Candeal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Candeal
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Fundação 23 de abril de 1962 (51 anos)
Gentílico candealense
Prefeito(a) FERNADO NERE (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Candeal
Localização de Candeal na Bahia
Candeal está localizado em: Brasil
Candeal
Localização de Candeal no Brasil
11° 48' 28" S 39° 07' 08" O11° 48' 28" S 39° 07' 08" O
Unidade federativa  Bahia
Mesorregião Nordeste Baiano IBGE/2008[1]
Microrregião Serrinha IBGE/2008[1]
Região metropolitana Área de Expansão Metropolitana de Feira de Santana
Municípios limítrofes norte: Ichu e Serrinha ao Sul: Feira de Santana e Serra Preta, ao Leste: Lamarão e Tanquinho e ao oeste: Riachão do Jacuípe.
Distância até a capital 168 km
Características geográficas
Área 445,097 km² [2]
População 9 143 hab. IBGE/2013[3]
Densidade 20,54 hab./km²
Altitude 240 m
Clima tropical úmido e semi-árido
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,587 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 23 400,672 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 555,50 IBGE/2008[5]
Página oficial

Candeal é um município brasileiro do estado da Bahia. Localizado na Mesorregião do Nordeste Baiano, Microrregião de Serrinha. Candeal pertence à Área de Expansão Metropolitana de Feira de Santana, sendo o terceiro município menos populoso, sua população estimada em 2013 era de 9.143 habitantes, juntamente com Riachão do Jacuípe são os dois municípios da Região Sisaleira que pertence a Região Metropolitana de Feira de Santana.


Geografia[editar | editar código-fonte]

Limita-se com os municípios de Ichu, Tanquinho, Serrinha (minimamente), Lamarão, Feira de Santana, Serra Preta (minimamente) e Riachão do Jacuípe.

Possui uma área total de 456,2 km². Através da BR-324, dista 168 km de Salvador (capital do estado), 60 km de Feira de Santana (cognominada Princesa do Sertão) e 11 km de Ichu, por estradas vicinais,aproximadamente 25 km de Serrinha.

A vegetação apresenta contato caatinga-floresta estacional, floresta estacional semidecidual. O relevo é o pediplano sertanejo. A geologia é constituída por gnaisses charnockíticos, granulitos, biotita, granitos, granito-gnaisses, rochas básicas-ultrabásicas. Apresenta ainda manganês e quartzo.

Compõe a bacia hidrográfica do Paraguaçu e do Jacuípe, tendo como seus rios principais os temporários Riacho Preto, Rio do Peixe, Rio Tocó, Rio Vermelho e Rio Leão. Sua hidrogeologia possui aqüífero de importância muito pequena, com profundidade do nível estático de 0 a 30 m. Há no município quatro poços artesianos perfurados, sendo dois na zona urbana e dois na rural. Dignos de registro são também os tanques das localidades de Capoeira e Pipoca e os açudes de Tanque Novo e Teimosa.

Atualmente o município de Candeal possui quatro povoados: Quatro Estradas, Chapada, São João e Belo Alto, além de diversos vilarejos e fazendas.

História[editar | editar código-fonte]

Emancipada em 23 de abril de 1962, desmembrada do município de Riachão do Jacuípe, conforme Lei nº 1.683, assinada pelo Governador do estado da Bahia Juracy Montenegro Magalhães e publicada no Diário Oficial de 13 de Maio de 1962.

Origens[editar | editar código-fonte]

O município de Candeal originou-se de um pequeno povoado erguido de uma fazenda denominada Capoeira, onde havia muitos pés de candeia. No ano de 1890, em obediência ao Decreto nº 50, de 7 de dezembro de 1889, no parágrafo 1º do artigo 2º, Candeal passou a ser município de Riachão do Jacuípe. Após o falecimento do idealizador do município, Olegário Ribeiro Lima, seu sobrinho, José Rufino Ribeiro Lima, tornou-se seu substituto como principal chefe político e teve, como seu principal objetivo, emancipar Candeal. Assinou, juntamente com seus companheiros Agnaldo Tavares Carneiro, Antônio José Ferreira, Apolinário Lopes Araújo, José Pereira Lima, Genésio Pereira Lima e outros, a solicitação da emancipação, tendo como patrono o deputado estadual André Negreiro.

Atividades econômicas[editar | editar código-fonte]

  • Criação de gado leiteiro e de corte
  • Comércio local, possuindo alguns supermercados, lojas de confecções e materiais de construção, uma óptica, etc.
  • Indústria de calçados (fábrica de sandálias Kande)
  • Posto de Combustível
  • Agência do Banco do Brasil
  • Agência do Banco Bradesco
  • Casa Lotérica
  • Caixa Aqui
  • Farmácias

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil. Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Página visitada em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 out. 2002). Área territorial oficial. Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Página visitada em 5 dez. 2010.
  3. Censo Populacional 2013. Censo Populacional 2013. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (01 de julho de 2013). Página visitada em 03 de novembro de 2013.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil. Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2010). Página visitada em 25 de agosto de 2013.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Página visitada em 11 dez. 2010.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.