Demografia da Índia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Mapa da densidade populacional na Índia

A Índia é um país localizado no sul da Ásia. Atualmente, o país possui 1.32 bilhões de habitantes, figurando como o segundo país mais populoso do mundo (atrás apenas da China), concentrando aproximadamente 18% da população mundial (mais populoso que os Estados Unidos, a União Europeia e Japão juntos). É um país em desenvolvimento com grande população rural (mais de 60%) e desde as reformas econômicas de 1990, tem vivido um rápido crescimento socioeconômico, fator que impulsionou o aumento em sua população urbana devido a vinda de milhões de jovens do campo para as cidades em busca de melhores condições de vida. Atualmente são quase 400 milhões de cidadãos se concentrando cada vez mais nas grandes cidades, como Bombaim, Delhi (Índia), Calcutá e Bangalore. O país é ainda a maior nação democrática do mundo com mais de 600 milhões de eleitores segundo as leis locais, aptos a votar no país. É também o segundo país com maior número de trabalhadores do planeta, cerca de 800 milhões, mais uma vez superado apenas pela China, além de ser a segunda entidade geográfica com maior diversidade cultural, linguística e genética, depois da África.

  • População: 1.32 bilhão (2016)
  • Faixas etárias:
    • 15 anos: 28,5%
    • 15 a 64 anos: 66,6%
    • 65 anos: 5,9%
    • Taxa de natalidade: 19,5%
    • Taxa de mortalidade: 7,2%
    • Taxa de fecundidade: 2,5 filhos por mulher.
    • Taxa de crescimento natural: 1,2% ao ano.
  • Taxa de mortalidade Infantil: 41,8 mortes/1.000 nascimentos
  • Expectativa de vida ao nascer: 68,1 anos
  • Taxa de alfabetização: 59,5%
  • População urbana: 32%
  • Idade mediana: 27,3 anos

Índia, o país mais populoso do mundo[editar | editar código-fonte]

A tendência demográfica que a ONU[carece de fontes?] apresenta é que a Índia ultrapassará a China como o país mais populoso do mundo em 2022, com cerca de 1,4 bilhão de habitantes[carece de fontes?], assumindo o posto ocupado pelos chineses por 150 anos. Isso se deve ao fato de a natalidade chinesa estar baixa e o país estar passando por um acelerado processo de envelhecimento. A natalidade indiana continua elevada e estima-se que se manterá acima do nível do reposição até meados de 2030, o que dará o país uma mão de obra numerosa e crescente, ao contrário das tendências na China[carece de fontes?].

Bandeira da Índia Índia
Bandeira • Brasão • Hino • Cinema • Culinária • Cultura • Demografia • Economia • Forças Armadas • Geografia • História • Portal • Política • Religiões • Subdivisões • Imagens

Referências