Lista de brasileiros naturalizados

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

A lista de brasileiros naturalizados lista os cidadãos que se tornaram brasileiros por efeito de naturalização.

Nome Local de nascimento Profissão Ref
Adolpho Bloch  Ucrânia (Jitomir) jornalista e empresário [1][2]
Affonso Eduardo Reidy  França (Paris) arquiteto
Alberto Salvá Flag of Spain.svg Espanha (Barcelona) cineasta.
Alexia Deschamps  Argentina (Buenos Aires) atriz
Ana Maria Poppovic  Argentina psicóloga e educadora
André Puccinelli  Itália (Viareggio) político e médico
Ariel Palacios  Argentina (Buenos Aires) jornalista
Arthur Thiré  França (Caen) professor e engenheiro
Augusto Leverger  França (Saint-Malo) escritor, historiador e geógrafo
Bertha Worms  França (Uckange) pintora e professora
Carlos Amastha  Colômbia (Barranquilla) político[3] e empresário
Carybé (Hector Bernabó)  Argentina (Lanús) pintor, escultor e ilustrador [4][5]
Chen Kong Fang  China (Tongcheng) artista plástico
Chico Díaz  México (Cidade do México) ator
Clarice Lispector  Ucrânia (Chechelnyk) escritora [6][7][8]
Claude Troisgros  França (Roanne) chef e apresentador de televisão
Cris Nicolotti  Itália (Turim) atriz, cantora e apresentadora de televisão
Cris Poli  Argentina (Buenos Aires) pedagoga, apresentadora e atriz
David Fleischer  Estados Unidos cientista político
Dorothy Stang  Estados Unidos (Dayton) missionária católica [9][10]
Edmond Safra Líbano (Beirute) banqueiro
Elio Gaspari  Itália (Nápoles) jornalista e escritor
Elisa Lispector  Ucrânia (Savran) escritora
Emílio Mallet  França (Dunquerque) militar
Enrique Díaz  Peru ator
Eva Todor  Hungria (Budapeste) atriz
Fayga Ostrower  Polónia (Łódź) artista plástica
Felix Fischer  Alemanha (Hamburgo) ministro do Superior Tribunal de Justiça
Fernando de Barros  Portugal jornalista e cineasta
Fernando Meligeni  Argentina (Buenos Aires) tenista [11][12]
Francesc Petit Flag of Spain.svg Espanha (Barcelona) publicitário e pintor
Francisco Stockinger  Áustria (Traun) escultor
Frans Krajcberg  Polónia (Kozienice) escultor
Frei Damião  Itália (Massarosa) frade
Gaúcho da Fronteira Uruguai (Rivera) músico
George Michel Serkeis  Egito (Al Mansura) cineasta, jornalista e empresário [13]
Gianfrancesco Guarnieri  Itália (Milão) ator
Gil de Ferran  França (Paris) piloto de automóveis
Gino Bianco  Itália (Turim) piloto de automóveis
Giovanni Guido Cerri  Itália médico
Guido Mantega  Itália (Gênova) economista e político.
Hans Donner  Alemanha (Wuppertal) designer [14][15]
Héctor Babenco  Argentina (Mar del Plata) cineasta
Heinrich Rheinboldt  Alemanha (Karlsruhe) químico e professor
Henrique Bernardelli  Chile (Valparaíso) pintor
Hermann von Ihering  Alemanha (Kiel) médico, professor e ornitólogo
Isabel Maria Josefa de Orléans e Bragança  França (Bourboule) princesa do Brasil e princesa de Orléans e Bragança
Ítalo Zappa  Itália (Paola) diplomata
Jacob Safra Líbano banqueiro
Jacqueline Laurence  França (Marselha) atriz e diretora de cinema
João Lupi  Portugal (Lisboa) antropólogo, professor e medievalista
Jonathas Abbott  Reino Unido (Londres) médico
José Gomes Temporão  Portugal (Merufe) médico
José Maria de Medeiros  Portugal (Ilha do Faial) pintor
José Safra Líbano arquiteto
J.R. Duran Flag of Spain.svg Espanha (Barcelona) fotógrafo
Ken Kaneko  Japão (Yokohama) ator
Lasar Segall  Lituânia (Vilnius) pintor
Leon Cakoff  Síria crítico de cinema
Lina Bo Bardi  Itália (Roma) arquiteta
Lily Marinho  Alemanha (Colônia) socialite [16]
Loureiro Neto  Portugal (Palmeira) político e radialista
Luis Gustavo  Suécia (Gotemburgo) ator
Luis Palacín Flag of Spain.svg Espanha (Valhadolide) historiador
Manabu Mabe  Japão (Udo) Ppintor, desenhista e tapeceiro
Maria da Conceição Tavares  Portugal (Anadia) economista
Maria João Pires  Portugal (Lisboa) pianista [17]
Mino Carta  Itália (Gênova) jornalista
Miriani Griselda Pastoriza  Argentina astrônoma
Mohsen Hojeije Líbano político[3]
Moise Safra Líbano banqueiro
Mónica Serra  Chile (Santiago) psicóloga
Nicola Siri  Itália (Génova) ator
Noel Nutels  Ucrânia (Anan'yevo) médico e indigenista
Olivier Anquier  França (Montfermeil) chef e apresentador de televisão
Oscarito Flag of Spain.svg Espanha (Málaga) ator e humorista
Otto Maria Carpeaux  Áustria (Viena) ensaísta, crítico literário e jornalista
Padre Quevedo Flag of Spain.svg Espanha (Madrid) Padre católico e parapsicólogo
Paola de Orléans e Bragança  Reino Unido (Londres) desenhista industrial e modelo.
Pedro Bloch  Ucrânia (Jitomir) médico, escritor e dramaturgo
Percy Lau  Peru (Arequipa) desenhista e ilustrador
Piero Gancia  Itália (Turim) piloto de automóveis e empresário
Pietro Maria Bardi  Itália (La Spezia) marchand, jornalista e historiador
Renée Gumiel  França (Saint-Claude) bailarina, coreógrafa e atriz
Ricardo Henriques  Portugal economista
Ritchie  Reino Unido (Beckenham) cantor e compositor
Rodolfo Bernardelli  México (Guadalajara) escultor
Samuel Klein  Polónia (Zaklików) empresário
Sebastián Cuattrin  Argentina (Rosário) canoista
Tatiana Leskova  França (Paris) bailarina
Tomie Ohtake  Japão (Quioto) pintora
Vahan Agopyan  Turquia (Istambul) engenheiro civil
Vladimir Herzog  Croácia (Osijek) jornalista
Wilhelm Giesbrecht  Alemanha (Königsberg) engenheiro
Yuji Yamada  Japão (Província de Hokkaido) político[3]

Referências

  1. Bruno Dias (23 junho 2007). «Prédio da Rede Manchete do Rio de Janeiro vai a leilão». Conjur. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  2. Nando Schweitzer. «A "Manchete" do dia!». Portal da Ilha. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  3. a b c Portal G1: Quase 200 candidatos estrangeiros são eleitos no país.
  4. Da Redação (16 de julho de 2010). «Hector Babenco é homenageado na primeira noite de Paulínia». Terra. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  5. Silvana Arantes (17 de outubro de 2007). «Novo filme de Hector Babenco abre Mostra de São Paulo». Folha.com. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  6. Da Redação (21 de março de 2007). «Museu da Língua completa um ano como o mais visitado do país». G1. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  7. Redação época (20 de abril de 2010). «Clarice Lispector por Beth Goulart». Época. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  8. Márcio Abos (26 de abril de 2007). «Duas mil gavetas para descobrir Clarice no Museu da Língua Portuguesa» (asp). O Globo. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  9. João Carlos Magalhães (7 de maio de 2008). «Júri absolve acusado por morte de Dorothy Stang». UOL. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  10. «Acusado de mandar matar irmã Dorothy vai a júri» (phtml). Gazeta do Povo. 30 de abril de 2010. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  11. Caio Teixeira (12 de abril de 2010). «Muito sol e poucas palavras em sessão de fotos do Rio Champions no Leblon». Sidney Resende. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  12. Fernando Franco (18 de Junho de 2008). «Meligeni: "Maior vitória foi contra Sampras". Ríos desconhece brasileiros.» (htm). UOL. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  13. http://portalbrasileirodecinema.com.br/mojica/depoimentos/05_05.php.
  14. Alberto Romeu (4 de agosto de 2010). «Exclusivo, Hans Donner não concederá entrevista no Fórum IEL». Plantão News. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  15. Marcelo Matusiak. «Confirmada presença de Hans Donner na ExpoAcabamento em Porto Alegre». Segs. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  16. Bruno Astuto (15 de maio de 2008). «Dona Lily Marinho vende peças familiares e promove o leilão do ano» (asp). Terra. Consultado em 13 de agosto de 2011 
  17. Diário Oficial da União, 17 de fevereiro de 2010.Seção 1, p. 41

Ver também[editar | editar código-fonte]