Anhembi Parque

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Arena Anhembi)
Ir para: navegação, pesquisa

O Anhembi Parque (antiga Arena Skol Anhembi) é um complexo cultural-comercial localizado na Avenida Olavo Fontoura, em Santana, na Zona Norte da cidade de São Paulo no estado de São Paulo, no Brasil. Com localização privilegiada, possuindo estação de metrô próxima e estradas de fácil acesso.

O Anhembi Parque é administrado pela São Paulo Turismo S/A, empresa pertencente ao município de São Paulo. Foi construído em 1970 pela Companhia Brasileira Fichet & Schwartz Hautmont, sob gestão do engenheiro Raymond Faure e do arquiteto Jorge Wilheim.[1] Seus 400 mil metros quadrados de área total sediam 30% dos eventos que acontecem no Brasil e 55% dos eventos da Região Sudeste do Brasil. Seus espaços recebem mais de mil eventos por ano, dos mais diversos gêneros e portes. Estima-se que circulam, pelo Anhembi, mais de 11 milhões de pessoas no período.[2]

O Parque Anhembi apesar de ser considerado um importante polo do turismo de negócios de proporções nacional e internacional, responsável por uma transformação fundamental deste setor na capital paulista, o seu complexo arquitetônico não é reconhecido pelo seu valor histórico. A realização de eventos ligados à indústria em São Paulo remonta à década de 1920, passa por inúmeras discussões durante a construção do Pavilhão das Indústrias no Parque Ibirapuera em 1950, mas é a partir da construção do Parque Anhembi, na década de 1960, que finalmente se estabelece um programa destinado para o uso específico das feiras de negócios. Sua construção coloca uma série de especificidades, principalmente, sobre as relações entre arquitetura-urbanismo-construção civil. Este trabalho pretende resgatar a história do conjunto arquitetônico tendo como premissa primeira uma metodologia que considere a complexidade do objeto arquitetônico a partir de 5 eixos de análise: discurso e historiografia, a inserção urbana e institucional, o projeto, a construção e a gestão.[3]

Etimologia[editar | editar código-fonte]

"Anhembi" é derivado do tupi antigo anhumy, que significa "rio das anhumas" (anhuma, "anhuma" e 'y, "rio").[4]

História[editar | editar código-fonte]

Na década de 1950 as feiras industriais estavam em alta nos EUA, e o pais foi introduzido a esse universo de empreendedores, e a partir disso surgiu a possibilidade de introdução das feiras. E tudo teve início no ano de 1966, quando Caio de Alcântara Machado constatou que o Pavilhão da Bienal já estava pequeno para os eventos que ali ocorriam, e passou a idealizar um novo espaço.[5]

Ele tinha a intenção de construir um Grande Pólo de Exposição em São Paulo. Com isso começou a procura de um espaço grande onde pudesse realizar o seu plano. Até que encontrou um terreno ás margens do Rio Tietê, de 510.000 metros quadrados que pertencia a Prefeitura.[5]

Em 12 de dezembro de 1967, foi concedido pelo governo o uso deste terreno às margens do Rio Tietê para a construção do projeto de Caio Alcântara.[6] As obras deram início em 5 de julho de 1968 com o apoio financeiro de aproximadamente duas mil empresas que compraram cotas e ações na Bolsa de valores. Devido ao apoio, em 1970 o Anhembi Parque foi inaugurado. Neste período, o Prefeito Prestes Maia explicou que seria de grande importância à construção de um Parque de Eventos, dizendo que este se tornaria não somente um cartão de visitas para a cidade de São Paulo, mas também movimentaria a economia nacional.[5]

As obras deram início em 5 de julho de 1968 com apoio financeiro de aproximadamente duas mil empresas que compraram cotas e ações na Bolsa de Valores de São Paulo. E devido ao apoio, em 1970 o Anhembi Parque foi inaugurado sob o nome de "Centro Interamericano de Feiras e Salões S.A.", ou CIFS, o complexo tinha um caráter mais voltado aos negócios, diferente dos outros centros de convenção em São Paulo, o que possibilitou também a internacionalização da indústria nacional.[2]

Em novembro de 1970, o Pavilhão de Exposições do Anhembi foi inaugurado com a realização do “VII Salão Automóvel”, se consagrando como evento inaugural.[5] Em 1972 o "Centro Interamericano de Feiras e Salões S.A." passou a se chamar Anhembi Parque

No entanto, com uma divida de de US$ 15 milhões para um banco novaiorquino, Alcântara Machado, em 1975, se obrigou a propor uma parceria para a Prefeitura de São Paulo, que ficou com 77% das ações da empresa, e se tornou sócia majoritária e total responsável pela administração do Anhembi Parque.

Acredita-se que a criação do Anhembi Parque foi um marco importante para São Paulo, possibilitando um fluxo diferente de negócios para a região norte da cidade, além de ser um importante marco para o turismo na cidade.[7]

Atualmente administrado pela São Paulo Turismo S.A. (SPTuris), o complexo do Anhembi é dividido em tês grandes áreas (Pavilhão de Exposições, Palácio das Convenções e Sambódromo) que oferecem dezoito espaços de vários tamanhos e funcionalidades diferentes, possuindo assim mais de 400 mil m² de área total.[8]

O atual prefeito da cidade de São Paulo, João Dória, demonstrou o interesse de privatizar o Parque do Anhembi. O prefeito afirmou que já tem um projeto para o parque em andamento e pretende finalizar o processo de privatização do local ainda em seu primeiro ano de mandato. Para adiantar a privatização o parque será dividido em três partes, um para explorar as variadas feiras que são feitas no lugar, outra para convenções e formaturas e por fim o sambódramo.[9]

Composição acionária[editar | editar código-fonte]

Composição Acionária do Anhembi
Prefeitura de São Paulo

77 %

Acionistas

23 %

Empresa de capital aberto, tem, como sócia majoritária, a prefeitura de São Paulo, com 77% das ações. Os outros 23% estão nas mãos de particulares, cerca de 200 acionistas, entre os quais o seu fundador, Caio de Alcântara Machado.

Hotel Holiday Inn e Pavilhão de Exposições, ambos vistos da Via Professor Simão Faiguenboim

Atuação[editar | editar código-fonte]

Atua para fazer, da cidade de São Paulo, um destino-referência em entretenimento e lazer, muito além dos negócios, com destaque ao turismo e divulgação de diversos pontos turísticos da cidade. Desenvolve diversos projetos, com o objetivo de fazer com que o turista que vem a São Paulo, principalmente a negócios, fique mais tempo na cidade para vivenciar a riqueza cultural daquela que é considerada o maior centro de referência da América Latina quando o tema é vanguarda, conhecimento, cultura, eventos ou saúde. É considerado o maior centro de eventos da América Latina. O Anhembi abriga a sede da São Paulo Turismo S/A e o Hotel Holiday Inn, construído pela iniciativa privada e arrendado por 20 anos renováveis ou até o término do pagamento de sua construção.[2][10]

O complexo do Anhembi tende a ficar ainda mais atualizado, o Ministério do Turismo irá investir cerca de 60 milhões de reais por conta do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), em reformas como a adequação das calçadas que legam á entrada principal.[11]

Shows[editar | editar código-fonte]

Com seus mais de 400 mil metros quadrados de área total, o Anhembi se torna o maior centro de convenções e eventos da America Latina,[11] recebendo anualmente, mais de 6 milhões de pessoas e, em média, 300 eventos por ano dos mais diversos segmentos e tamanhos. Por suas áreas de exposição, já passaram RBD, Papa João Paulo II, Dalai Lama, Fidel Castro, Ballet Bolshoi, Amy Winehouse, Michael Jackson, entre tantos outros. O Anhembi tem capacidade total para acumular até 35 mil pessoas, sendo o show mais lotado da popstar americana Miley Cyrus com 34.100 ocupantes, em setembro de 2014, com a sua turnê mundial Bangerz Tour. O Anhembi Parque também comporta uma das maiores festas do Brasil, o carnaval de São Paulo realizado durante o mês de fevereiro.

Eventos[editar | editar código-fonte]

Em Janeiro de 2017, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, aconteceu um dos maiores encontros de tecnologia mundial, ciência e cultura nerd, o Campus Party Brasil 2017, evento esse, que reúne campuseiros de várias regiões do Brasil.[12]

O Campus Party tem como principal objetivo, preparar os cidadãos para os grandes desafios e mudanças da humanidade no futuro. Foram apresentadas diversas inovações para transformar os setores econômicos nas próximas décadas.[12]

Contou com participação de vários palestrantes, dentre eles do co-criador da gigante Netflix, Mitch Lowe.[13]

Uma das maiores atrações foi o Campeonado de drones e a arena da batalha de robôs. Contou ainda, com diversos espaços, para discussões, empreendedorismo, troca de experiências, pesquisas, workshops, simuladores e atrações especiais, dentre outros.[13]

Principais estruturas[editar | editar código-fonte]

O Pavilhão de Exposições foi aumentado em 5 mil metros quadrados em 2010, e passou a ter 76 mil metros quadrados de área útil, onde acontece grande parte das mais importantes feiras realizadas no Brasil.

Inaugurado em 1985, o Auditório Elis Regina foi totalmente reformado em 2002 e tornou-se um dos melhores espaços da cidade para receber eventos como convenções, congressos e formaturas.

No Palácio das Convenções, estão disponíveis 5 halls, 4 salas e 3 auditórios de diversos tamanhos, ideais para feiras de menor porte, congressos e reuniões.

O Polo Cultural e Esportivo Grande Otelo, conhecido popularmente como Sambódromo do Anhembi, com 100 mil metros quadrados de área para eventos ao ar livre, e capacidade para 30 mil pessoas, foi construído na área oeste, onde originalmente era o estacionamento do complexo. Este conjunto arquitetônico, projetado por Oscar Niemeyer dentro de uma concepção modernista, apresenta uma estrutura de caixas enfileiradas em meio a arcos curvilíneos, uma pista de 530 metros de comprimento e 14 metros de largura, uma reserva de água de 400 mil litros e 750 kW para iluminação. Dispondo de uma estrutura completa com dez setores de arquibancadas, pista, camarotes, camarins, além de duas arenas para shows, onde todos os anos abriga o Carnaval de São Paulo e mais 29 grandes eventos, como os eventos musicais Skol Beats e Nokia Trends. [14]

No ano de 2004, foi criada, sob o patrocínio da cervejaria Ambev, a Arena Skol Anhembi, um espaço de 23.150 m² para megaeventos que acomoda aproximadamente 27 mil pessoas.[15] Com seu nome atual de Arena Anhembi, tem a possibilidade de sediar eventos culturais e esportivos, devido sua grande infraestrutura fixa, dados, telecomunicação e a possibilidade de uma fácil montagem e desmontagem dos eventos que nela ocorrem. Além de estacionamento de fácil acesso. Lá já foram realizados diversos shows internacionais, como: Carlos Santana,[16] Oasis, Elton John,[17] Aerosmith[18] Ne-yo,[19] RBD,[20] Amy Winehouse,[21] Green Day, Britney Spears, Justin Bieber, Rihanna, Demi Lovato, Big Time Rush, Miley Cyrus,[22] Red Hot Chilli Peppers, Maroon 5, Keane, Roxette, Iron Maiden, Slayer, Whitesnake , Linkin Park.[23] Entre as apresentações nacionais: Claudia Leitte, Jorge Ben Jor, Maria Rita, Nando Reis, Zeca Baleiro, Roberto Carlos, Rita Lee, Fábio Júnior, Paula Fernandes, Seu Jorge, Zélia Duncan, Lulu Santos, Jota Quest, O Rappa, Restart, Paralamas do Sucesso, NX Zero, Charlie Brown Jr., Maria Bethânia, Gilberto Gil, Thiaguinho, Luan Santana, entre outros. E grandes provas de corrida como o campeonato: IZOD Indy Car Series, ou Fórmula Indy. A venda de produtos nos bares do interior do local são exclusivamente da marca Skol, e de patrocinadores com segmento diferente da cervejaria. Festivais também já foram realizados no local, como o Z Festival, que ocorreu em 2012, apresentando as bandas Mc Fly, The Wanted,Big Time Rush, Yellowcard, Rock Bones, Hot Chelle Rae, a cantora Demi Lovato e o DJ Torrada.[11]

Em 2012, foi inaugurada a Nova Arena, que acomoda até 24 000 pessoas.

O site Museu de Eventos do Anhembi registra a história do Anhembi Parque.

O Anhembi tem estacionamento pago no local, para quem vai de veículo, oferecendo sete mil vagas.[24]

Referências

  1. «Os primórdios do Anhembi | Revista Alumínio». Revista Alumínio. 10 de março de 2017 
  2. a b c «Anhembi, anhembi eventos, história do anhembi, em Santana - SP - Encontra Santana». www.encontrasantana.com.br. Consultado em 28 de abril de 2017 
  3. http://www.bv.fapesp.br/pt/bolsas/142925/o-parque-anhembi-objeto-de-um-experimento-historico-sao-paulo-decada-de-1960/
  4. NAVARRO, E. A. Dicionário de Tupi Antigoː a Língua Indígena Clássica do Brasil. São Paulo. Global. 2013. p. 543.
  5. a b c d http://mueap.com.br/
  6. de, Oliveira, Raíssa Pereira Cintra (10 de junho de 2016). «Parque Anhembi: a produção de um centro de exposições em São Paulo (1963-1972)» 
  7. Braz, Fabio Cézar. Eventos/feiras de negócios na (re)produção do espaço urbano da metrópole: estudo de caso do Parque Anhembi e Centro de Exposições Imigrantes. [S.l.: s.n.] 
  8. «Conheça o Centro de Eventos Anhembi». Anhembi 
  9. «Doria que fatiar Anhembi em três partes para acelerar a privatização». Folha de S.Paulo. Consultado em 29 de abril de 2017 
  10. Braz, Fabio Cezar (23 de junho de 2008). «Eventos/feiras de negócios na (re)produção do espaço urbano da metrópole: estudo de caso do Parque Anhembi e Centro de Exposições Imigrantes». doi:10.11606/d.8.2008.tde-26092008-174607 
  11. a b c Brasil, Portal. «Maior centro de eventos da América Latina completa 43 anos». Portal Brasil. Consultado em 1 de maio de 2017 
  12. a b http://g1.globo.com/tecnologia/noticia/2015/10/campus-party-2016-volta-ao-anhembi-e-acontece-entre-26-e-31-de-janeiro.html
  13. a b http://www.anhembi.com.br/campus-party-brasil-2017/
  14. «Sambódromo do Anhembi - São Paulo». Anhembi 
  15. «Arena Anhembi, espaço de grandes shows!». Anhembi 
  16. Entorno do Anhembi terá esquema especial de trânsito para show
  17. Elton John na Arena Skol Anhembi
  18. SÃO PAULO, G1
  19. SÃO PAULO / AGENDA
  20. RBD se 'despede' em SP com Maite e promessa de novo show
  21. Está à venda novo lote para último show de Amy no Brasil
  22. Britney Spears se apresenta em 18/11 na Arena Anhembi
  23. «Linkin Park - Arena Anhembi - domingo 07-10-2012 - ObaOba». Oba Oba (em inglês). Consultado em 1 de maio de 2017 
  24. «Onde estacionar para ir ao Salão - Carros - iG». carros.ig.com.br. Consultado em 1 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Anhembi Parque