Ibirapitanga

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Ibirapitanga
"Cachoeira do Pau"
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 3 de agosto
Fundação 1961
Gentílico ibirapitanguense
Prefeito(a) Isravan Lemos Barcelos (PSD)
(2013–2016)
Localização
Localização de Ibirapitanga
Localização de Ibirapitanga na Bahia
Ibirapitanga está localizado em: Brasil
Ibirapitanga
Localização de Ibirapitanga no Brasil
14° 09' 50" S 39° 22' 26" O14° 09' 50" S 39° 22' 26" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Sul Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Ilhéus-Itabuna IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Ubaitaba, Ubatã, Gandu, Maraú, Camamu, Ituberá
Distância até a capital 350 km
Características geográficas
Área 470,264 km² [2]
População 22 610 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 48,08 hab./km²
Altitude 113,0 m
Clima quente e seco
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,558 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 73 785,457 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 067,75 IBGE/2008[5]
Página oficial

Ibirapitanga é um município brasileiro do estado da Bahia. Localizada na microrregião cacaueira do sul do estado, Ibirapitanga limita-se com os municípios de Camamu, Gandu, Igrapiúna, Maraú, Piraí do Norte, Ubatã e Ubaitaba. Sua população estimada em 2010 era de 22.610 habitantes e se divide em sede, zona rural e três distritos: Itamarati, Camamuzinho e Novo Horizonte. O nome Ibirapitanga significa Pau Brasil em tupi-guarani. Antigamente a cidade também era conhecida como Cachoeira do Pau. Fundada em 1961, Ibirapitanga está a 113 m de altitude e seu município ocupa uma área total de 472 km². Até meados da década de 1990, Ibirapitanga esteve entre os dez municípios maiores produtores de cacau da Bahia e sua economia até hoje baseia-se fundamentalmente na monocultura agrícola.

História[editar | editar código-fonte]

O topônimo Ibirapitanga (ybirá = ‘árvore’ + pintanga = ‘vermelho’, donde: ‘árvore vermelha’) significa ‘Pau Brasil’

Ibirapitanga surgiu de uma palhoça construída em 1915 às margens do Rio Cachoeira, tendo como desbravador o senhor José Meneses de Oliveira, e pertencia ao município de Camamu. Tempos depois, os emigrantes João Victor dos Santos, João Marinózio de Almeida, Pedro Ramos de Oliveira, Francisco Quinto de Souza, Ozeas Carvalho, e outros ajudaram a fundar o Arraial denominado Cachoeira do Pau, cujo nome teve origem pelo fato de ser costume dos moradores do lugarejo, colocarem paus sobre os rios para facilitar o transporte de cargas da região, normalmente feito no lombo dos animais. No ano de 1961, Cachoeira do Pau foi emancipada pela Lei Estadual número 1444, sancionada pelo então governador da Bahia, Juracy Magalhães, passando a vigorar a partir de 1963. Assim, criou-se o município de Ibirapitanga, com o nome originado da língua tupi-guarani que significa pau brasil. Ibirapitanga é um município em fase de desenvolvimento, com 27,3% da população residindo em zonas urbanas (a sede e seus três distritos) e 72,7% residindo em zonas rurais (de acordo com dados do IBGE). O primeiro prefeito de Ibirapitanga foi Raymundo Pereira Mimoso, do antigo Partido Social Democrático (PSD), empossado em 7 de abril de 1963 e administrando o município até 1966. Em sua administração houve pavimentação de ruas e a construção das Praças Manoel Jorge Silva e João Vitor dos Santos. O santo padroeiro da cidade é Nossa Senhora do Carmo, para a qual, até início da década de 1990 (auge da lavoura cacaueira), era organizado um grande festejo católico popular com novenas, barracas de comidas típicas, diversos shows, quebra de cacau, a tradicional "Gincana da Festa da Padroeira", a missa do dia 16 de julho e as festas no Clube Lítero Social de Ibirapitanga. Atualmente, a festa mais popular ocorre na comemoração de São Pedro. O hino municipal com letra e música de Francisco Quinto de Souza (prefeito entre 1983-1988) está no YouTube (Hino de Ibirapitanga). Atualmente, a cidade é administrada pelo prefeito Isravan Lemos Barcelos, conhecido como Dr. Ravan, que tomou posse no dia primeiro de janeiro de 2013.

Até hoje o município foi administrado e desenvolvido pelos seguintes prefeitos:

  • Altamirando Santos "Seu Miro" (1967-1970)
    • Construção do Grupo Escolar Luís Viana Filho
    • Pavimentação de ruas e praças
  • Silzuita Silva Mimoso "Sizu" (1971-1973)
    • Construção do Colégio Deputado Estadual Djalma Bessa, atual CEI (Centro Educacional de Ibirapitanga)
    • Construção do Posto de Saúde Antonio Carlos Magalhães
  • Agenil Machado da Silva (1973-1976)
    • Levou energia elétrica a Novo Horizonte
    • Pavimentação do Bairro Nova Brasília
  • Edson Ramos de Almeida "Seu Edson" (1977-1982)
    • Construção de escolas rurais e urbanas
    • Ampliação do quadro de professores no município
    • Pavimentação de ruas
    • Construção do abatedouro municipal
  • Francisco Quinto de Souza Neto "Chiquinho" (1983-1988)
    • Construção da Escola do Bairro Novo
    • Construção de quadra de esporte
    • Construção da Praça da Prefeitura
    • Construção da Praça da Feira em Itamarati
    • Construção da Praça Vereador Manoel Batista da Paz em Camamuzinho
    • Saneamento básico
  • Eraldo Silva Assunção (1989-1992)
    • Construção do colégio Ensino Fundamental II em Itamarati
    • Construção da creche São Vicente de Paula em Ibirapitanga
    • Pavimentação de ruas
    • Saneamento básico
  • Antonio Carlos Passos Santana "Boró" (1993-1996)
    • Reforma do Centro Educacional de Ibirapitanga (CEI)
    • Pavimentação do Bairro ACM
    • Construção do terminal rodoviário
  • Ruiverson Lemos Barcelos "Russo" (1997-2000) (2001-2004)
    • Construção do Colégio César Borges com 25 salas de aula
    • Construção do Colégio Leur Lomanto com 22 salas de aula
    • Reconstrução e Ampliação da Escola Rural de Novo Horizonte com mais 10 salas de aula
    • Ampliação do C.E.I. com mais 10 salas de aula
    • Ampliação da Escola Maria Ademária com mais 04 salas de aula
    • Ampliação da Escola Orlantildes Péricles de Carvalho com mais 08 salas de aula
    • Ampliação da Escola Edeval Suzart Coutinho com mais 04 salas de aula
    • Ampliação da Escola Edson Ramos com mais 07 salas de aula
    • Construção de 08 Escolas na Zona Rural do Município
    • Ampliação da Creche São Vicente de Paula na Sede do Município
    • Construção de 04 Quadras Poliesportivas (Sede e Distritos)
    • Ampliação e Capacitação (nível superior) do quadro de professores
    • Implantação do 2º Grau no Distrito de Itamarati
    • Implantação da 5ª a 8ª séries no Distrito de Novo Horizonte
    • Construção do Posto de Saúde em Itamarati
    • Construção da 1ª Passarela de Itamarati
    • Construção do Canal de Macrodrenagem com 987 metros de comprimento em Itamarati
    • Construção da Escadaria que dá acesso do Morro à Br 101
    • Construção do Centro Multiplo-uso na Sede
    • Construção de mais de 100 Casas Populares na Sede e Distritos
    • Construção de 200 Sanitários Domiciliares no Bairro Novo na Sede
    • Construção de 100 Sanitários Domiciliares no Bairro A.C.M. (Sede)
    • Calçamento com Rede de Esgoto do Bairro Manoel Timóteo em Itamarati
    • Calçamento de Ruas do Morro em Itamarati
    • Calçamento com Rede de Esgoto do Bairro Novo em Camamuzinho
    • Duplicação do Hospital Dr. Edvaldo Magalhães Nascimento
    • Calçamento Total do Bairro (A.C.M.) na Sede
    • Construçao Total do Cais de Dontenção do Lago na Sede
    • Conclusão do Calçamento com Rede de Esgoto do Bairro Novo na Sede
    • Reconstrução da Praça João Victor na Sede
    • Construção do Miniterminal Rodoviário na Sede
    • Construção do Campo de Futebol de Novo Horizonte
    • Implantação do Serviço de Abastecimento de Água de Novo Horizonte
    • Drenagem do Gramado do Estádio Municipal na Sede
    • Preparação para Implantação da Arquibancada do Estádio Municipal na Sede
    • Recuperação do Muro, Vestiários e Colocação do Portão
    • Construção do Módulo Coberto de Feira Livre na Sede
    • Implantação do Sistema de Eficientização na Iluminação Pública
    • Construção do 1º Centro de Informática Totalmente Equipado
    • Aquisição de um Trator de Esteira Novo
  • Eraldo Silva Assunção (2005-2008)
    • Construção do ginásio de esporte Leãozão
    • Calçamento total do Bairro do Cigano, Malvinas, Morro e Cacau - Itamarati
    • Calçamento total do Distrito de Camamuzinho
    • Calçamento total do Distrito de Novo Horizonte (Com pavimentação asfáltica até a BR 101)
    • Construção de casas populares
    • Implantação de 6 Postos de Saúde da Família (PSF) Incluindo um na Zona rural
    • Implantação do Centros de Atenção Psicossocial - CAPS
    • Construção de PSF do Bairro do Cacau - Itamarati
  • Antônio Conceição Almeida "Gude" (2009-2012)

Geografia[editar | editar código-fonte]

A Geografia do município de Ibirapitanga é característica da Microrregião dos Tabuleiros de Valença, embora sua área esteja na zona cacaueira do Estado da Bahia, Microrregião de Ilhéus-Itabuna (ver Geografia da Bahia). A vegetação é típicamente de Mata Atlântica, por onde cruza, principalmente, o Rio Oricó. Dois aspectos geográficos importantes devem ser destacados para este município:

  • APA do Pratigi

Localizada na região do Baixo Sul do estado da Bahia, Ibirapitanga, juntamente com outros quatro municípios (Igrapiúna, Ituberá, Nilo Peçanha, e Piraí do Norte), faz parte da Área de Proteção Ambiental (APA) do Pratigi, instituída em 2 de abril 1998, sendo apoiada pela Fundação Odebrecht. http://www.pratigi.org/portal/

  • Usina Hidrelétrica do Funil

O reservatório da Represa do Funil fica num perímetro de quase 22 quilômetros envolvendo os municípios de Ubatã, Ubaitaba e Ibirapitanga.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Mini-Maratona Pinta Roxa[editar | editar código-fonte]

A tradicional corrida ocorre sempre no dia primeiro de janeiro de cada ano. Com um percurso de 14 km, a corrida começa na estrada Ubatã-Ibirapitanga com chegada no Ponto do Bigode.

Festa Junina de São Pedro[editar | editar código-fonte]

A festa surgiu a partir das apresentações da tradicional Quadrilha Arriba Saia, organizada anualmente por um grupo de amigos. Irreverente, a Quadrilha tinha seus participantes travestidos: homens de lindas e desinibidas damas e as mulheres de respeitosos cabras machos. E até hoje é uma das melhores festas de São Pedro do sul da Bahia. Atualmente, há também algumas festas juninas privadas nos arredores da cidade.

Pagina Oficial no Facebook. https://www.facebook.com/SaoPedroDeIbirapitangaOficial Comunidade Oficial do ORKUT. http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=54104832

Forró do Tchaka[editar | editar código-fonte]

Forró em homenagem a um saudoso filho de Ibirapitanga, morto injustamente por intrigas políticas. O Forró do Tchaka foi realizado pela primeira vez em 1997. A festa é organizada por um grupo de amigos e é realizada geralmente no final de cada mês de julho.

Educação[editar | editar código-fonte]

  • Centro Educacional de Ibirapitanga
  • Grupo Escolar Rômulo Galvão
  • Grupo Escolar Luís Viana Filho
  • Colégio Leur Lomanto (Camamuzinho)
  • Colégio Estadual Paulo Cesar da Nova Almeida (CEPAN)
  • Centro Educacional Governador César Borges - CEGCB (Itamarati)
  • Escola Orlando de Carvalho (Itamarati)
  • Grupo Escolar Edeval Suzart Coutinho ( Itamarati)
  • Escola Municipal Silvino Batista (Itamarati)
  • Cooperativa Educacional Euclides Neto - COOPENE- (Itamarati)
  • Creche São Vicente de Paula (Ibirapitanga)
  • Creche Criança Esperança (Itamarati)

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2010. Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Página visitada em 11 de dezembro de 2010.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 24 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.