Igrapiúna

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Igrapiúna
Bandeira indisponível
Brasão indisponível
Bandeira indisponível Brasão indisponível
Hino
Aniversário 24 de Fevereiro
Gentílico Não disponível
Prefeito(a) Leandro Luiz Ramos Santos (PSB)
(2013 – 2016)
Localização
Localização de Igrapiúna
Localização de Igrapiúna na Bahia
Igrapiúna está localizado em: Brasil
Igrapiúna
Localização de Igrapiúna no Brasil
13° 49' 33" S 39° 08' 31" O13° 49' 33" S 39° 08' 31" O
Unidade federativa Bahia Bahia
Mesorregião Sul Baiano IBGE/2008 [1]
Microrregião Valença IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Camamu, Maraú, Ituberá, Piraí do Norte e Ibirapitanga.
Distância até a capital 320 ou 160 (via ferry-boat) km
Características geográficas
Área 512,837 km² [2]
População 13 347 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 26,03 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,574 baixo PNUD/2010 [4]
PIB R$ 103 475,701 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 7 701,38 IBGE/2008[5]
Página oficial

Igrapiúna é um município brasileiro do estado da Bahia. Sua população estimada em 2004 era de 16.122 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

Fundada no século XVII, com o nome de Freguesia de Nossa Senhora de Igrapiúna, surgiu ao redor da Igreja da Matriz, numa zona de mata atlântica fechada.O transporte era todo feito através de barcos, e a cidade se desenvolveu como um centro mercantil, vivendo em função dos roçados e do cais fluvial da cidade. A cidade em si localiza-se no interior do município, visto que este é banhado pelo Oceano Atlântico. O transporte saía do cais, navegando no Rio Igrapiúna até o delta, e de lá indo para a costa do Brasil. A cidade ganhou o status de município no final do século XIX, já na República Velha, mas deixou de ser na década de 1940. Foi transformado em distrito de Camamu, cidade vizinha. Neste período, a empresa norte-americana Firestone instalou uma fábrica lá, trazendo grande desenvolvimento para a região. Em 1988, Igrapiúna conseguiu se emancipar de Camamu.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Censo Populacional 2010». Censo Populacional 2010. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 29 de novembro de 2010. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 16 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
Ícone de esboço Este artigo sobre um município da Bahia é um esboço relacionado ao WikiProjeto Nordeste do Brasil. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.