Mesorregião do Sudeste Rio-Grandense

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa


Mesorregião do Sudeste Rio-Grandense
Divisão regional do Brasil
Localização da Mesorregião do Sudeste Rio-Grandense
Características geográficas
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Regiões limítrofes Centro Ocidental, Centro Oriental, Metropolitana de Porto Alegre e Sudoeste
Área 42 539,655 km²
População 953,474 hab. est. IBGE/2016[1]
Densidade 22,4 hab./km²
Indicadores
PIB R$ 21 283 260 000,00 FEE/2014[2]
PIB per capita R$ 9 715,65 IBGE/2003
IDH 0,783 PNUD/2000

A mesorregião do Sudeste Rio-Grandense é uma das sete mesorregiões do estado brasileiro do Rio Grande do Sul. É formada pela união de 25 municípios agrupados em quatro microrregiões. Esta mesorregião possui 15,10% da área territorial gaúcha, 8,48% da população[1] e 5,94% do PIB estadual.[2]

Microrregiões[editar | editar código-fonte]

Economia e Demografia[editar | editar código-fonte]

Cidade População[1] PIB[2]
(em R$ mil)
EVN[3]
(em anos)
MI[3]
Amaral Ferrador 6 817 74 850 73,13 16,67
Arroio do Padre 2 895 48 624 76,59 00,00
Arroio Grande 18 935 449 912 73,43 23,70
Caçapava do Sul 34 644 665 272 76,27 14,15
Candiota 9 362 213 295 76,57 00,00
Canguçu 55 956 892 553 74,15 16,13
Capão do Leão 25 441 414 960 73,81 19,05
Cerrito 6 461 78 781 74,41 18,18
Chuí 6 413 152 934 72,53 00,00
Cristal 7 792 151 962 74,57 11,24
Encruzilhada do Sul 25 801 396 616 77,50 18,25
Herval 6 978 99 045 75,59 58,82
Jaguarão 28 230 585 574 74,89 12,42
Morro Redondo 6 548 85 057 76,84 00,00
Pedras Altas 2 181 65 074 74,19 00,00
Pedro Osório 8 005 118 414 74,76 09,80
Pelotas 343 651 6 657 759 75,64 09,89
Pinheiro Machado 12 944 253 407 75,73 18,87
Piratini 20 757 311 290 74,24 10,26
Rio Grande 208 641 7 357 681 76,66 11,92
Santa Vitória do Palmar 31 352 787 225 76,66 09,69
Santana da Boa Vista 8 424 130 866 73,13 15,38
São José do Norte 27 095 318 799 72,52 15,38
São Lourenço do Sul 44 561 893 377 75,95 05,13
Turuçu 3 590 79 933 73,81 34,48

IDH-M[editar | editar código-fonte]

IDH-M é o Índice de Desenvolvimento Humano medido para os municípios. Abaixo, são as informações do PNUD em 2013, com base no Censo de 2010.[4]

Cidade IDH-M IDH-M Renda IDH-M Longevidade IDH-M Educação
Amaral Ferrador, Serras de Sudeste 0,624 0,664 0,802 0,457
Arroio do Padre, Pelotas 0,669 0,756 0,860 0,461
Arroio Grande, Jaguarão 0,657 0,673 0,807 0,522
Caçapava do Sul, Serras de Sudeste 0,704 0,699 0,855 0,585
Candiota, Serras de Sudeste 0,698 0,704 0,860 0,562
Canguçu, Pelotas 0,650 0,683 0,819 0,491
Capão do Leão, Pelotas 0,637 0,662 0,814 0,480
Cerrito, Pelotas 0,649 0,657 0,824 0,504
Chuí, Litoral Lagunar 0,706 0,676 0,792 0,658
Cristal, Pelotas 0,644 0,687 0,826 0,471
Encruzilhada do Sul, Serras de Sudeste 0,657 0,677 0,875 0,478
Herval, Jaguarão 0,687 0,730 0,843 0,527
Jaguarão, Jaguarão 0,707 0,698 0,832 0,608
Morro Redondo, Pelotas 0,702 0,719 0,864 0,557
Pedras Altas, Jaguarão 0,640 0,647 0,820 0,493
Pedro Osório, Pelotas 0,678 0,683 0,829 0,551
Pelotas, Pelotas 0,739 0,758 0,844 0,632
Pinheiro Machado, Serras de Sudeste 0,661 0,685 0,846 0,499
Piratini, Serras de Sudeste 0,658 0,672 0,821 0,517
Rio Grande, Litoral Lagunar 0,744 0,752 0,861 0,637
Santa Vitória do Palmar, Litoral Lagunar 0,712 0,709 0,861 0,591
Santana da Boa Vista, Serras de Sudeste 0,633 0,630 0,802 0,503
São José do Norte, Litoral Lagunar 0,623 0,663 0,792 0,461
São Lourenço do Sul, Pelotas 0,687 0,722 0,849 0,528
Turuçu, Pelotas 0,629 0,685 0,814 0,446
Melhor índice regional
Pior índice regional

IFDM[editar | editar código-fonte]

O IFDM, se assemelha com o IDH no teórico, embora a fonte dos dados seja anual, dos ministérios do governo. Abaixo, os dados de 2014 relativos ao ano de 2011.[5]

Cidade IFDM IFDM Educação IFDM Saúde IFDM Emprego e Renda
Amaral Ferrador, Serras de Sudeste 0,6108 0,5965 0,7843 0,4517
Arroio do Padre, Pelotas 0,6279 0,6640 0,8438 0,3758
Arroio Grande, Jaguarão 0,6194 0,6571 0,7267 0,4744
Caçapava do Sul, Serras de Sudeste 0,6474 0,6670 0,8038 0,4713
Candiota, Serras de Sudeste 0,7255 0,6651 0,8704 0,6408
Canguçu, Pelotas 0,6667 0,6904 0,8110 0,4989
Capão do Leão, Pelotas 0,6452 0,6099 0,7742 0,5515
Cerrito, Pelotas 0,6391 0,6449 0,8156 0,4567
Chuí, Litoral Lagunar 0,6081 0,6937 0,6314 0,4993
Cristal, Pelotas 0,5946 0,6201 0,6765 0,4874
Encruzilhada do Sul, Serras de Sudeste 0,6197 0,6336 0,7038 0,5217
Herval, Jaguarão 0,6565 0,7004 0,8480 0,4211
Jaguarão, Jaguarão 0,6526 0,6365 0,8372 0,4841
Morro Redondo, Pelotas 0,7107 0,6994 0,7164 0,7163
Pedras Altas, Jaguarão 0,4853 0,6282 0,5149 0,3127
Pedro Osório, Pelotas 0,6157 0,6468 0,7424 0,4579
Pelotas, Pelotas 0,7199 0,6424 0,7651 0,7522
Pinheiro Machado, Serras de Sudeste 0,5586 0,7480 0,5930 0,3348
Piratini, Serras de Sudeste 0,6737 0,7082 0,8253 0,4875
Rio Grande, Litoral Lagunar 0,7518 0,6600 0,7890 0,8063
Santa Vitória do Palmar, Litoral Lagunar 0,6740 0,7088 0,7405 0,5727
Santana da Boa Vista, Serras de Sudeste 0,4873 0,6245 0,4545 0,3830
São José do Norte, Litoral Lagunar 0,6565 0,5913 0,8695 0,5088
São Lourenço do Sul, Pelotas 0,6288 0,7221 0,6574 0,5068
Turuçu, Pelotas 0,5855 0,6511 0,6756 0,4297
Melhor índice regional
Pior índice regional

Cidades[editar | editar código-fonte]

Pelotas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Pelotas
Bandeira de Pelotas

Pelotas é a maior cidade da mesorregião, com quase 330.000 habitantes, foi no passado a cidade mais próspera do estado, com as charqueadas, possui um rico patrimônio histórico, principalmente ao redor da praça coronel Pedro Osório, onde se encontram o Grande Hotel, Prefeitura, Biblioteca Pública, Mercado Central, Teatro Guarany e entre outros.

O município possui uma rica cultura, é conhecida nacionalmente como a "Capital Nacional do Doce", além disso a cidade tem a maior bacia leiteira do estado, sua economia está ligada a produção de arroz e a outras atividades.

Atrai turistas pelo seu patrimônio herdado da época das atividades charqueadoras e de imigrantes Portugueses, Alemães, Italianos, Africanos e Franceses.

Rio Grande[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Rio Grande (Rio Grande do Sul)
Bandeira de Rio Grande

A cidade se encontra com um futuro muito próspero, principalmente em relação às atividades navais. O Porto de Rio Grande é o principal porto do estado. Seus núcleos urbanos estão separados por pouco mais de 60KM de asfalto, e Pelotas possui mais de 120.000 hab a mais que Rio Grande.

No verão a sua praia é uma das mais destinas do estado, a mais procurada da região, também é a mais extensa: é a praia do cassino que cobre praticamente todo o território litorâneo da cidade. Os cidadãos da cidade dizem que é a maior do mundo em extensão "titulo" que é disputado pelas praias de Mar Grosso (São José do Norte) e Hermenegildo (Santa Vitória do Palmar), praias vizinhas.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências

  1. a b c «IBGE - Estimativas de população para 2016» (PDF). Consultado em 9 de dezembro de 2016. 
  2. a b c «FEE (RS) - PIB dos municípios do RS em 2014». Consultado em 15 de dezembro de 2016. 
  3. a b «FEE (RS) - Perfil Socioeconômico dos municípios do RS». Consultado em 9 de dezembro de 2016. 
  4. PNUD - Ranking IDHM Munícipios em 2010
  5. IFDM Consulta ao índice