes para a fase de grupos. Juntamente com os demais 60 clubes, todos serão divididos em oito grupos com oito equipes cada onde os quatro melhores de cada grupo classificaram-se para a fase mata-mata. Os semifinalistas conquistaram o acesso para disputar a Série C de 2022.

Participantes[editar | editar código-fonte]

Equipe Cidade Estado Como se classificou Estádio (mando) Capacidade[1] Títulos
4 de Julho Piripiri Piauí PI Campeão do Estadual 2020 Arena Ytacoatyara 8 500 0 (não possui)
ABC Natal Rio Grande do Norte RN Campeão do Estadual 2020 Frasqueirão 18 000 0 (não possui)
Águia Negra Rio Brilhante Mato Grosso do Sul MS Campeão do Estadual 2020 Ninho D'Águia 8 000 0 (não possui)
Aimoré São Leopoldo Rio Grande do Sul RS 3º melhor colocado do Estadual 2020 Cristo-Rei 7 800 0 (não possui)
América de Natal Natal Rio Grande do Norte RN Vice-campeão do Estadual 2020 Arena das Dunas 32 050 0 (não possui)
Aparecidense Aparecida de Goiânia Goiás GO 3º melhor colocado do Estadual 2020 Anibal Toledo 4 800 0 (não possui)
Aquidauanense Aquidauana Mato Grosso do Sul MS Vice-campeão do Estadual 2020 Noroeste 5 000 0 (não possui)
ASA Arapiraca Alagoas AL Campeão da Copa Alagoas 2020 Fumeirão 15 332 0 (não possui)
Atlético Acreano Rio Branco Acre AC Melhor colocado do Estadual 2020 Arena Acreana 20 000 0 (não possui)
Atlético Cearense Fortaleza Ceará CE 2º melhor colocado do Estadual 2020 Presidente Vargas 20 262 0 (não possui)
Atlético de Alagoinhas Alagoinhas Bahia BA Melhor colocado do Estadual 2020 Carneirão 16 000 0 (não possui)
Bahia de Feira Feira de Santana Bahia BA 3º melhor colocado do Estadual 2020 Arena Cajueiro 4 000 0 (não possui)
Bangu Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 3º melhor colocado do Estadual 2020 Moça Bonita 9 500 0 (não possui)
Boa Esporte Varginha Minas Gerais MG 19º colocado da Série C de 2020 Melão 15 471 0 (não possui)
Boavista-RJ Saquarema Rio de Janeiro RJ Melhor colocado do Estadual 2020 Elcyr Resende 2 058 0 (não possui)
Brasiliense Taguatinga Distrito Federal (Brasil) DF Vice-campeão do Metropolitano 2020 Boca do Jacaré 28 800 0 (não possui)
Caldense Poços de Caldas Minas Gerais MG Melhor colocado do Estadual 2020 Ronaldão 7 600 0 (não possui)
Campinense Campina Grande Paraíba PB Melhor colocado do Estadual 2020 Amigão 19 000 0 (não possui)
Castanhal Castanhal Pará PA Melhor colocado do Estadual 2020 Modelão 5 000 0 (não possui)
Caucaia Caucaia Ceará CE 3º melhor colocado do Estadual 2020 Raimundão 4 000 0 (não possui)
Caxias Caxias do Sul Rio Grande do Sul RS Melhor colocado do Estadual 2020 Centenário 22 132 0 (não possui)
Cianorte Cianorte Paraná PR 2º melhor colocado do Estadual 2020 Albino Turbay 4 000 0 (não possui)
Esportivo Bento Gonçalves Rio Grande do Sul RS 2º melhor colocado do Estadual 2020 Montanha dos Vinhedos 15 000 0 (não possui)
FC Cascavel Cascavel Paraná PR Melhor colocado do Estadual 2020 Olímpico Regional 28 125 0 (não possui)
Ferroviária Araraquara São Paulo SP 2ª melhor colocada do Estadual 2020 Fonte Luminosa 20 000 0 (não possui)
Galvez Rio Branco Acre AC Campeão do Estadual 2020 Arena Acreana 20 000 0 (não possui)
Gama Gama Distrito Federal (Brasil) DF Campeão do Metropolitano 2020 Bezerrão 20 310 0 (não possui)
GAS Boa Vista Roraima RR Vice-campeão do Estadual 2020 Flamarion Vasconcelos 10 000 0 (não possui)
Goianésia Goianésia Goiás GO Melhor colocado do Estadual 2020 Valdeir José de Oliveira 8 110 0 (não possui)
Guarany de Sobral Sobral Ceará CE Melhor colocado do Estadual 2020 Junco 10 000 1 (2010)
Imperatriz Imperatriz Maranhão MA 20º colocado da Série C de 2020 Frei Epifânio 10 000 0 (não possui)
Inter de Limeira Limeira São Paulo SP 3ª melhor colocada do Estadual 2020 Limeirão 18 000 0 (não possui)
Itabaiana Itabaiana Sergipe SE 2° melhor colocado do Estadual 2020 Etelvino Mendonça 10 000 0 (não possui)
Jaraguá Jaraguá Goiás GO 2° melhor colocado do Estadual 2020 Amintas de Freitas 4 000 0 (não possui)
Joinville Joinville Santa Catarina SC 3° melhor colocado do Estadual 2020 Arena Joinville 17 545 0 (não possui)
Juazeirense Juazeiro Bahia BA 2º melhor colocado do Estadual 2020 Adautão 12 120 0 (não possui)
Juventude-MA São Mateus do Maranhão Maranhão MA 2° melhor colocado do Estadual 2020 Pinheirão 500 0 (não possui)
Juventus de Jaraguá Jaraguá do Sul Santa Catarina SC 2° melhor colocado do Estadual 2020 João Marcatto 10 270 0 (não possui)
Madureira Rio de Janeiro Rio de Janeiro RJ 2º melhor colocado do Estadual 2020 Conselheiro Galvão 5 014 0 (não possui)
Marcílio Dias Itajaí Santa Catarina SC Melhor colocado do Estadual 2020 Hercílio Luz 6 010 0 (não possui)
Moto Club São Luís Maranhão MA Melhor colocado do Estadual 2020 Castelão 40 149 0 (não possui)
Murici Murici Alagoas AL Melhor colocado do Estadual 2020 José Gomes da Costa 3 500 0 (não possui)
Nova Mutum Nova Mutum Mato Grosso MT Campeão do Estadual 2020 Valdir Doilho Wons 1 000 0 (não possui)
Palmas Palmas Tocantins TO Campeão ou vice do Estadual 2020 Nilton Santos 12 000 0 (não possui)
Paragominas Paragominas Pará PA 2º melhor colocado do Estadual 2020 Arena Verde 10 000 0 (não possui)
Patrocinense Patrocínio Minas Gerais MG 3º melhor colocado do Estadual 2020 Pedro Alves do Nascimento 8 000 0 (não possui)
Picos Picos Piauí PI Vice-campeão do Estadual 2020 Helvídio Nunes 5 000 0 (não possui)
Porto Velho Porto Velho Rondônia RO Campeão do Estadual 2020 Aluizão 5 000 0 (não possui)
Portuguesa São Paulo São Paulo SP Campeã da Copa Paulista de 2020 Canindé 22 375 0 (não possui)
Real Ariquemes Ariquemes Rondônia RO Vice-campeão do Estadual 2020 Valerião 2 500 0 (não possui)
Retrô Camaragibe Pernambuco PE 2º melhor colocado do Estadual 2020 Arena Pernambuco 44 000 0 (não possui)
Rio Branco-ES Vitória Espírito Santo (estado) ES Vice-campeão do Estadual 2020 Kleber Andrade 20 000 0 (não possui)
Rio Branco-PR Paranaguá Paraná PR 3º melhor colocado do Estadual 2020 Estradinha 4 000 0 (não possui)
Rio Branco-VN Venda Nova do Imigrante Espírito Santo (estado) ES Campeão do Estadual 2020 Olímpio Perim 2 100 0 (não possui)
Salgueiro Salgueiro Pernambuco PE Melhor colocado do Estadual 2020 Cornélio de Barros 12 070 0 (não possui)
Santana Santana Amapá AP Vice-campeão do Estadual 2020 Zerão 10 000 0 (não possui)
Santo André Santo André São Paulo SP Melhor colocado do Estadual 2020 Bruno José Daniel 8 000 0 (não possui)
São Bento Sorocaba São Paulo SP 18º colocado da Série C de 2020 Walter Ribeiro 13 772 0 (não possui)
São Raimundo-RR Boa Vista Roraima RR Campeão do Estadual 2020 Flamarion Vasconcelos 10 000 0 (não possui)
Sergipe Aracaju Sergipe SE Vice-campeão do Estadual 2020 Batistão 15 586 0 (não possui)
Sousa Sousa Paraíba PB 2º melhor colocado do Estadual 2020 Marizão 5 400 0 (não possui)
Tocantinópolis Tocantinópolis Tocantins TO Campeão ou vice do Estadual 2020 Ribeirão 8 000 0 (não possui)
Treze Campina Grande Paraíba PB 17º colocado da Série C de 2020 Presidente Vargas 12 000 0 (não possui)
Uberlândia Uberlândia Minas Gerais MG 2º melhor colocado do Estadual 2020 Parque do Sabiá 53 350 0 (não possui)
União Rondonópolis Rondonópolis Mato Grosso MT 2º melhor colocado do Estadual 2020 Luthero Lopes 19 000 0 (não possui)
Ypiranga-AP Macapá Amapá AP Campeão do Estadual 2020 Zerão 10 000 0 (não possui)

Participantes por federação[editar | editar código-fonte]

As federações ganham participantes por meio de competições estaduais, classificando de dois a quatro clubes para participar da Série D. Clubes que participaram da Série D do ano passado e não foram promovidos a Série C desse ano saíram da competição, caso não tenham se classificado pelas competições estaduais.

Federação Série A Série B Série C Série D Total
 São Paulo Corinthians
Palmeiras
Red Bull Bragantino
Santos
São Paulo
Guarani
Ponte Preta
Botafogo-SP
Novorizontino
Ituano
Mirassol
Oeste
Ferroviária
Inter de Limeira
Portuguesa
Santo André
São Bento
17 participantes
 Rio Grande do Sul Grêmio
Internacional
Juventude
Brasil de Pelotas São José-RS
Ypiranga de Erechim
Aimoré
Caxias
Esportivo
10 participantes
 Rio de Janeiro Flamengo
Fluminense
Botafogo
Vasco da Gama
Volta Redonda Bangu
Boavista-RJ
Madureira
8 participantes
 Minas Gerais América Mineiro
Atlético Mineiro
Cruzeiro Tombense Boa Esporte
Caldense
Patrocinense
Uberlândia
 Paraná Athletico Paranaense Coritiba
Londrina
Operário-PR
Paraná Cianorte
FC Cascavel
Rio Branco-PR
 Santa Catarina Chapecoense Avaí
Brusque
Criciúma
Figueirense
Joinville
Juventus de Jaraguá
Marcílio Dias
 Ceará Ceará
Fortaleza
Ferroviário
Floresta
Atlético Cearense
Caucaia
Guarany de Sobral
7 participantes
 Goiás Atlético Goianiense Goiás
Vila Nova
Aparecidense
Goianésia
Jaraguá
6 participantes
 Bahia Bahia Vitória Jacuipense Atlético de Alagoinhas
Bahia de Feira
Juazeirense
 Pernambuco Sport Náutico Santa Cruz Retrô
Salgueiro
5 participantes
 Alagoas CRB
CSA
ASA
Murici
4 participantes
 Pará Remo Paysandu Castanhal
Paragominas
 Maranhão Sampaio Corrêa Imperatriz
Juventude-MA
Moto Clube
 Paraíba Botafogo-PB Campinense
Sousa
Treze
 Mato Grosso Cuiabá Nova Mutum
União Rondonópolis
3 participantes
 Sergipe Confiança Itabaiana
Sergipe
 Piauí Altos 4 de Julho
Picos
 Amazonas Manaus A definir
A definir
 Acre Atlético Acreano
Galvez
2 participantes
 Amapá Santana
Ypiranga-AP
 Distrito Federal Brasiliense
Gama
 Espírito Santo Rio Branco-ES
Rio Branco-VN
 Mato Grosso do Sul Águia Negra
Aquidauanense
 Rio Grande do Norte ABC
América de Natal
 Rondônia Porto Velho
Real Ariquemes
 Roraima GAS
São Raimundo-RR
 Tocantins Palmas
Tocantinópolis

Promoções e rebaixamentos[editar | editar código-fonte]

Divisão Clubes rebaixados Baixa Clubes promovidos Aumento
Série A
Série B
Série B
Série C
Série C
Série D

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «CNEF Cadastro Nacional de Estádios de Futebol» (PDF). CBF. 18 de janeiro de 2016. Consultado em 17 de abril de 2016